Corinthians limpa camisa na apresentação dos reforços; clube explica decisão ao Meu Timão

Corinthians limpa camisa na apresentação dos reforços; clube explica decisão ao Meu Timão

31 mil visualizações 91 comentários Comunicar erro

Richard foi apresentado com a camisa limpa, sem os acordos em vigor

Richard foi apresentado com a camisa limpa, sem os acordos em vigor

Rodrigo Vessoni

O volante Richard foi apresentado na última sexta-feira pelo Corinthians com a camisa branca, limpinha, sem nenhum patrocínio. Na manhã desta segunda-feira, o mesmo vai ocorrer com o atacante Boselli no CT Joaquim Grava.

A situação é inusitada e chama atenção, já que duas empresas parceiras seguem com seus acordos em vigor. Trata-se da Universidade Brasil e da Konami (PES 2019) que, respectivamente, estampam suas marcas no ombro e na barra frontal da camisa oficial.

Leia também:
Espanha, França, Argentina... Chegada de Boselli ganha capa de jornais internacionais
Corinthians vende ingressos a partir de R$ 16 para amistoso contra o Santos na Arena
Corinthians é o maior clube sul-americano nas redes sociais, mostra estudo alemão

A reportagem do Meu Timão, então, foi em busca de uma resposta. De acordo com a assessoria de imprensa do Corinthians, o clube tomou tal decisão em comum acordo com as duas empresas, com a intenção de incrementar a exposição dos uniformes em todas as lojas oficiais.

"Decidimos usar as camisas lisas (com os novos atletas) para utilizar as fotos de apresentação nas vendas das lojas oficiais. O produto é vendido sem patrocínio nas lojas. Os parceiros foram avisados que tudo se normalizaria antes do início dos jogos.", diz o comunicado do Corinthians enviado ao site.

Diante do teor do comunicado é possível imaginar, então, que as camisas limpas seguirão nas apresentações de Boselli, Ramiro, André Luis e Sornoza (quando assinar). E, no amistoso diante do Santos, dia 13, na Arena Corinthians, tanto a Universidade Brasil, no ombro, quanto a Konami, com seu PES 2019 na barra frontal, estarão de volta.

Em tempo: o Corinthians segue com a negociação da renovação de contrato com a Positivo, fabricante de equipamentos eletrônicos que estampava as costas da camisa alvinegra. Os acordos, porém, com Agibank, Ultra Energéticos e FoxLux não devem ser renovados. Outros três seguem firmes fora do uniforme (veja tudo abaixo).

Status atual dos patrocínios do Corinthians:

Contratos em vigor

Pro Evolution Soccer (PES 2019) - marca de videogame seguirá na barra frontal da camisa até julho de 2019.

Universidade Brasil - seguirá no ombro da camisa até julho de 2020. É parceira há três anos.

Contratos em renovação

Positivo - fabricante de equipamentos eletrônicos estampava as costas da camisa e ainda pode permanecer em 2019.

Contratos encerrados

Agibank - ocupava a parte principal das mangas. Contrato não foi renovado.

Ultra Energéticos - sua marca não ocupa mais o calção. Poty entrará no lugar (veja abaixo).

Foxlux - não renovou o contrato e deve deixar de estampar a barra traseira da camisa.

Contratos em vigor fora da camisa oficial de jogo

Poty - empresa de bebidas ocupará a barra do calção até 31 de dezembro 2020.

Estrella Galicia - estampa sua marca no ombro da camisa de treino. Acordo termina em dezembro de 2021.

Minds Idiomas - ex-patrocinadora da parte inferior da manga, a rede de escola de idiomas estampará sua marca no futebol feminino e na Arena.

Orthopride - rede de franquias de odontologia não fará exposição no uniforme, e sim, outras ativações de marketing. Acordo termina em dezembro de 2019.

Veja mais em: Ações de marketing, Richard e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians estreia no Brasileirão de 2019 contra o Bahia

    CBF divulga tabela, e Corinthians já sabe contra quem estreia no Brasileirão-2019

    ver detalhes
  • Léo Santos está perdendo espaço no elenco do Corinthians

    Corinthians pode emprestar Léo Santos ao Fluminense; clubes discutem pagamento de salário

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez falou sobre dívida do Corinthians para pagar o estádio

    Andrés Sanchez atualiza dívida da Arena Corinthians com BNDES e cita 'atrasos de R$ 200 milhões'

    ver detalhes
  • Rosenberg é diretor de marketing do Corinthians desde fevereiro de 2018

    Rosenberg tenta explicar comentário sobre mulher com HIV; Corinthians divulga nota oficial

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes