Retrospectiva 2018: Corinthians somou títulos no feminino e futsal, vices na base e basquete no NBB

Retrospectiva 2018: Corinthians somou títulos no feminino e futsal, vices na base e basquete no NBB

11 mil visualizações 43 comentários Comunicar erro

O ano de 2018 está acabando e, como muitos sabem, o Corinthians vai além das fronteiras da equipe de futebol profissional masculino. O clube demonstrou desempenhos impressionantes em outras modalidades, com direito a troféus, pódios e muita festa da Fiel.

A equipe feminina do Corinthians e o futsal somaram conquistas inéditas em suas próprias competições. As crias da base foram gigantes nas classificações às semifinais do Campeonato Paulista - ainda que tenha sido um 2018 sem títulos. No basquete, o ano foi marcado pela estreia na elite do esporte nacional, enquanto o vôlei se reconstruía e a natação acumulava medalhas.

Neste cenário, o Meu Timão resolveu relembrar todos os altos (e baixos) do Corinthians fora do futebol profissional na temporada de 2018. Confira abaixo!

Leia também:
Retrospectiva 2018: números dos treinadores que passaram pelo Corinthians no ano
Retrospectiva 2018: os nomes que agitaram o Corinthians no mercado da bola

Feminino

Corinthians goleou o Rio Preto por 4 a 0 na final do Brasileiro Feminino

Corinthians goleou o Rio Preto por 4 a 0 na final do Brasileiro Feminino

Bruno Teixeira/Agência Corinthians

Se tem uma palavra que possa resumir 2018 para a equipe feminina do Corinthians é histórico. A temporada foi a primeira do time com uma gestão própria, após outros dois com parceria, e o elenco acumulou recordes.

O elenco campeão da Libertadores de 2017 foi mantido em sua maioria - ainda que tenha sido mais enxuto em relação ao último ano. O técnico Arthur manteve um eficaz rodízio em sua equipe e, dessa forma, chegou até as fases decisivas do Campeonato Paulista e do Brasileiro sem nenhuma derrota.

As meninas do Corinthians se tornaram o time com a maior invencibilidade da história do futebol adulto do clube, com 42 jogos sem nenhum revés. A sequência chegou ao fim na semifinal do Campeonato Brasileiro, com uma derrota de 2 a 1 para o Flamengo.

O resultado amargo acabou seguido por outro ainda mais dolorido, na final do Paulista, diante do Santos. O Timão acabou com o vice-campeonato após um empate de 2 a 2, no Parque São Jorge. A situação se mostrou um teste para equipe, já acostumada apenas a vencer.

A força alvinegra ganhou novos traços na reta final do Campeonato Brasileiro, quando o Corinthians abriu 2 a 0 sobre as cariocas do Flamengo na volta da semifinal. Quando tudo parecia tranquilo, as visitantes deixaram tudo igual, obrigando o Timão a conseguir ao menos um gol para levar o jogo aos pênaltis. Mas a história não parou por ai.

Aos 42 e 44 do segundo tempo, Diany e Millene colocaram o Timão diretamente na decisão, que teria do outro lado o também tradicional time do Rio Preto.

Depois de tanta emoção, o título inédito no Brasileirão foi selado com uma goleada de 4 a 0 na final, em pleno Parque São Jorge. No primeiro jogo da decisão, as corinthianas já haviam vencido o Rio Preto por 1 a 0.

Para o time feminino do Corinthians, 2018 chegou ao fim com uma campanha de 33 vitórias, sete empates e apenas duas derrotas nos 42 jogos disputados. Foram 114 gols marcados e apenas 28 sofridos. É mole?!

Futsal

Corinthians levou título inédito na Copa do Brasil Futsal

Corinthians levou título inédito na Copa do Brasil Futsal

Rodrigo Coca / Agência Corinthians

A vitoriosa temporada do futsal do Corinthians começou em outubro, com a conquista inédita e invicta da Copa do Brasil da modalidade. Mesmo dividindo atenções com outras competições, o elenco de André Bié se mostrou forte e conquistou 100% de aproveitamento no torneio nacional - oito vitórias em oito partidas.

A final foi contra o Jec/Krona, tradicional time de Joinville, e teve início com uma vitória alvinegra de 4 a 1. Com o resultado, bastava um empate para o Corinthians levar a taça. Porém, a equipe fez mais: venceu o rival por 3 a 0, em pleno Ginásio Wlamir Marques, no Parque São Jorge.

A expectativa de se manter em alta e tentar um bicampeonato na Liga Nacional seguiu viva após a Copa do Brasil. Mas acabou perdendo força nas quartas de final. O Timão foi derrotada pelo Pato Futsal por 4 a 2 e deixou a competição antes das semifinais.

Ainda assim, não houve desânimo. Os comandados de André Bié seguiram fortes na Liga Paulista e chegaram à final donos da melhor campanha da competição. Com este status e uma vitória de 7 a 3 no jogo de ida, o Corinthians chegou na finalíssima contra o Sorocaba precisando apenas de um empate para levar o título.

A conquista veio apenas na prorrogação, após uma derrota alvinegra de 5 a 3 no tempo normal. Em meio a despedida de Falcão, lenda do esporte, o Corinthians somou oportunidades perdidas no tempo extra e manteve o 0 a 0 necessário até o apito final. Então, finalmente, a Fiel pôde comemorar o segundo título do Timão na temporada.

Base

Pela primeira vez desde 2013, todas as categorias atingiram as semifinais do Paulista

Pela primeira vez desde 2013, todas as categorias atingiram as semifinais do Paulista

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Nas categorias de base do Corinthians, 2018 foi de resultados expressivos. Todas as equipes juniores chegaram às semifinais do Campeonato Paulista pela primeira vez desde 2013. Foram elas: Sub-11, Sub-13, Sub-15, Sub-17 e Sub-20.

O Estadual, contudo, não foi dos melhores para os mais novos. A equipe Sub-11 foi derrotada pelo Palmeiras por 3 a 0 no jogo de volta das semifinais, depois de um 2 a 2 na ida, e acabou eliminado. O mesmo aconteceu com o Sub-15, despachado pelo São Paulo por 1 a 0, após um empate de 1 a 1.

Já o Sub-17, que ficou no 0 a 0 no primeiro jogo da semifinal, foi derrotado pelo São Paulo por 3 a 0 e deu adeus ao título. O único a avançar para a final do Paulistão de sua categoria foi o Sub-20 do Timão, que venceu um Majestoso por 3 a 1.

Na final, um Corinthians e Palmeiras para selar o Paulistão Sub-20. E a garotada do Parque São Jorge bateu na trave. Os comandados de Eduardo Barroca até venceram o jogo de ida por 1 a 0, mas foram derrotados pelos arquirrivais na finalíssima por 4 a 2 e ficaram com o vice-campeonato.

Além do Paulistão, o Timãozinho também acumulou um vice na Copa do Brasil Sub-20, ao ser derrotado por 4 a 0 pelo São Paulo no jogo de volta da final. Na ida, a vitória foi alvinegra por 2 a 1. Vale destacar que foi o último jogo do time sendo comandado pelo técnico Dyego Coelho.

Mesmo com os "quase", a equipe Sub-20 alvinegra manteve a tradição que, desde 2014, sempre chega a pelo menos uma final de competição nacional.

Basquete

Corinthians chegou ao Novo Basquete Brasil 2018/19 com título da Liga Ouro

Corinthians chegou ao Novo Basquete Brasil 2018/19 com título da Liga Ouro

João Pires/LNB

Depois da reativação no ano passado, o basquete do Corinthians teve uma temporada de título em 2018. A equipe de Bruno Savigani conquistou a taça da Liga Ouro e, de quebra, o acesso ao Novo Basquete Brasil (NBB). O acesso veio em uma emocionante final contra o São José, que tinha a segunda melhor campanha e buscava o retorno a principal competição do esporte no país.

Na primeira partida da final, em pleno ginásio Wlamir Marques, o Corinthians foi superado pelo São José por 72 a 75. Já no segundo jogo, novamente em casa, o Timão superou o time interiorano por um ponto de diferença, 67 a 66, tirando fôlego da Fiel.

Fora de casa, o Timão seguiu no caminho ao título no jogo considerado o divisor de águas. Em uma partida com quatro prorrogações, o Corinthians superou o São José por 115 a 122. Na partida que fechou a série final por 3 a 1, o Timão, superou o adversário fora de casa por 63 a 74 e sagrou-se campeão da Liga Ouro 2018.

Após o título, a equipe alvinegra confirmou a participação no Campeonato Paulista 2018 e no NBB 2018/19. O Timão ainda contratou reforços para o elenco, trazendo nomes importantes, como o ala Guilherme Giovannoni, o armador Ricardo Fischer e o ala-amador, então atual campeão, Kyle Fuller.

No Campeonato Paulista, a história não foi tão vitoriosa. O time corinthiano, ainda em formação, acabou eliminado na primeira fase da competição e terminando o campeonato na sétima colocação. Foram oito vitórias e dez derrotas.

A temporada chegou ao fim com um Corinthians na nona colocação do Novo Basquete Brasil, dentro da zona de classificação para os playoffs, com 18 pontos em 13 jogos. A competição ainda conta com mais 13 jogos na primeira fase.

Vôlei

Vôlei do Timão teve um ano complicado na Superliga

Vôlei do Timão teve um ano complicado na Superliga

Divulgação/Corinthians

Em maio de 2018, a equipe de vôlei do Corinthians completou seu primeiro aniversário. O grupo saiu do papel oficialmente em 2017 e iniciou a nova temporada reformulado. Mantendo Serginho como líbero e coordenador técnico, o elenco passou a ser comandado pelo técnico Gersinho, ex-Sesi e Cruzeiro.

Foram oito jogadores contratados e outros sete remanescentes da temporada de estreia. Na apresentação, a expectativa foi traçada: chegar à decisão do Campeonato Paulista de vôlei e a uma eventual semifinal de Superliga.

Bom, não foi o que aconteceu.

Então vice-campeão, o Corinthians caiu no Paulista de Vôlei na semifinal. A equipe de Gersinho precisava de apenas uma vitória para avançar, mas foi derrotada pelo Sesi-SP por 3 sets a 0 (com parciais de e 25/21, 25/20 e 25/18).

Com o adeus a competição estadual, o foco se tornou a Superliga de Vôlei Masculino 2018/19. Mas a primeira vitória na principal competição do esporte demorou a vir. O Timão só foi vitorioso em quatro partidas até aqui - sendo a primeira só na sexta rodada, contra o Maringá - e foi derrotado em outras sete ocasiões.

A equipe encerrou o ano com uma vitória no tie-break por 16 a 14 sobre o São Judas, após um empate de 2 sets a 2 no tempo normal.

Natação

Time de natação do Corinthians levantou o quarto título Brasileiro no Parque São Jorge

Time de natação do Corinthians levantou o quarto título Brasileiro no Parque São Jorge

Divulgação / Corinthians

A equipe de natação do Corinthians teve uma temporada de ouro em 2018. Os nadadores alvinegros foram tricampeões no Brasileiro Júnior de Inverno - chamado oficialmente de Troféu Tancredo Neves. Foram 46 atletas participando do torneio, 15 medalhas de ouro, 21 pratas e outros 15 bronzes.

Mais tarde, já no final da temporada, os juniores da natação alvinegra conquistaram seu quarto título no Brasileiro da categoria. A delegação levantou o Troféu Julio de Lamare com 2.634 pontos somados na competição. Ao todo, foram 38 medalhas conquistadas, sendo 11 de ouro. Os juniores do Corinthians quebraram cinco recordes, com dois na modalidade feminina.

Os atletas do Corinthians ainda fecharam o ano com um grande desempenho no Open de Natação deste ano, com direito a três medalhas logo no dia de abertura e outros seis pódios no segundo dia de provas. O grupo encerrou sua participação com o terceiro lugar no ranking geral, com 488 pontos.

Veja mais em: Corinthians feminino, Futsal do Corinthians, Basquete, Natação, Base do Corinthians e Especiais do Meu Timão.

Veja Mais:

  • Arena Corinthians é a casa do Timão desde maio de 2014

    Fundo da Arena Corinthians abate R$ 260 milhões de dívida com Odebrecht

    ver detalhes
  • Gustavo comemora o gol contra o Racing, em confronto pela primeira fase da Copa Sul-Americana de 2019

    Gustagol tem o maior número de finalizações de cabeça do Brasil e média impressionante de gols

    ver detalhes
  • VÍDEO: Estagiário responde: Por que o meio-campo não funciona?

    ver detalhes
  • Carille comandou treino no CT Joaquim Grava nesta sexta-feira; preparação segue no sábado

    Corinthians inicia preparação para Majestoso em única atividade aberta à imprensa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes