Loss revela conversa sobre VAR no Corinthians e aponta benefícios da tecnologia

Loss revela conversa sobre VAR no Corinthians e aponta benefícios da tecnologia

Por Thaina Barros e Vinícius Souza, no CT Joaquim Grava

1.6 mil visualizações 22 comentários Comunicar erro

Osmar Loss aprovou o uso do árbitro de vídeo na Copa do Brasil

Osmar Loss aprovou o uso do árbitro de vídeo na Copa do Brasil

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Técnico do Corinthians, Osmar Loss aprovou a adoção do VAR (sigla em inglês para árbitro assistente de vídeo) na Copa do Brasil de 2018. Depois de encerrar a preparação para a volta do Timão no torneio, nesta quarta-feira, diante da Chapecoense, o treinador revelou uma conversa com os jogadores sobre a nova tecnologia. Os benefícios da novidade no andamento dos jogos também foi exaltado pelo comandante.

"Acho muito satisfatório pro futebol brasileiro e pro futebol mundial. A Copa (do Mundo da Rússia), por ser o maior evento do mundo, quebra qualquer paradigma. (Com VAR) O futebol se torna mais justo, acaba com as incoerências, ou tende a acabar, se minimiza consideravelmente", disse Loss em coletiva no CT Joaquim Grava, nesta terça.

"Conversamos com os atletas hoje, vamos voltar a conversa, é uma novidade. Nós da comissão técnica temos que entender qual o tipo de lance que será usado o VAR. Acho que o árbitro tem sua autonomia, sua capacidade de decisão que tem que ser levada em consideração", completou o treinador.

Leia também:
Cássio fala em conquista inédita pelo Corinthians e valoriza uso do VAR na Copa do Brasil
Loss espera por dupla titular e enfatiza peso de duelo com a Chapecoense

A tecnologia do VAR, que ganhou maior notoriedade após o Mundial de 2018, será utilizada durante toda a Copa do Brasil. Cada partida contará com o uso de 14 a 16 câmeras. O duelo contra a Chapecoense desta quarta, na Arena Corinthians, será o primeiro da história do Timão com auxílio do árbitro de vídeo.

Para Loss, a ajuda para a arbitragem, além de uma baixa nos erros, deve possibilitar jogos mais "soltos" ao longo do torneio. "A gente preza sempre o jogo leal, competitivo mas leal. De vez em quando a gente se irrita, a gente xinga, jogador é passível disso. São duas equipes que duelam pelo mesmo objetivo. O jogo vai ficar um pouco mais solto, é uma expectativa. Acho que o jogo vai ficar mais solto. Temos de estar preparados, acreditar em todas as bolas, não diminuir o foco da competitividade com o VAR. Se tiver alguma coisa para ser revista, que seja feita", completou.

Corinthians e Chapecoense se enfrentam às 21h45 (de Brasília) desta quarta, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Os responsáveis pela arbitragem de vídeo do duelo já foram definidos pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF): Péricles Bassols comanda o VAR, com o assistente Bruno Boschilia e o apoio de Dewson Freitas.

Veja mais em: Osmar Loss, Copa do Brasil e Arbitragem.

Veja Mais:

  • Espaço 'em branco' no uniforme corinthiano está com os dias contados

    Diretor do Corinthians confirma patrocínio máster próximo de ser anunciado

    ver detalhes
  • Luidy é o mais novo emprestado do Corinthians; jogador foi para o São Bento

    Saiba como está o desempenho dos jogadores emprestados pelo Corinthians nesta temporada

    ver detalhes
  • Jonathas vive expectativa de ser titular do Corinthians nos próximos jogos

    Declaração de corinthiano Jonathas repercute no Chile; jornal o acusa de ameaçar Colo-Colo

    ver detalhes
  • Matheus Matias soma três atuações pelo Corinthians: uma no Brasileiro e duas em amistosos

    Loss sugere que peso da camisa do Corinthians interfere no zelo com Matheus Matias

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes