Corinthians empata sem gols com o Vitória em estreia na Taça BH Sub-17

Corinthians Corinthians 0 x 0 Vitória Vitória

Taça BH Sub-17 2018

Corinthians empata sem gols com o Vitória em estreia na Taça BH Sub-17

Por João Pedro Izzo

5.4 mil visualizações 21 comentários Comunicar erro

Equipe Sub-17 do Corinthians começou caminhada na Taça BH nesta terça-feira

Equipe Sub-17 do Corinthians começou caminhada na Taça BH nesta terça-feira

Foto: Divulgação / Corinthians

O Corinthians estreou na Taça BH Sub-17, organizada pela Federação Mineira de Futebol, na tarde desta terça-feira. Em jogo morno, o Timãozinho apenas ficou no 0 a 0 contra o Vitória, em partida disputada na Arena do Calçado, em Nova Serrana-MG.

O Timão busca o bicampeonato da competição - conquistou a taça em 2015. A base da equipe é a mesma que foi vice-campeã da Copa do Brasil da categoria, no ano passado. O Corinthians está no Grupo B, ao lado de Vitória, Coritiba e Betinense.

Leia também: Corinthians na Taça BH: guia do Meu Timão traz tudo o que você precisa saber sobre o torneio Sub-17

Vale ressaltar que na Taça BH são dois tempos de 40 minutos, com os tradicionais 15 minutos de intervalo, além de possíveis seis mudanças, com apenas três paradas para fazer as modificações.

O Timão iniciou a partida com: Donelli; Mangueira, Henrique Luro, Carlos e Hugo; Guilherme Gallegos, Gabriel Dias, Luca Pires; Gabriel Gallegos, Arthur Bessa e Alex.

Com apenas mais dois jogos nesta fase de grupos, o próximo compromisso já é na quinta-feira, dia 19, contra os donos da casa, o Betinense. A partida está marcada para às 20h, na mesma Arena do Calçado. O primeiro colocado do grupo avança para a fase seguinte.

Sobre o jogo

O primeiro lance de perigo para o Corinthians foi logo no minuto inicial de jogo. Luca Pires bateu escanteio pela esquerda e Carlos testou firme, com força, mas o goleiro adversário, Cabral, fez a defesa de maneira firme. Aos 12 minutos, Luca Pires soltou a bomba de fora da área, porém, Cabral foi buscar e espalmou para escanteio. Os escanteios estavam sendo uma boa arma do Timão: aos 14 minutos, Henrique Luro antecipou a zaga do Vitória e cabeceou com força, mas sem direção.

Aos 20 minutos, devido ao calor na Arena do Calçado, cuja temperatura marcava 28 graus, uma pausa para hidratação, prevista no regulamento, foi realizada. Aos 40 minutos, em erro na saída de bola do Timão, Ruan Nascimento finalizou de fora da área, mas o goleiro corinthiano, Donelli, encaixou sem dificuldades.

Embora com um bom início da equipe alvinegra, a primeira etapa terminou em um empate sem gols parelho, sem muitas chances para os dois times, com as marcações prevalecendo e, por consequência, menos oportunidades para as criações de jogadas.

Insatisfeito com a produção do time, o técnico Marcos Soares sacou logo no início do segundo tempo os jogadores Gabriel Gallegos, Luca Pires e Alex para as entradas de Cauã, Gabriel Pereira e Thalisson.

Após boa trama do Timão aos cinco minutos, Cauã ajeitou para a perna esquerda e chutou rasteiro na entrada da área. Cabral foi buscar no cantinho esquerdo, colocando para escanteio. Com 11, Thalisson mandou a bola por cima após chute de fora; as mudanças do técnico corinthiano já começavam a surtir efeito, deixando a equipe mais leve e criativa.

Aos 15 minutos, Ruan Nascimento puxou para o pé esquerdo e finalizou com perigo, mandando a bola perto do gol de Donelli. Aos 20, foi a vez do Timão: Mangueira fez boa jogada pela direita e cruzou, mas Arthur Bessa chegou um instante atrasado e não conseguiu completar para o gol.

Após o lance, parada técnica para hidratação, e com 23, Mangueira deu lugar a Riquelme, no Timão. Aos 25, após bola sobrada na área corinthiana, o chute veio e o goleiro Donelli defendeu. No rebote, Henrique Luro deu um bico para longe. A última mudança do Corinthians veio com 29 minutos, quando Gabriel Dias saiu para a entrada de Danilo.

Com 32, Gabriel Pereira pegou sobra de dentro da área, porém, o chute saiu meio mascado e chegou fácil para o goleiro Cabral defender no seu canto esquerdo. Aos 41, já nos acréscimos, Arthur Bessa tentou girar para cima do defensor adversário, mas teve sua tentativa travada.

Sem mais lances perigosos de nenhuma das equipes, Corinthians e Vitória fizeram um jogo com pouco brilho, muita disposição dos atletas, mas a falta de criatividade foi essencial para o empate sem gols. Um 0 a 0 morno.

Veja mais em: Base do Corinthians e Corinthians Sub-17.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes