Léo Santos torce por sequência e pede tempo para equipe sanar problemas de bola aérea

Léo Santos torce por sequência e pede tempo para equipe sanar problemas de bola aérea

Por Andrew Sousa e Rodrigo Vessoni, na Arena Corinthians

4.0 mil visualizações 62 comentários Comunicar erro

Léo Santos foi titular no confronto desta quarta-feira

Léo Santos foi titular no confronto desta quarta-feira

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Entre os nomes mais comemorados pela torcida na escalação desta quarta-feira, Léo Santos teve bom desempenho na vitória do Corinthians contra o Cruzeiro, por 2 a 0. Titular no lugar do lesionado Pedro Henrique, o zagueiro tende a ser mantido na equipe que encara o Vasco no domingo, às 11h. Feliz pela chance, o jogador não esconde a torcida por sequência no Timão.

"Espero que sim (tenha sequência), mas a gente vai ver no decorrer na semana, amanhã, já temos um jogo no domingo. Vamos ver o que a comissão vai falar aí, eu estou à disposição. Se tiver uma sequência, vai ser melhor ainda", disse o zagueiro, na zona mista da Arena.

Leia também:
Diretor do Corinthians revela ofertas recusadas por dupla de zaga e fala sobre novos reforços
Romero, Cássio, Avelar... Veja as avaliações corinthianas da vitória sobre o Cruzeiro
Técnico do Corinthians elogia Pedrinho e define: 'Precisamos vencer, vencer e vencer'

Apesar da boa atuação, Léo Santos encarou, ao lado de Henrique, os mesmos problemas que Pedro Henrique vinha enfrentando: a bola aérea. Ciente da dificuldade alvinegra no quesito, o defensor ressaltou que, pelas saídas importantes, é necessário tempo para fortalecer o sistema.

"Isso aí a gente trabalha no dia a dia, o professor falou bastante mesmo nessa questão de bola aérea, mas a gente tem que trabalhar. Jogo a jogo, tempo a tempo, o time está se reconstruindo, perdemos algumas peças que eram do time titular, que fazem muita falta pra gente. Isso aí é jogo a jogo que vamos melhorando", analisou.

Com problema muscular na coxa esquerda, Pedro Henrique deve seguir fora do time para o embate contra o Vasco. Mesmo quando o camisa 34 retornar, no entanto, Léo Santos garante que vai brigar por seu espaço.

"Eu não gosto de ter uma zona de conforto, por que eu me considero um jogador de alto nível. Tenho que manter a paciência, pra quando a oportunidade vir, como veio hoje, pra poder aproveitar", concluiu.

Veja mais em: Léo Santos.

Veja Mais:

  • Avelar tende a receber nova chance como titular do Corinthians na capital paranaense

    Carlos joga 45 minutos pela Seleção Sub-20, e Corinthians deve ter Avelar contra Atlético-PR

    ver detalhes
  • Carlos Augusto, que está na Seleção Brasileira Sub-20, embarca de Goiânia; Vital e os demais viajam para Curitiba saindo de São Paulo

    Com Carlos Augusto, Corinthians relaciona 23 jogadores para enfrentar o Atlético-PR

    ver detalhes
  • Corinthians caiu nas oitavas de final da Sul-Americana 2017, para o Racing (ARG)

    Menos tenso, Corinthians busca a Sul-Americana 2019; seis motivos mostram importância do torneio

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez e Matias Ávila participaram do Papo Reto desta terça-feira

    Déficit do Corinthians sobe para R$ 26 milhões, mas diretoria comemora ao comparar com 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes