Corinthians recusou contratações e contas no azul por Pedrinho antes de procura do Real Madrid

Corinthians recusou contratações e contas no azul por Pedrinho antes de procura do Real Madrid

Por Lucas Faraldo e Vinícius Souza

63 mil visualizações 307 comentários Comunicar erro

Pedrinho recebeu oferta informal de 25 milhões de euros em julho

Pedrinho recebeu oferta informal de 25 milhões de euros em julho

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Principal revelação do Corinthians nos últimos anos e alvo atual do Real Madrid, Pedrinho recebeu sondagem de 25 milhões de euros em julho, cerca de R$ 110 milhões na cotação da época. As cifras, embora não tenham se transformado em proposta oficial, dão margem ao clube sonhar com dias melhores em relação às finanças – prestes a ser divulgado, o balanço do período de janeiro a setembro de 2018 deve trazer déficit superior a R$ 26 milhões.

Em entrevista ao Meu Timão, o diretor financeiro do Corinthians, Matias Romano Ávila, deu detalhes acerca das primeiras conversas por Pedrinho com o tal clube interessado, cujo nome não foi revelado. Sabe-se apenas se tratar de um time da Europa.

Cinco equipes sondaram Pedrinho na atual temporada: uma chinesa, em janeiro, conforme revelou o Meu Timão; Ajax, da Holanda; Paris Saint-Germain, da França; Borussia Dortmund, da Alemanha; e mais recentemente, com participação direta de Andrés Sanchez, Real Madrid, da Espanha.

O Timão, de acordo com Matias, ganharia dinheiro suficiente para dar fim ao déficit de pelo menos 12 meses e ainda fechar a contratação de até três reforços de peso para 2019.

“Imagina se tivesse vendido (o Pedrinho) e o Corinthians está onde está hoje (próximo da zona de rebaixamento). 25 milhões de euros compram três, dois jogadores bons, e ainda resolve o problema do nosso déficit por um ano. Isso com um jogador. Mas precisamos jogar”, pontuou Romano Ávila, que recebeu a reportagem em seu escritório ao lado do gerente financeiro Roberto Gavioli.

O Corinthians detém 70% dos direitos econômicos do meia-atacante. O contrato expira em dezembro de 2020, com cláusula rescisória de 50 milhões de euros – montante exigido por Andrés Sanchez diante da sondagem de 25 milhões de euros. Na ocasião, Matias teria sugerido um meio-termo de 35 milhões de euros com liberação do atleta a partir de julho de 2019.

Caso Pedrinho fosse negociado por qualquer dos valores mencionados por Matias, o Corinthians selaria sua maior venda da história. A transferência superaria os 20 milhões de euros (R$ 59 milhões à época) firmados junto ao Tottenham, da Inglaterra, em 2013, pela transferência do volante Paulinho.

A reportagem também procurou o departamento de futebol corinthiano a fim de confirmar as quantias citadas por Matias Romano. Via assessoria de imprensa, o presidente Andrés Sanchez limitou-se a dizer que as conversas a respeito de uma possível saída de Pedrinho não passaram de sondagem. Já o empresário do jogador, Will Dantas, disse não poder entrar em detalhes devido a uma cláusula de confiabilidade com os dirigentes europeus.

“Proposta oficial o Corinthians não recebeu até agora nenhuma. Apenas teve uma sondagem. Proposta na mesa, não existiu”, respondeu Sanchez.

Titular sob o comando do técnico Jair Ventura, Pedrinho soma 74 partidas e cinco gols desde que foi alçado ao elenco profissional do Corinthians, em janeiro de 2017. Já são três títulos conquistados de lá para cá: Brasileirão (2017) e o bicampeonato paulista (2017-18).

Em tempo: você confere outros trechos da entrevista exclusiva do diretor financeiro ao Meu Timão nos próximos dias. Fique ligado!

Veja mais em: Pedrinho, Andrés Sanchez, Mercado da bola e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Resta apenas o acerto dos jogadores com seus novos clubes para selar o negócio

    Corinthians e Atlético-MG se acertam por troca de atacantes; jogadores aceitam conversar

    ver detalhes
  • Uendel pode acertar retorno para o Corinthians em breve

    Empresário confirma que Corinthians deve acertar retorno de Uendel em janeiro

    ver detalhes
  • Ramiro assinou com o Corinthians nesta quinta-feira e é o quinto reforço para 2019

    Novo reforço do Corinthians, Ramiro se aproxima de Jadson e Luan em estatísticas do Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians jogou boa parte da temporada sem estampa no espaço principal do uniforme

    Otimismo do Corinthians com patrocínio contrasta com fracasso inédito desde era Kalunga

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes