Novo camisa 9 do Corinthians sonha com primeiro gol e faz projeção para o resto do ano

Novo camisa 9 do Corinthians sonha com primeiro gol e faz projeção para o resto do ano

Por Thaina Barros e Rodrigo Vessoni, no CT Joaquim Grava

3.7 mil visualizações 38 comentários Comunicar erro

O centroavante Roger foi apresentado como reforço do Corinthians nesta sexta

O centroavante Roger foi apresentado como reforço do Corinthians nesta sexta

Foto: Agência Corinthians

O centroavante Roger foi apresentado oficialmente como novo reforço do Corinthians nesta sexta-feira. Após uma passagem apagada pelo Internacional, o jogador chega ao elenco para suprir a vaga deixava pelo artilheiro Jô, que seguiu para o Nagoya Grampus, do Japão, no início do ano. Fugindo da sombra do ex-corinthiano, o recém-chegado garantiu que planeja deixar sua própria marca no Timão.

Tendo como principal característica o ato de fazer gols, o centroavante já almeja a chance de balançar as redes com a camisa do Corinthians pela primeira vez. "Eu imagino (o gol), claro, desde o momento que pisei aqui. Já que talvez possa ser fora de casa a minha estreia, só espero que saia logo, porque isso dá confiança e tranquilidade. Também dá confiança ao torcedor e uma resposta ao treinador", disse Roger em entrevista coletiva no CT Joaquim Grava.

Pelo Internacional, o centroavante marcou dois gols em 13 jogos disputados. Antes da passagem pela equipe do Sul, no entanto, Roger havia se destacado com o camisa do Botafogo. O jogador marcou dez gols pela equipe carioca no Campeonato Brasileiro do ano passado antes de ser afastado para realizar uma cirurgia, após ter sido diagnosticado com tumor no polo inferior do rim direito.

Leia também:
Volta de emprestado, presidente na área e Roger em campo... a sexta-feira do Corinthians
Roger é apresentado no Corinthians e lembra de passado torcedor na cidade de Campinas

Não escondendo a intenção de carregar o número 9 na camisa do Corinthians, o veterano já traçou sua meta no clube. "Gostaria da 9, não estou fazendo lobby, a gente sabe que tem as ações de marketing hoje, não é tão simples, mas se tiver livre e acharem que eu mereço, vou usar, vou honrar. Meta de gols? Melhor que o ano passado. Em 2017, no Brasileiro, tinha dez gols antes do problema de saúde, eu brigava pela artilharia. É tentar fazer um ano igual", afirmou.

Com contrato válido até o fim de 2019, Roger chegou ao Corinthians em negociação casada que enviou Lucca à agremiação de Porto Alegre. O jogador de 33 anos poderá reforçar o elenco do técnico Fábio Carille na disputa do Campeonato Brasileiro e da Copa Libertadores da América desta temporada - caso o time avance para as oitavas de final. O centroavante fica fora da Copa do Brasil, já que atou pelo Internacional no torneio.

Sobre a busca de espaço na equipe, o atacante foi categórico. "O time está pronto, não tem muito o que mexer. Já participei de alguns treinos, vi que a intensidade dos mini-jogos é muito alta, a qualidade nem precisa falar. É aproveitar as oportunidades que são dadas, o time está bem. Eu também estou pronto. Para domingo não dá por documentação, mas para o outro domingo estarei apto para fazer parte do grupo", completou.

Veja mais em: Contratações do Corinthians, CT Joaquim Grava e Roger.

Veja Mais:

  • Timão viu Internacional ser superior e vencer com gol aos 46 minutos do segundo tempo

    Corinthians perde colocações no Brasileirão após revés para Internacional; veja tabela

    ver detalhes
  • Zaga de Loss bateu cabeça no Sul e perdeu a segunda seguida

    Defesa falha, Corinthians cede virada ao Internacional e perde a segunda com Loss

    ver detalhes
  • Em tarde ruim, Timão decepcionou no Sul e levou virada por 2 a 1

    Torcida do Corinthians elege 'vilões' de derrota para Internacional; Vital se salva

    ver detalhes
  • Mantuan chorou bastante após o término do jogo

    Nas redes sociais, colegas e Loss dão força a Mantuan; irmão manda recado emotivo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes