Treinador do Corinthians fala em crescimento no Brasileirão e avisa: 'Não é um novo campeonato'

2.5 mil visualizações 32 comentários

Osmar Loss em coletiva no CT na tarde desta terça-feira

Osmar Loss em coletiva no CT na tarde desta terça-feira

Rodrigo Vessoni / Meu Timão

O Corinthians reinicia o Brasileirão nesta quarta-feira, diante do Botafogo, às 21h45, na Arena. E reiniciará na décima colocação, com 16 pontos. São onze pontos atrás do líder Flamengo, seis atrás do primeiro que obtém a vaga direta na Libertadores (no caso, Internacional) e, neste momento, três pontos atrás do último que iria à competição sul-americana (no caso, o Palmeiras).

Em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira no CT Joaquim Grava, o técnico Osmar Loss ignorou a longa parada da Copa do Mundo em relação à situação na tabela do Nacional. Para o treinador do Timão, a gordura acumulada por alguns não deve ser ignorada. Assim como a caminhada mais longa que sua equipe terá de dar daqui para frente.

Leia também:
Jonathas é relacionado e pode estrear pelo Corinthians diante do Botafogo
Certeiro, Jonathas faz cinco gols em treino dos reservas do Corinthians
Loss mexe e define Corinthians para retorno do Brasileirão; veja escalação

"É um campeonato de recuperação. Vamos buscar nos aproximar do grupo de cima, sabemos que precisamos vencer, e assim vamos saber como vão reagir os times da frente. Não é um novo campeonato, porque os pontos continuam. Projetamos crescimento para brigar na parte de cima", afirmou o treinador, que complementou:

"Não começa do zero porque os pontos não zeraram. Precisamos fazer nosso 100% e torcer por tropeços do Flamengo. Se a gente fizer 100% e o Flamengo também fizer, a diferença não vai mudar", avisou.

Na sequência, o treinador do Timão foi questionado sobre a pontuação do Corinthians em si e a atual colocação no Brasileirão. Perguntado se não era uma situação ruim por se tratar de um dos clubes mais vitoriosos do futebol brasileiro na década, Loss respondeu:

"Eu acredito que a posição não condiz com nossos objetivos, realmente queríamos estar mais acima, e temos potencial para isso. Conseguimos passar para os atletas, eles entenderam muito bem, se sentiram satisfeitos nesse período para treinar. Serviu para limpar o espírito e reorganizar e adquirir força para o restante do ano. Sabíamos das mudanças, e a janela não acabou. O Corinthians e outros clubes têm que ficar atentos", finalizou.

Veja mais em: Osmar Loss e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Corinthians pode devolver Yony González e economizar quase R$ 20 milhões

    [Marco Bello] Corinthians pode devolver Yony González e economizar quase R$ 20 milhões

    ver detalhes
  • Cantillo foi um dos destaques do Corinthians no início da temporada

    Cantillo apresenta sintomas de Covid-19 e pode desfalcar Corinthians em Dérbi

    ver detalhes
  • Atacante Jô pode reestrear pelo Corinthians na retomada do Campeonato Paulista

    CBF define janelas internacionais, e Jô pode reestrear pelo Corinthians contra o Palmeiras

    ver detalhes
  • Equipe Sub-23 do Corinthians ganhará atenção especial de Tiago Nunes em 2020

    Corinthians volta a renovar contrato de dupla do Sub-23 em meio à paralisação da base

    ver detalhes
  • André Negão (diretor administrativo, primeiro da esquerda) e Jorge Kalil (diretor-adjunto de futebol, primeiro a direita) causaram chateação em Andrés Sanchez

    Presidente do Corinthians se irrita com declarações de diretores durante lives

    ver detalhes
  • Período no Albirex Niigata rendeu gancho ao atacante, que quase veio para o Timão em 2017

    Atacante rival que quase veio ao Corinthians toma gancho da Fifa e rende punição a ex-clube

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: