Fagner relembra ano de conquistas individuais e aprendizados no Corinthians em 2018

Fagner relembra ano de conquistas individuais e aprendizados no Corinthians em 2018

Por Meu Timão

8.5 mil visualizações 35 comentários Comunicar erro

Fagner teve uma temporada de 'volta por cima' em 2018

Fagner teve uma temporada de 'volta por cima' em 2018

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O início de 2018 para Fagner foi complicado. O lateral-direito do Corinthians acumulou um pênalti na final do Campeonato Paulista contra o Palmeiras, e ainda sofreu uma lesão semanas a poucos dias de uma convocação para Copa do Mundo. Mas se engana quem imagina que o camisa 23 só colecionou "desastres" no ano.

Recuperado dos obstáculos que vivenciou, o próprio lateral apontou uma temporada positiva individualmente. "Foi um ano especial. Para o Fagner atleta, acho que foi um ano de conquistas profissionais, com um título paulista que ficará guardado na memória do torcedor e na minha. O ano de realizar o sonho de toda criança que gosta e quer ser jogador de futebol, representar o Brasil numa Copa do Mundo. Isso é uma coisa que vai ficar guardada na minha memória, na da minha família, na dos meus filhos pra sempre", relembrou Fagner em entrevista ao GloboEsporte.com.

A conquista do Paulista selou o quarto título de Fagner no Corinthians, que ainda teve a chance de defender o Brasil na Copa do Mundo da Rússia em 2018. Na competição, inclusive, ganhou status de titular em quatro jogos - após lesão de Danilo - e acabou vice-líder em desarmes no torneio. Ao todo, foram 14 recuperações de bola.

Leia também:
Retrospectiva 2018: os fatos que marcaram a campanha do Corinthians no Brasileirão
Técnico do América-MEX esfria interesse em Boselli, prioridade do Corinthians para 2019

Porém, em relação ao Corinthians, nem o título estadual sobre o rival apagou uma reta final de temporada abaixo. A equipe passou nas mãos de três técnicos em 2018 - Fábio Carille, Osmar Loss e Jair Ventura -, e fez um segundo semestre de "rebaixado" no Campeonato Brasileiro. Foram apenas 44 pontos somados na competição, se enquadrando na 13ª posição, a última na zona de classificação para a Sul-Americana. O índice repetiu a pior campanha do time no Nacional de pontos corridos.

"Um segundo semestre no qual a gente sofreu um pouquinho, mas um semestre de aprendizado por tudo aquilo que nós vivenciamos dentro do clube. Muito se diz que o ano do Corinthians foi ruim, mas temos consciência de que fomos muito abaixo em uma das quatro competições que disputamos, que foi o Campeonato Brasileiro", disse o lateral-direito.

"Mas aí você tem um título (paulista) na casa do maior rival, você tem uma eliminação na Libertadores jogando bem (com vitória por 2 a 1 sobre o Colo-Colo). Acho que isso tem que ser ressaltado. Não foi uma eliminação com a equipe jogando muito mal, a gente poderia ter saído com o resultado melhor e ter avançado, ser um pouco diferente do que foi. Mas como eu falei, foi um ano de muito aprendizado por tudo que aconteceu. E a esperança é que 2019 seja muito melhor do que 2018", ponderou.

De fato, as expectativas do Corinthians para o próximo ano passam longe do futebol apresentado em 2018. O otimismo do clube alvinegro está atrelado majoritariamente ao retorno de Fábio Carille, após sua curta passagem pelo Al-Wehda, da Arábia Saudita. O técnico comandou a campanha heptacampeã brasileira do Timão em 2017 e o bicampeonato paulista, em 2017 e 2018.

"É um cara (Carille) com quem tive o prazer de trabalhar desde que voltei para o Corinthians, em 2014, conheço bem, sei da pessoa que ele é, o método de trabalho... É um cara vencedor, já demonstrou isso, e tenho certeza de que por onde ele passar vai conseguir títulos. E espero que dê tudo certo de novo", finalizou Fagner.

Veja mais em: Fagner.

Veja Mais:

  • Jogador fez duas temporadas pelo time baiano antes de ir para a Arábia

    Corinthians acerta contratação de meia que trabalhou com Carille na Arábia

    ver detalhes
  • Jogadores que não atuaram diante do Avenida-RS treinaram no CT Joaquim Grava

    Corinthians se reapresenta no CT; Carille esboça time reserva para encarar o Botafogo-SP

    ver detalhes
  • Cássio falou com a reportagem do Meu Timão na tarde desta quinta no CT

    Ao Meu Timão, Cássio analisa primeiro gol do Avenida-RS; goleiro enaltece reação da equipe

    ver detalhes
  • Rosenberg foi duramente questionado por conselheiros do clube

    Conselheiros do Corinthians enviam carta para Andrés com críticas a Rosenberg; leia na íntegra

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes