Gum, do Fluminense, se confunde e agradece VAR após vitória sobre Corinthians

Gum, do Fluminense, se confunde e agradece VAR após vitória sobre Corinthians

Por Meu Timão

2.8 mil visualizações 44 comentários Comunicar erro

Gum elogiou VAR depois de vitória do Fluminense no Maracanã

Gum elogiou VAR depois de vitória do Fluminense no Maracanã

Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC

Autor do gol da vitória do Fluminense sobre o Corinthians na noite desta quarta-feira, no Maracanã, pelo Brasileirão, por 1 a 0, o zagueiro Gum cometeu uma gafe um tanto curiosa logo após o apito final. Ao comemorar a expulsão de Romero, que acertou o rosto de Digão no fim do primeiro tempo, o defensor da equipe carioca celebrou o fato de a arbitragem ter – de acordo com ele – sido auxiliada pelo VAR (árbitro de vídeo). O problema? Ainda não há VAR no Campeonato Brasileiro, apenas na Copa do Brasil...

“(Quero) Parabenizar pelo árbitro de vídeo, porque hoje ajudou muito, um lance decisivo na partida, uma expulsão correta. E se não tem árbitro de vídeo poderia complicar um pouquinho na interpretação do árbitro”, falou Gum.

O zagueiro, então, foi rapidamente interrompido durante a entrevista: “No Brasileirão não tem árbitro de vídeo ainda!”, avisou o repórter do Premiere. “Não tem?”, questionou o zagueiro, em dúvida.

“Não. Foram os auxiliares e o quarto árbitro que conversaram (com o juiz)”, avisou o jornalista, já aos risos.

Leia também:
Cássio tenta explicar nova derrota do Corinthians e evita caçar culpados
Com um a menos, Corinthians é presa fácil no Maracanã e perde a terceira seguida no Brasileiro

Com bom humor, Gum explicou que torce pela implementação do VAR já na próxima edição do Brasileiro. “Eu falo assim. Esse lance decisivo (review), como tem na Copa do Brasil e pode ter no Brasileiro, vai ajudar muito a arbitragem, né? Graças a Deus o árbitro foi muito bem hoje, não prejudicou Fluminense nem Corinthians. Mas esse árbitro de vídeo vai ajudar”, discursou o capitão do Fluminense.

“Os auxiliares ajudarem ele (risos). Mas acho que ele não tinha convicção porque ele não viu o lance corretamente, então acho que precisa pro ano que vem”, finalizou.

Romero levou o cartão vermelho aos 41 minutos do primeiro tempo, ao acertar o punho esquerdo no rosto de Digão. O árbitro Ricardo Marques Ribeiro, depois de muito conversar no rádio, decidiu expulsar o atacante, gerando reclamações por parte dos corinthianos – o assistente Dyego Coelho também seria expulso.

A equipe de Osmar Loss tem compromisso marcado para sábado. Na Arena Corinthians, em Itaquera, recebe o Paraná Clube em confronto válido pela 20ª rodada da Série A. A bola rola às 19h.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro, Erros de arbitragem e Arbitragem.

Veja Mais:

  • Jair conta com Romero para surpreender Cruzeiro fora de casa; time viaja à noite

    Jair preserva titulares, e Corinthians não tem treino tático antes de pegar Cruzeiro

    ver detalhes
  • Livre de incômodo, Douglas deve ser novidade no time titular do Corinthians

    Com retorno de volante, Corinthians relaciona 22 para viagem a Belo Horizonte

    ver detalhes
  • Andrés (à dir.) ao lado do diretor de futebol Duílio Monteiro

    Presidente do Corinthians viaja à Europa em busca de contratações

    ver detalhes
  • Corinthians passou a levar mais torcedores na Arena após diminuição dos valores

    Corinthians diminui valor de ingresso e vê médias de público e renda aumentarem no Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes