Jair analisa empate na Arena e destaca evolução do Corinthians: 'Sofre menos e cria mais'

Jair analisa empate na Arena e destaca evolução do Corinthians: 'Sofre menos e cria mais'

Por Andrew Sousa e Lucas Faraldo, na Arena Corinthians

3.3 mil visualizações 59 comentários Comunicar erro

Jair gostou da atuação de seus comandados no empate contra o Internacional

Jair gostou da atuação de seus comandados no empate contra o Internacional

Foto: Rodrigo Gazzanel/ Ag. Corinthians

Após bater o Sport na última rodada do Brasileirão, Jair Ventura esperava emplacar sua segunda vitória consecutiva com o Corinthians neste domingo. Com gol irregular do Internacional, no entanto, o Timão deixou o campo apenas com um empate por 1 a 1. Mesmo sem o resultado, o técnico acredita que seu trabalho tem surtido efeito.

"Mais uma vez, assim como contra o Sport, o time não se desesperou (por sair atrás), continuou com seu jogo apoiado, com o controle do jogo, fizemos o gol logo e parecia que a nossa virada aconteceria mais rápido do que contra o Sport. A virada não veio, mas a gente vê uma evolução, uma equipe organizada, que sofre menos e cria mais. Foi um jogo equilibrado, mas as chances mais claras foram nossas", pontuou Jair em coletiva concedida após o apito final em Itaquera.

"Tivemos equilíbrio de não sofrer com a transição do Internacional. A gente conseguiu controlar. Conseguimos ser ofensivos, sem sofrer na parte defensiva. Não saímos triste com o desempenho, apesar do resultado. Mas precisamos conciliar esse desempenho com vitórias", completou.

Leia também:
Douglas diz ainda dever no Corinthians, mas comemora gol e novo posicionamento
Análise: Corinthians reage após gol impedido e consegue empate contra o Internacional
Arena e redes sociais se unem em coro único após empate do Corinthians contra Internacional

Apesar dos elogios ao rendimento tático e técnico de seus comandados, outro fator ganhou foco durante a semana de preparação para o embate contra os gaúchos. Além de descansar os jogadores, Jair usou os dias de treino para trabalhar o lado psicológico, pedindo foco dos jogadores no embate pelo Brasileirão, "deixando de lado" o embate contra o Flamengo pela Copa do Brasil, na quarta-feira.

"Minha maior preocupação para esse jogo era a parte mental, para não entrarem nessa partida pensando na nossa decisão de quarta-feira. Trabalhei muito a parte psicológica. O subconsciente é muito forte. Mesmo assim fomos valentes, não perdemos ninguém por lesão, o que era uma preocupação. Agora é virar a chave", explicou.

Antes da decisão diante dos cariocas, vale lembrar, Jair comanda dois treinos. Na segunda, o grupo se reapresenta no CT Joaquim Grava. No dia seguinte, é a vez de rumar para a Arena, onde cerca de 38 mil corinthianos devem acompanhar o treino aberto do plantel alvinegro.

Veja mais em: Jair Ventura e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Vôlei alvinegro começa sua caminhada na Superliga nesta semana

    Brasileirão, estreia na Superliga e final no feminino: a semana de compromissos do Corinthians

    ver detalhes
  • Atacante já marcou dez gols na atual edição da Serie B e deve chegar ao Timão

    Torcida do Corinthians repercute possível acerto com André Luis para 2019; veja tuítes

    ver detalhes
  • Pedrinho garantiu foco total no Corinthians

    Com cabeça no Corinthians, Pedrinho pede tranquilidade para seu empresário

    ver detalhes
  • Roger marcou o segundo gol corinthiano no duelo deste domingo

    Corinthians vira nos acréscimos, mas ainda leva gol de empate e tropeça no Vitória

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes