Gamarra aponta torcida do Corinthians como a que mais cobrava no Brasil: 'Era complicado'

Gamarra aponta torcida do Corinthians como a que mais cobrava no Brasil: 'Era complicado'

Por Meu Timão

4.7 mil visualizações 80 comentários Comunicar erro

Gamarra defendeu as cores do Corinthians entre 1998 e 1999

Gamarra defendeu as cores do Corinthians entre 1998 e 1999

Foto: Divulgação

Ídolo do Corinthians, Gamarra não vestiu somente as cores alvinegras no Brasil. Tendo atuado por outras três equipes - Internacional, Flamengo e Palmeiras -, o paraguaio tem uma boa ideia do que são as torcidas no país. Por isso, o ex-defensor não titubeou ao responder qual delas mais o cobrava em seus tempos de jogador.

Acho que a do Corinthians. Joguei também com o torcedor do Flamengo, que é diferente, mas eu nunca tive nenhum problema ele. Mas, com corinthiano era complicado, se você não ganha começa a ter problema”, disse Gamarra, em entrevista à Fox Sports.

Ciente da enorme cobrança diária por parte da Fiel, o ex-jogador do Timão fez questão de valorizar um compatriota: Ángel Romero. Contratado em 2014, o paraguaio enfrentou um longo período de críticas e, mesmo titular, ainda tem de lidar com a desaprovação de parte da torcida. Apesar do elogio, Gamarra fez uma ressalva às embaixadinhas feitas pelo camisa 11 diante do Palmeiras.

Ele (Romero) é um menino raçudo porque jogar no Corinthians questionado como ele era, e ainda sobrevive ali. É um menino que evoluiu muito. Essa jogada, muitas vezes quando você joga contra um rival, que nem num Dérbi, é muito complicado, eu acho desnecessário. Isso aí dá briga mesmo, porque eu já participei de uma briga dessas aí (risos)", opinou.

Pelo Corinthians, Gamarra disputou 80 partidas, tendo marcado sete gols. Apesar do curto período, defendendo o clube entre 1998 e 1999, o zagueiro é lembrado até hoje por grande parte da Fiel - foi campeão do Paulistão (1999) e do Brasileirão (1998).

Veja mais em: Ex-jogadores do Corinthians, Ídolos do Corinthians, Romero e Torcida do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians foi da água ao vinho: campeão em 2017 e candidato ao rebaixamento em 2018

    Corinthians luta contra reviravolta jamais vista no Brasil e raríssima no futebol mundial

    ver detalhes
  • Jadson é o artilheiro do elenco em 2018, com 15 gols; é o que mais fez com Jair Ventura

    Jadson se torna artilheiro da era Jair Ventura; meia participou de 12 dos últimos 20 gols do Timão

    ver detalhes
  • Roger entrou aos 13 minutos do segundo tempo e conseguiu fazer um dos gols do Timão em Salvador

    Roger é o atacante do Corinthians que precisa de menos tempo em campo para fazer um gol

    ver detalhes
  • Duelo ganhou ares dramáticos com prorrogação, mas terminou em alívio e comemoração dos corinthianos

    Em jogo dramático, pivô faz três, Corinthians segura empate na prorrogação e vai às quartas da LNF

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes