Loss valoriza classificação do Corinthians na Copa do Brasil, mas admite que ataque precisa evoluir

3.0 mil visualizações 66 comentários

Por Meu Timão

Corinthians de Osmar Loss se classificou para a semifinal da Copa do Brasil

Corinthians de Osmar Loss se classificou para a semifinal da Copa do Brasil

Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Na noite desta quarta-feira, o Corinthians carimbou seu passaporte rumo a semifinal da Copa do Brasil. A equipe de Osmar Loss bateu a Chapecoense na Arena Condá, por 1 a 0, depois de vencer pelo mesmo placar em Itaquera, no jogo de ida do mata-mata. Para o treinador, a partida foi difícil pela postura dura do adversário. Ao todo, a decisão contou com 34 faltas: 16 para os catarinenses e 18 do Timão.

"Tipo de jogo que a Chapecoense preconiza. É um jogo muito viral, muito duro, de contato físico e, com isso, tem muitos faltas. Não sei qual o número de faltas que teve no jogo, mas deve ter sido um número elevado. Foram cruzadas muitas bolas na nossa área, no primeiro e no segundo tempo. Atribuo a isso: esse tipo de jogo que é imposto. Nós somos uma equipe que não é faltosa, visto no Campeonato (Brasileiro). Não sei quantas faltas fizemos hoje, mas foi pelo estilo que a Chapecoense imprimiu na partida", disse Loss.

"Foi um jogo tenso. A gente teve que controlar em muitos momentos para isso não se tornar uma pressão, de fato. Mantivemos mais a posse de bola, conseguimos concluir mais do que eles", completou.

Leia também:
Pintura de Jadson e 'Corinthians x Flamengo' fervem Twitter após classificação alvinegra
Gol de Jadson contra Chapecoense foi o primeiro de falta do Corinthians em 2018

Com a vantagem do empate no bolso, o Corinthians só passou a mostrar perigo para o gol da Chapecoense no segundo tempo. O gol, inclusive, veio nos minutos finais do jogo. Jadson bateu uma bela falta perto da linha do escanteio e balançou a rede, garantindo a vaga alvinegra. Questionado sobre a baixa produção ofensiva do Timão, Loss admitiu que é preciso evoluir.

"Temos muito que evoluir no terço final de campo, dentro da área. Veja como são as coisas: no jogo de domingo, com um time que supostamente sem entrosamento, criamos mais jogadas que hoje. Contra o Vasco criamos mais jogadas, contra o Colo-Colo não fomos tão bem. Eu acho que temos mais lastro pra criar mais jogadas. O time se torna mais confiável de trás pra frente. Estamos mais fortes na parte defensiva e vamos trabalhar pra melhorar no ataque também", analisou.

Classificado, o Timão enfrenta um clássico contra o Flamengo na semifinal da Copa do Brasil. As datas, locais e horários das decisões ainda serão confirmados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

A expectativa de Loss para o duelo é alta. "Decisão maior por ser uma semifinal agora, por poder nos colocar numa decisão de título na temporada que é o que a gente sempre buscou, desde que eu assumi a equipe. A Chapecoense foi extremamente briosa, valorizou demais a nossa classificação, dois jogos com placar mínimo, mas a gente vai estar bem preparado para as próximas etapas", projetou o treinador.

Veja mais em: Osmar Loss e Copa do Brasil.

Veja Mais:

  • Giuliano será apresentado pelo Corinthians nesta quarta-feira

    Corinthians marca apresentação virtual de meia Giuliano; saiba mais

    ver detalhes
  • Timão fará sua estreia na quinta-feira, às 19h30, contra o Paulistano

    Corinthians conhece datas do Paulista de Basquete; equipe estreia na quinta-feira

    ver detalhes
  • Giuliano completa nesta terça-feira exatos 100 dias sem entrar em campo; meia-atacante entrou em campo pela última vez no longínquo dia 25 de abril, quando atuou pelo Basaksehir, da Turquia

    Giuliano completa exatos 100 dias sem jogar; reforço do Corinthians se prepara para estreia

    ver detalhes
  • Jacinto Antônio Ribeiro, o "Jaça", conselheiro vitalício do clube, e pivô de conflito com Brazil nas últimas semanas; Márcio Bittencourt, ex-jogador e ex-treinador da base do clube

    Desentendimento na base do Corinthians separa Sub-23 das demais categorias; entenda

    ver detalhes
  • Sylvinho tem 16 jogos no comando do Corinthians, com mais derrotas (seis) do que vitórias (quatro), além de seis empates; saldo de gols também é negativo (12x16) e o aproveitamento é de 37,5%

    Pressão sobre Sylvinho aumenta no Corinthians; dois fatores jogam a favor do treinador

    ver detalhes
  • Ousado chegou ao Corinthians Free Fire em janeiro

    Técnico do Corinthians Free Fire abre o jogo sobre a saída de Ousado

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x