Roger defende brincadeira de Carille e mira estreia pelo Corinthians: 'Vou me preparar bem'

Roger defende brincadeira de Carille e mira estreia pelo Corinthians: 'Vou me preparar bem'

Por Thaina Barros e Rodrigo Vessoni, no CT Joaquim Grava

15 mil visualizações 56 comentários Comunicar erro

Roger é o novo reforço do Corinthians para a temporada de 2018

Roger é o novo reforço do Corinthians para a temporada de 2018

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Roger mal chegou ao Corinthians, mas já pensa em uma estreia com a camisa alvinegra o mais rápido possível. O centroavante foi apresentado como reforço do clube nessa sexta-feira, quando participou do primeiro treino com o elenco. Rindo de brincadeira do técnico Fábio Carille sobre seu peso, o jogador de 33 anos garantiu trabalho árduo no CT Joaquim Grava em busca de uma chance em campo.

Na última quinta-feira, Carille brincou ao dizer que Roger estava "gordo" a um torcedor que pediu pela escalação do centroavante no Corinthians, durante desembarque no Aeroporto Internacional de Guarulhos. A situação foi tratada com bom humor pelo recém-chegado, que defendeu a brincadeira do treinador.

"Acho que é brincadeira sadia, aquilo que falo, é válido. Claro que ele brincou, o pessoal quando cheguei hoje me falou: 'Eu não estou gordo, nunca fui'. Não liguei, achei o maior barato a brincadeira", disse Roger, bem humorado.

Leia também:
Sem Roger nem Sheik: Carille relaciona 22 para jogo contra Paraná
Volta de emprestado, presidente na área e Roger em campo... a sexta-feira do Corinthians

Tendo contrato válido até dezembro de 2019, o centroavante de 33 anos chega ao Corinthians para suprir o espaço deixado por Jô no último ano, que seguiu para o japonês Nagoya Grampus. Sua contratação foi selada ao lado do empréstimo do atacante Lucca ao Internacional, ex-clube de Roger.

A estreia pelo Corinthians é vista com ansiedade pelo veterano, ainda que acredite que o clube não precisa alterar seu esquema tático tão cedo para que ele seja incluído. Carille tem optado por uma escalação sem centroavante no Timão neste início de temporada, principalmente pela falta de um jogador de ofício na posição.

"Não tem que mudar nada, é dar sequência no que está sendo feito, na hora que tiver oportunidade...Uma hora alguém vai ter que descansar, vou me preparar bem, ajudar os companheiros, botar a bola para dentro, não tem que mudar nada. Ter essa semana para treinar é bom, fazer treino de força, treino com bola, para estar bem domingo", garantiu, se referindo ao duelo da semana que vem contra o Atlético-MG, pelo Brasileirão.

Podendo reforçar o Corinthians na disputa do Campeonato Brasileiro e da Libertadores da América, caso a equipe avance para as oitavas de final, Roger fugiu da pressão ao ser integrado em um elenco já entrosado e campeão paulista nesta temporada.

Leia também: Roger não joga Copa do Brasil pelo Corinthians; Libertadores, só se Timão avançar às oitavas

"Melhor (chegar em uma equipe campeã)! A gente chega para completar o grupo, uma equipe que sabe o que fazer nos treinamentos. Participei de um de 15 minutos e demorei para pegar na bola (risos). Um nível diferente, os caras estão acostumados. É mais fácil chegar num time pronto", finalizou.

Sem Roger entre os relacionados, o Corinthians volta a campo neste domingo, pela segunda rodada do Brasileirão. A equipe encara o Paraná Clube, em Curitiba, às 11h (de Brasília).

Veja mais em: Roger, Fábio Carille e Contratações do Corinthians.

Veja Mais:

  • Jair conta com Romero para surpreender Cruzeiro fora de casa; time viaja à noite

    Jair preserva titulares, e Corinthians não tem treino tático antes de pegar Cruzeiro

    ver detalhes
  • Livre de incômodo, Douglas deve ser novidade no time titular do Corinthians

    Com retorno de volante, Corinthians relaciona 22 para viagem a Belo Horizonte

    ver detalhes
  • Andrés (à dir.) ao lado do diretor de futebol Duílio Monteiro

    Presidente do Corinthians viaja à Europa em busca de contratações

    ver detalhes
  • Corinthians passou a levar mais torcedores na Arena após diminuição dos valores

    Corinthians diminui valor de ingresso e vê médias de público e renda aumentarem no Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes