Salvo padrão Fifa, Arena Corinthians tem seu maior ganho líquido de renda na final da Copa do Brasil

Salvo padrão Fifa, Arena Corinthians tem seu maior ganho líquido de renda na final da Copa do Brasil

Por Lucas Faraldo e Rodrigo Vessoni

49 mil visualizações 122 comentários Comunicar erro

Torcida do Corinthians lotou Arena para finalíssima da Copa do Brasil

Torcida do Corinthians lotou Arena para finalíssima da Copa do Brasil

Foto: Rodrigo Vessoni/Meu Timão

A Arena Corinthians registrou, na final da Copa do Brasil de 2018, seu maior percentual de ganho líquido de bilheteria em jogos organizados integralmente pelo próprio Corinthians. O levantamento foi feito pela reportagem do Meu Timão após a CBF divulgar o boletim financeiro (borderô) do jogo da última quarta-feira entre Timão e Cruzeiro.

Dos R$ 5.108.151,00 de arrecadação bruta oriunda de bilheteria da finalíssima (maior renda da história do clube), sobrou como renda líquida o montante de R$ 3.942.941,44. Isso significa que 77,19% do que entrou nos cofres do Fundo da Arena por lá seguem após os descontos inerentes às partidas de um clube mandante.

Em quatro anos e meio de funcionamento da Arena Corinthians, tal percentual somente foi superado pelo da inauguração do estádio, na derrota do Timão para o Figueirense pelo Brasileirão de 2014. Na ocasião, contudo, a Fifa arcou com parte dos gastos operacionais, aumentando assim o ganho líquido percentual (78,55%) do Fundo com a bilheteria.

O investimento da Fifa naquele jogo se deu por conta da preocupação com a logística da Arena às vésperas do início da Copa do Mundo de 2014. Os suíços aproveitaram a partida para testar aspectos relacionados à operação do estádio e principalmente segurança.

Perda milionária na final da Copa do Brasil

A fatia milionária (R$ 1.165.209,56) mordida por taxas, impostos e despesas operacionais se divide em dezenas de diferentes destinos. As principais perdas se deram nos 5% destinados à FPF e ao INSS (R$ 255.407,55 para cada um dos dois).

Orientadores (R$ 126.529,96), emissão de ingressos (R$ 107.746,22) e arbitragem (R$ 38.152,89) também se destacam como altas despesas. No caso do gasto com árbitros, cabe destacar que o valor foi quase três vezes maior do que o desembolsado no primeiro jogo mandado pelo Timão na Copa do Brasil, nas oitavas de final, contra o Vitória, quando ainda nem havia a tecnologia do VAR. Há ainda no borderô R$ 308.820,70 discernidos como "despesas diversas", sem maiores detalhes.

Raio X dos maiores ganhos líquidos percentuais da Arena Corinthians

Corinthians 0 x 1 Figueirense - 18/5/2014

Renda bruta: R$ 3.029.801,70
Renda líquida: R$ 2.379.914,22
Percentual da líquida sobre a bruta: 78,55%

Corinthians 1 x 2 Cruzeiro - 17/10/2018

Renda bruta: R$ 5.108.151,00
Renda líquida: R$ 3.942.941,44
Percentual da líquida sobre a bruta: 77,19%

Veja mais em: Arena Corinthians, Copa do Brasil, Ingressos e Torcida do Corinthians.

Veja Mais:

  • Foto postada por Gabriel no último dia 11 de março

    Gabriel não fez tatuagem em homenagem a carrasco de rival; entenda a história

    ver detalhes
  • Thiaguinho deixou a Arena com muita moral após o Majestoso deste sábado

    Torcida faz campanha por chance à surpresa do Majestoso em vaga deixada por Araos; veja tuítes

    ver detalhes
  • Gol marcado por Leandro Damião foi erro mais notável contra o Corinthians neste Brasileirão

    Pontos perdidos por erros contra o Corinthians eliminariam chances de rebaixamento; veja análise

    ver detalhes
  • Corinthians e Cruzeiro se encaram pela primeira vez após final da Copa do Brasil

    Jornada dupla de Brasileirão, decisão no futsal e NBB: os compromissos do Corinthians na semana

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes