Palmeiras alega interferência externa e pede anulação de título do Corinthians

92 mil visualizações 814 comentários

Por Meu Timão

Presidente do Palmeiras, Maurício Galliote quer anulação de jogo contra Corinthians

Presidente do Palmeiras, Maurício Galliote quer anulação de jogo contra Corinthians

Divulgação/SE Palmeiras

A diretoria do Palmeiras leva a sério a possibilidade de anular a derrota para o Corinthians que custou o título do Campeonato Paulista de 2018, no último domingo, no Allianz Parque. Em nota oficial divulgada na noite desta terça-feira, o clube da Barra Funda reivindica o cancelamento do clássico com base em imagens exclusivas de suposta interferência externa em uma decisão tomada pelo juiz Marcelo Aparecido de Souza.

A polêmica gira em torno de um desarme do volante Ralf dentro da área corinthiana. Na avaliação de parte de torcida, equipe e direção do Palmeiras, houve pênalti do jogador corinthiano sobre o atacante Dudu. O árbitro Marcelo Aparecido chegou a assinalar a penalidade, mas corrigiu o erro e marcou escanteio para os donos da casa.

Leia também:
Em vídeo, Corinthians rebate reclamações palmeirenses: 'Teve fator externo, sim'
Rodriguinho ironiza Palmeiras por ausência em festa do Paulista e cutuca: 'Faz tempo que não ganham'

Para o Palmeiras, porém, Dionísio Roberto Domingos, diretor de arbitragem da Federação Paulista de Futebol (FPF), interferiu no julgamento do árbitro. Imagens de câmeras de segurança do Allianz Parque mostram o indivíduo próximo a demais integrantes da equipe de arbitragem e ao técnico Fábio Carille.

Dentro de campo, o Corinthians venceu o Palmeiras no tempo normal, nos pênaltis e celebrou a conquista de seu 29º troféu estadual. A equipe de Carille se reapresenta nesta quarta de olho na estreia no Campeonato Brasileiro, domingo, na Arena Corinthians, contra o Fluminense.

Leia a nota oficial do Palmeiras

As imagens das câmeras de segurança do Allianz Parque, aliadas a outros vídeos de emissoras de televisão amplamente divulgados, comprovam mais uma vez e agora, de maneira inequívoca e irrefutável, que houve interferência externa para a alteração de uma marcação convicta da arbitragem em campo.

Considerando que trata-se de violação clara das normas da IFAB (International Football Association Board) e do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), que deve resultar invariavelmente na anulação da partida, o Palmeiras aguardará o pronunciamento imediato das entidades administrativas do esporte a respeito das providências sobre o assunto, sob pena de adotar todas as medidas cabíveis para garantir a lisura da competição e os seus direitos.

Confira o vídeo divulgado pelo clube

Veja mais em: Dérbi e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Meia não foi relacionado por Sampaoli nos jogos do Brasileirão

    Corinthians encaminha acerto com Romulo Otero do Atlético Mineiro

    ver detalhes
  • Luan ainda não convenceu a torcida do Corinthians

    Tiago Nunes banca Luan como titular do Corinthians após ausência em estreia no Brasileirão

    ver detalhes
  • Timão espera contar com Gil no segundo compromisso do Brasileirão

    Corinthians trabalha por liberação de dupla para próximo jogo no Campeonato Brasileiro

    ver detalhes
  • O que ainda te mantém em pé após mais um revés, corinthiano?

    [Ana Paula Araújo] O que ainda te mantém em pé após mais um revés, corinthiano?

    ver detalhes
  • Corinthians e Fortaleza se enfrentarão em uma quarta-feira

    CBF altera data e horário de jogo do Corinthians contra o Fortaleza no Brasileirão

    ver detalhes
  • Jô marcou o primeiro gol do Corinthians diante o Atlético Mineiro, pelo Brasileirão

    Jô fica com melhor avaliação em noite de médias baixas no Corinthians; lateral beira o zero

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: