Corinthians vai atrás do zagueiro Gil, mas negociações são consideradas complicadas

Corinthians vai atrás do zagueiro Gil, mas negociações são consideradas complicadas

Por Rodrigo Vessoni

67 mil visualizações 508 comentários Comunicar erro

Campeão brasileiro em 2015, Gil foi procurado pelo Corinthians para temporada de 2019

Campeão brasileiro em 2015, Gil foi procurado pelo Corinthians para temporada de 2019

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Com a dificuldade de trazer Leandro Castan devido à intransigência vascaína, a diretoria do Corinthians foi em busca de outro velho conhecido da torcida para tentar reforçar o sistema defensivo. Trata-se do zagueiro Gil.

A reportagem do Meu Timão apurou que as conversas começaram há algumas semanas, mas duas negociações estão sendo obstáculos complicados para a diretoria. Ambas têm a ver com dinheiro.

A primeira é o salário do zagueiro que, como tradicionalmente acontece com os brasileiros que atuam na China, é desproporcional à média do futebol nacional, mesmo nos grandes clubes.

Leia também:
Gustagol recebe oferta do Erzurumspor e gosta dos números; Corinthians reticente
Corinthians volta a emprestar Bruno Xavier e segue com opção de compra até fim do Paulistão

Uma pessoa próxima ao presidente Andrés Sanchez chegou a dizer à reportagem do Meu Timão que Gil precisaria abrir mão de 2/3 do atual salário para se enquadrar ao que pretende pagar a diretoria alvinegra.

A segunda negociação complicada nos bastidores é com o próprio Shandong Luneng, que tem vínculo com o jogador até 31 de dezembro de 2019. O clube chinês teria de abrir mão do último dos quatro anos de acordo com o zagueiro ou aceitar um valor de rescisão bem mais modesto da época de sua aquisição pelo próprio Corinthians.

Em janeiro de 2016, então comandado pelo técnico Mano Menezes, o Shandong Luneng pagou € 9 milhões (mais de R$ 35 milhões à época) para tirar Gil do Corinthians, que embolsou 90% desse valor. A transferência do zagueiro é uma das maiores da história alvinegra.

Veja mais em: Ex-jogadores do Corinthians e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Corinthians tem sete marcas estampadas no uniforme em 2019

    Uniforme do Corinthians já vale quase R$ 80 milhões; saiba os valores das sete marcas

    ver detalhes
  • Gabriel ainda não tinha treinado com bola em 2019

    Com duas novidades em campo, Corinthians se reapresenta após estreia do Paulistão

    ver detalhes
  • Timãozinho segue treinando forte para encarar o Vasco, pela semifinal da Copinha

    Semifinal da Copinha e dois confrontos pelo Paulistão: a agenda do Corinthians na semana

    ver detalhes
  • Duilio Monteiro Alves, diretor de futebol, falou em nome da diretoria na Arena Corinthians

    Luan, Love, Arana, Romero e Ramires: diretor do Corinthians atualiza negociações

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes