Corinthians é superado pelo Palmeiras em Barueri e fica com vice-campeonato no Paulista Sub-20

Corinthians Corinthians 2 x 4 Palmeiras Palmeiras

Paulista Sub-20 2018

Corinthians é superado pelo Palmeiras em Barueri e fica com vice-campeonato no Paulista Sub-20

23 mil visualizações 246 comentários Comunicar erro

Corinthians fez finalíssima contra o Palmeiras na manhã deste domingo

Corinthians fez finalíssima contra o Palmeiras na manhã deste domingo

Divulgação / Corinthians

A manhã de domingo tinha tudo para ser gloriosa para o Corinthians na final do Campeonato Paulista Sub-20, mas o tempo ficou fechado para os juniores alvinegros. Depois de vencer o jogo de ida por 1 a 0, no Parque São Jorge, o Timãozinho foi superado pelo Palmeiras por 4 a 2 e ficou com o vice-campeonato do Estadual. Fabrício Oya - que também marcou na primeira final - e Adson foram responsáveis pelos gols alvinegros na Arena Barueri, em Barueri.

Para o clássico, o técnico Eduardo Barroca escalou o Timãozinho com: Filipe; Igor Marques, João Victor, Ronald e Caetano; Du; Rafinha, Janderson, Fabricio Oya e Fessin; Nathan. O treinador ainda acionou Rafael Bilu, Adson e João Celeri no segundo tempo.

Escalação Sub-20

Meu Timão

Vale destacar que Fessin, Caetano e Rafael Bilu foram "reforços" para o Corinthians na final do Paulista Sub-20. Isto porque o trio esteve integrado ao time profissional nos últimos dias e chegaram a ficar no banco de reservas de Jair Ventura na vitória de 1 a 0 sobre o Vasco, no sábado, pelo Campeonato Brasileiro.

Do outro lado do Dérbi, contando com algumas mudanças em relação ao jogo de ida, o treinador Wesley de Carvalho escalou o Palmeiras com: Anderson; Lucas Esteves, Gabriel Furtado, Iago e Matheus Rocha; Matheus Neris, Gabriel Menino e Patrick de Paula; Luan Cândido, Wesley e Papagaio.

Leia também:
Diretoria do Corinthians sobre Jair Ventura em 2019: 'Não temos intenção nenhuma de mudar'
Do gol à comemoração: Mateus Vital é assunto entre corinthianos nas redes sociais

Se liga no clássico!

Em vantagem, o Corinthians viu o Palmeiras apostar na pressão e na marcação alta nos primeiros minutos da decisão. Matheus Neris arriscou um chute direto da intermediária, aos dois minutos, e a bola passou longe do gol de Filipe. O volante voltou a atacar a área alvinegra momentos mais tarde, e foi a vez de Igor cortar. Mesmo mantendo a posse de bola, o time mandante mostrou dificuldades na criação e o Dérbi seguiu equilibrado - além de muito faltoso.

Após os primeiros 15 minutos, o clássico adotou um tom mais quente. Papagaio recebeu livre de marcação dentro da área e mandou com perigo para o gol. Ronald conseguiu o desvio para fora e, na cobrança de escanteio, o goleiro Filipe fez sua parte espalmando para a linha de fundo. A construção defensiva do Timãozinho continuou segurando o ímpeto dos rivais, que tinha todos os jogadores no campo ofensivo.

A partida seguiu acirrada e Janderson se manteve como principal aposta do Corinthians em velocidade. Porém, a equipe ainda não havia levado perigo ao gol de Anderson. O Palmeiras chegou perto de Filipe mais uma vez, aos 35 minutos, com Wesley. Ele abriu pela direita e chutou direto, buscando a rede. A bola passou perto do canto direito do travessão e foi para fora.

Vendo o bom momento do rival, o Timãozinho tentou esfriar a partida. Fabrício Oya ainda ganhou uma chance de falta, no campo de ataque, e mandou para a área. Papagaio tocou de cabeça e Janderson quase fez um golaço de voleio no Dérbi. A bola passou por cima do gol.

O placar não saiu do 0 a 0 até o final da primeira etapa, e o Corinthians estava a 45 minutos do título paulista. A vantagem, porém, não durou muito no segundo tempo. O Palmeiras abriu o placar com toque de Luan Cândido na área e um cabeceio de Airton - que entrou durante o intervalo -, aos três minutos. 1 a 0 para os rivais, e a decisão seguia para os pênaltis.

Aos 16 minutos, o tempo fechou para o Timãozinho. Igor errou no corte de avanço de Ayrton para a área e acaba cometendo falta. Pênalti para o Palmeiras e Papagaio foi para a batida. O palmeirense tirou o goleiro Filipe da cobrança e mandou com tranquilidade no fundo do gol. A vitória parcial de 2 a 0 dava o título para os rivais alvinegros, e era a vez dos corinthianos correrem atrás no clássico.

No entanto, quem se aproximou do gol foi Palmeiras. Gabriel Menino tentou um chute para o gol no meio-campo e pegou Filipe adiantado. O goleiro correu e conseguiu segurar a chance rival nas mãos. A bola na rede não demorou a vir. Lucas Esteves carregou, aos 31 minutos, e marcou o terceiro tento palmeirense no clássico.

Para uma possível disputa nos pênaltis, o Corinthians precisava marcar duas vezes no Dérbi. Fabrício Oya teve a chance de marcar o primeiro do time alvinegro aos 35 minutos, em falta cobrada a um passo da área. O camisa 10 bateu direto para o gol e a bola ainda bateu na zaga rival antes de entrar no gol. 3 a 1.

O gol de Oya despertou o ataque do Timãozinho, mas a reação não foi o suficiente para levar a decisão nas penalidades. O placar acabou sendo ampliado pelo time rival, já nos últimos minutos do segundo tempo. Marcus Meloni recebeu sozinho na área, ajeitou e deixou o seu no clássico. 4 a 1 para o Palmeiras.

Os juniores do Corinthians não deixaram de procurar o gol. Adson encontrou espaço de cabeça nos acréscimos e deixou viva na decisão, com o placar de 4 a 2. Contudo, o apito final concretizou a vitória do Palmeiras e os corinthianos deixaram o campo vice-campeões do Paulista Sub-20

Ficha técnica de Palmeiras 4 x 2 Corinthians

Competição: Campeonato Paulista Sub-20
Local: Arena Barueri, Barueri, SP
Data: 18 de Novembro de 2018 (domingo)
Horário: 10h00 (de Brasília)
Árbitro: Thiago Luis Scarascati
Assistentes: Guilherme Holanda Moura Lima e Renan Franklin Rio Grejo
Gols: Lucas Esteves, Papagaio, Airton e Marcus Meloni (Palmeiras); Fabricio Oya, Adson (Corinthians)
Cartões amarelos: Matheus Neris, Gabriel Menino, Papagaio e Marcus Meloni (Palmeiras); Igor Marques, Rafinha e Rafael Bilu (Corinthians)

PALMEIRAS: Anderson; Lucas Esteves (Marcus Meloni), Gabriel Furtado, Iago e Matheus Rocha; Matheus Neris (Patrick de Lucca), Gabriel Menino (Guilherme Vieira) e Patrick de Paula (Airton); Luan Cândido, Wesley (Mateus Barbosa) e Papagaio (Anibal).
Técnico: Wesley de Carvalho

CORINTHIANS: Filipe; Igor Marques, João Victor, Ronald e Caetano; Du; Rafinha (Rafael Bilu), Janderson (João Celeri), Fabricio Oya e Fessin (Adson); Nathan Palafoz.
Técnico: Eduardo Barroca

Veja mais em: Corinthians Sub-20 e Base do Corinthians.

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes