Copinha 2019: Em sua despedida, Oya define Copinha para o corinthiano: 'Como se fosse Copa do Mundo'

Copinha 2019: Em sua despedida, Oya define Copinha para o corinthiano: 'Como se fosse Copa do Mundo'

Por Meu Timão

17 mil visualizações 87 comentários Comunicar erro

Fabrício Oya vai para sua quarta e última Copa São Paulo de Futebol Júnior

Fabrício Oya vai para sua quarta e última Copa São Paulo de Futebol Júnior

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O Corinthians está em fase final de preparação para Copa São Paulo de Futebol Júnior-2019. E há no atual elenco Sub-20 alvinegro quem já possa falar sobre o torneio em tom de despedida. Trata-se de Fabrício Oya, que disputará sua quarta e última edição do torneio.

Leia também:
Corinthians acerta com clube carioca compra de 50% dos direitos de artilheiro do Sub-20
Com gol de voleio, Corinthians vence último jogo-treino antes de estreia na Copinha-2019
Barroca elogia Carille, aguarda primeira conversa e prevê 'sinergia' entre Sub-20 e profissional

Em entrevista concedida ao portal Gazeta Esportiva, o meia de 19 anos de idade mostrou-se otimista com a possibilidade de o Corinthians conquistar sua 11ª taça na Copinha. O Timão já é o maior vencedor, tendo alcançado a primeira dezena de troféus com o título de 2017.

"Confiante, como sempre, porque Copa São Paulo para o Corinthians é como se fosse Copa do Mundo. Já temos dez (títulos), vamos em busca da 11ª. Estou muito confiante na equipe, todos estão, e tenho certeza que vamos dar muita alegria para a torcida", disse.

Além do título de dois anos atrás, Oya foi vice-campeão em 2016 e foi um dos principais nomes da equipe que ficou pelo caminho na mais recente edição do torneio. Experiente em Copinhas portanto, o meia corinthiano alertou para o constante aprendizado na base.

"Eu acho que, você sendo campeão, sabe os atalhos, mas não estou dizendo que sei de tudo, longe disso, estou aqui para aprender. O professor Barroca é um cara vencedor, não à toa ele está aqui, no melhor time do Brasil. Eu aprendo todo dia, como eles também aprendem. Tenho a experiência de ter ganhado um campeonato, mas todo ano o campeonato é diferente", comentou, citando o atual treinador alvinegro, Eduardo Barroca.

Naturalmente para uma promessa que há anos vem chamando atenção no Parque São Jorge (inclusive pela multa contratual de R$ 180 milhões), Oya mira a promoção ao elenco profissional do Corinthians num futuro próximo - tem dezembro de 2019 como sua data de validade na equipe Sub-20. Mas sabe que um passo tem de ser dado de cada vez...

"É uma transição. Estava batendo lá (no profissional) e voltando (para a base). E não há nenhum demérito nisso, tenho ainda 19 anos, estou no meu tempo. Estou trabalhando e, quando o professor Carille achar que está na hora, vou subir e atendar às expectativas."

Em tempo: recém-contratado para comandar novamente o Corinthians, Fábio Carille já sinalizou que acompanhará de perto o desempenho dos jovens alvinegros na Copinha. Em entrevista recente ao Meu Timão, Barroca descreveu com detalhes o meia Fessin e o atacante Rafael Bilu, nomes mais propensos a serem efetivados já em 2019 no profissional.

O Corinthians Sub-20 estreia na Copa São Paulo de Futebol Júnior no próximo dia 2, quarta-feira que vem, contra o Ricanato, do Tocantins, no estádio Novelli Júnior, em Itu.

Veja mais em: Fabricio Oya, Base do Corinthians, Corinthians Sub-20 e Copinha.

Veja Mais:

  • Carille comandou última atividade do Corinthians antes da segunda fase da Copa do Brasil

    Carille dribla imprensa antes de jogo contra Avenida; veja provável escalação do Corinthians

    ver detalhes
  • Fábio Carille confirmou relação dos atletas que vão à Arena nesta quarta; bola rola às 21h30

    Com Díaz, Carille relaciona 23 corinthianos para segunda fase da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Gustavo deve ganhar aumento e novo contrato, com término em 2022

    Corinthians encaminha renovação de contrato com Gustagol

    ver detalhes
  • Sornoza é o dono da camisa 7 do Timão; sem Jadson, deve engatar sequência como titular

    Sornoza não se vê '100% adaptado', mas celebra início e revela ansiedade pelo primeiro gol

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes