Colo-Colo tem auxiliar que fez estágio com Carille, goleiro da cavadinha de Romarinho e ex-Palmeiras

Colo-Colo tem auxiliar que fez estágio com Carille, goleiro da cavadinha de Romarinho e ex-Palmeiras

29 mil visualizações 84 comentários Comunicar erro

Romarinho deu a cavadinha em Orión na final da Libertadores-12, que agora está no Colo-Colo

Romarinho deu a cavadinha em Orión na final da Libertadores-12, que agora está no Colo-Colo

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O sorteio das oitavas de final da Copa Libertadores colocou o Colo-Colo como rival do Corinthians. A equipe chilena foi a pior das 16 classificadas para o mata-mata, com apenas oito pontos e saldo zero no Grupo B da competição sul-americana - apenas o Estudiantes-ARG fez a mesma pontuação, mas com saldo maior.

O momento da equipe é irregular, ocupando a sexta colocação no Campeonato Chileno, com 24 pontos em 15 jogos - líder é a Universidad Católica, com dez a mais. Mas são alguns dos seus principais personagens que chamam atenção quando o assunto é o Corinthians.

Leia também:
Rival na Libertadores comete gafe e troca escudo do Corinthians nas redes sociais
Sorteio define Corinthians x Colo-Colo nas oitavas da Libertadores; veja os confrontos

Maldonado com Carille no CT do Timão, em agosto de 2017

Maldonado com Carille no CT do Timão, em agosto de 2017

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A começar por Claudio Maldonado, auxiliar-técnico de Héctor Tapia. O ex-volante, com passagens por diversos clubes - incluindo o Timão, no fim da carreira -, esteve recentemente no CT Joaquim Grava para fazer um estágio com o técnico Fábio Carille. Sua passagem pelo local foi no mês de agosto do ano passado.

Quem também merece destaque é o goleiro titular do Colo-Colo, um velho conhecido que traz ótimas lembranças para a Fiel. Trata-se de Agustín Orión, argentino de 36 anos, que foi o arqueiro do Boca Juniors na final da Copa Libertadores 2012.

Foi Orión quem levou o gol de cavadinha de Romarinho, no confronto de ida, na Bombonera. Vale lembrar que, na volta, no Pacaembu, o goleiro se lesionou ainda no primeiro tempo, dando lugar a Sosa. O uruguaio foi quem levou os dois gols de Emerson Sheik na etapa final da histórica final.

Por fim, um outro personagem que mexe com o humor dos corinthianos. O meia Valdivia, ex-Palmeiras, é o camisa 10 da equipe chilena. Revelado nas categorias de base do clube, ele retornou em junho do ano passado para ser a referência do rival alvinegro nas oitavas da Libertadores.

Goleiro Orión, ex-Boca Juniors, e Valdivia, as estrelas do Colo Colo

Goleiro Orión, ex-Boca Juniors, e Valdivia, as estrelas do Colo Colo

Reprodução/Internet

Veja mais em: Libertadores da América e Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians de Jonathas não conseguiu vencer o Cruzeiro nesta quarta-feira

    VAR tem noite terrível, Corinthians é derrotado na Arena e perde título da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Emerson Sheik foi eleito pela Fiel o melhor em campo na derrota do Corinthians para o Cruzeiro

    Mais velho e mais novo do Corinthians são eleitos os melhores da final da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians deu show à parte na finalíssima da Copa do Brasil

    Torcida do Corinthians dá novo show e 'se salva' em vice da Copa do Brasil; veja repercussão

    ver detalhes
  • Corinthians levou R$ 20 milhões pelo segundo lugar na Copa do Brasil

    Revés para o Cruzeiro na final da Copa do Brasil faz Corinthians perder quase R$ 40 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes