Corinthians e demais clubes rebatem tentativa da CBF de limitar inscritos no Brasileirão

Corinthians e demais clubes rebatem tentativa da CBF de limitar inscritos no Brasileirão

Por Meu Timão

4.9 mil visualizações 50 comentários Comunicar erro

Andrés Sanchez e presidentes de outros clubes não gostaram de ideia da CBF

Andrés Sanchez e presidentes de outros clubes não gostaram de ideia da CBF

Foto: Rodrigo Vessoni/Meu Timão

A Confederação Brasileira de Futebol tem articulado nos bastidores uma possível criação de limite de jogadores inscritos pelos clubes no Brasileirão. Algo que não foi bem aceito por Corinthians e demais equipes. As informações foram publicadas pelo portal Uol.

O que motivou a CBF a cogitar tal novidade foi a utilização de equipes reservas por alguns clubes no Brasileirão antes mesmo do fim do primeiro turno - o Corinthians, por exemplo, perdeu da Chapecoense no último domingo tendo escalado apenas três titulares.

A entidade máxima do futebol brasileiro se incomodou de ver seu principal campeonato colocado em segundo (e até terceiro) plano pelos clubes. Estes, por sua vez, disparam contra a própria CBF: o calendário apertado é considerado o grande vilão no entendimento das agremiações, que se dividem também entre Copa do Brasil e Libertadores.

Corinthians, Flamengo e Grêmio são os clubes que reclamaram explicitamente à reportagem sobre a tal intenção da CBF em limitar o número de jogadores inscritos no Brasileirão. "Sou contra isso totalmente. Eles (CBF) que melhorem o calendário", declarou Andrés Sanchez.

Leia também: Corinthians, Flamengo e Atlético-PR avançam por associação de clubes; CBF monitora

Os números de jogos do Corinthians na temporada dão embasamento ao discurso do presidente alvinegro: desde o início do Brasileirão, o Timão entrou em campo oficialmente 26 vezes num intervalo de 84 dias (descontado o período de paralisação da Copa do Mundo). Em média, a equipe vem jogando uma partida a cada três dias.

Os principais motivos apontados pelos cartolas dos clubes são as extensões de Copa do Brasil e Libertadores da América ao longo de todo o ano. "Lógico, isso eles têm que ver na Conmebol, a Libertadores o ano todo, mais Copa do Brasil, mais Brasileiro. Quem se destaca é prejudicado", finalizou Andrés Sanchez.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro e Andrés Sanchez.

Veja Mais:

  • Jogadores realizaram um coletivo na tarde desta segunda-feira no Corinthians

    Com Douglas em campo, Corinthians tem coletivo em reapresentação após Majestoso

    ver detalhes
  • Romero perderá o jogo contra o Atlético-PR na Arena da Baixada

    Romero é convocado pelo Paraguai e desfalca Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Foto postada por Gabriel no último dia 11 de março

    Gabriel não fez tatuagem em homenagem a carrasco de rival; entenda a história

    ver detalhes
  • Empate no Majestoso rendeu ponto importante ao Corinthians

    Chances de rebaixamento do Corinthians sofrem leve queda após resultados da 33ª rodada

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes