Há um turno, Corinthians goleava e assumia liderança com brilho de vendidos e contestados

Há um turno, Corinthians goleava e assumia liderança com brilho de vendidos e contestados

Por Meu Timão

1.9 mil visualizações 26 comentários Comunicar erro

Rodriguinho e Gabriel marcaram gols na vitória do Corinthians sobre o Paraná

Rodriguinho e Gabriel marcaram gols na vitória do Corinthians sobre o Paraná

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Muita coisa mudou no Corinthians no intervalo de um turno. E, talvez, o momento em que isso fique mais claro seja justamente agora: às vésperas do confronto com o Paraná pelo returno do Campeonato Brasileiro. As equipes se enfrentam neste sábado, às 19h, na Arena, em Itaquera.

A exemplo do que já havia feito na última rodada, antes do embate contra o Fluminense, o Meu Timão destaca abaixo ao menos três grandes diferenças no Corinthians com o passar de um turno, em relação à vitória de 4 a 0 sobre o Paraná lá no nem tão longínquo 22 de abril.

Liderança

O Corinthians assumiu a liderança do Brasileirão após golear o Paraná em plena Vila Capanema. Os ainda comandados de Fábio Carille chegaram aos seis pontos conquistados em seis disputados e, por conta do elástico saldo de gols, assumiram a ponta do certame de forma isolada. Seria a única rodada em que o Timão terminaria na primeira posição...

Hoje o Corinthians ocupa a oitava posição, a oito pontos de distância da zona de classificação para a Libertadores e a sete da zona de rebaixamento.

Sidriguinho

Brilharam naquela manhã de domingo na capital paranaense dois jogadores que nem mesmo fazem mais parte do elenco corinthiano. Foram eles: o meia Rodriguinho e o lateral-esquerdo Sidcley, autores de um gol e uma assistência cada um. Hoje nenhum dos dois faz parte do elenco: o primeiro está no Pyramids, do Egito, e o segundo no Dínamo de Kiev, da Ucrânia.

Além deles, também deixaram o Corinthians nos últimos meses: Maycon (Shakhtar Donetsk-UCR), Balbuena (West Ham-ING), Marquinhos Gabriel (Al-Nasr-EAU), Júnior Dutra (Fluminense), Léo Príncipe (Le Havre-FRA), Kazim (Lobos BUAP-MEX), Juninho Capixaba (Grêmio) e Bruno Xavier (Guarani).

Gabriel e Clayson em alta

Em meio à queda de desempenho do Corinthians nos últimos meses, muitos jogadores antes adorados pela torcida passaram a sofrer duras críticas. Até mesmo Pedrinho, como mostrado pelo Meu Timão, já não é mais unanimidade entre os torcedores alvinegros.

Talvez os casos mais explícitos no elenco atualmente, contudo, sejam o do volante Gabriel e do meia-atacante Clayson - curiosamente, eles marcaram um gol cada na goleada sobre o Paraná no primeiro turno. Hoje ambos têm a titularidade em xeque na equipe de Osmar Loss.

Nesse cenário, Gabriel sofre concorrência de Ralf; Clayson, de Mateus Vital, Ángelo Araos e até do veterano Emerson Sheik.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro, Rodriguinho, Clayson, Sidcley e Gabriel.

Veja Mais:

  • Jair conta com Romero para surpreender Cruzeiro fora de casa; time viaja à noite

    Jair preserva titulares, e Corinthians não tem treino tático antes de pegar Cruzeiro

    ver detalhes
  • Livre de incômodo, Douglas deve ser novidade no time titular do Corinthians

    Com retorno de volante, Corinthians relaciona 22 para viagem a Belo Horizonte

    ver detalhes
  • Andrés (à dir.) ao lado do diretor de futebol Duílio Monteiro

    Presidente do Corinthians viaja à Europa em busca de contratações

    ver detalhes
  • Gabriel pode deixar o Corinthians ao fim da atual temporada

    Gabriel volta a ter saída cogitada para o futebol europeu; agente do volante está na Itália

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes