Por versatilidade do elenco, Loss não descarta utilizar outras formações durante a temporada

Por versatilidade do elenco, Loss não descarta utilizar outras formações durante a temporada

Por Meu Timão

2.9 mil visualizações 36 comentários Comunicar erro

Loss  deixou esquema tático em aberto para o decorrer da temporada

Loss deixou esquema tático em aberto para o decorrer da temporada

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Após assumir o Corinthians em meio a campeonatos e poucos dias de treinamento, Osmar Loss usou a pausa da Copa do Mundo para implantar suas ideias na equipe. Como destacou em entrevista ao Meu Timão, a principal delas gira em torno da mudança de esquema, adaptando o time ao 4-2-3-1. Nesta quarta-feira, no entanto, o 4-1-4-1 voltou a ser testado na segunda etapa do amistoso contra o Cruzeiro.

"O 4-1-4-1 sempre foi opção aqui no Corinthians. Desde que o Tite estava aqui, ele foi opção. Acho que temos jogadores extremamente qualificados, com uma ótima leitura tática, que podem se adaptar a várias funções", destacou, em coletiva após o término da partida.

Leia também:
Marquinhos e Pedrinho são eleitos craques de empate; Roger e Rodriguinho são criticados
Mulheres abraçam ideia, e público de amistoso na Arena supera até Dérbi do Brasileirão-18

E o saldo da mudança foi bastante positivo. Depois de ir para o intervalo perdendo por 2 a 0, o Timão se postou melhor na segunda etapa e acabou empatando a partida contra os mineiros, terminando o período de amistosos invicto - duas vitórias e um empate.

"Eu acho que deu certo. Quando mudamos, conseguimos empurrar o Cruzeiro para o seu campo, melhorou nossa posse de bola no terço final do campo. Tivemos alguns contra-ataques sofridos, mas atingimos o objetivo, que era empurrar nosso time um pouco mais para frente", pontuou.

E ao que tudo indica, o leque de esquemas de Osmar Loss não deve se restringir aos dois utilizados durante o embate desta quarta-feira. Segundo o comandante, novas táticas podem ser implementadas no decorrer da temporada. O 4-2-4, muito utilizado por Carille, também é opção.

"Podemos jogar com dois (volantes) sem centroavante, acho que isso é algo que nosso plantel nos dá opção de escolher. Claro que preferimos ter um esquema sólido, mas acho que essas variações nos ajudam nessa quantidades de jogos que vamos ter", concluiu.

Veja mais em: Osmar Loss.

Veja Mais:

  • Andrés Sanchez sabe dos números ruins de Jair Ventura, mas evita falar em troca de treinador

    Diretoria do Corinthians quer fim da tensão no BR-18 para confirmar Jair; cobrança aumentará

    ver detalhes
  • Corinthians e Palmeiras se enfrentaram pelo jogo de ida da final do Paulista Sub-20

    Oya brilha, Corinthians bate Palmeiras e sai na frente na final do Paulistão Sub-20

    ver detalhes
  • Lideranças da Gaviões já foram ao CT em outras seis oportunidades na temporada

    Gaviões da Fiel convoca protesto no CT por momento ruim do Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Richard chegou de graça ao Fluminense vindo do pequeno Atibaia

    Se confirmado nos próximos dias, Richard será o 14º volante sob contrato com o Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes