Poder do veto: Corinthians precisa dar aval para Cruzeiro contratar Rodriguinho

Poder do veto: Corinthians precisa dar aval para Cruzeiro contratar Rodriguinho

Por Vinícius Souza e Rodrigo Vessoni

51 mil visualizações 385 comentários Comunicar erro

Rodriguinho está na mira do Cruzeiro; Timão possui preferência em caso de retorno ao Brasil

Rodriguinho está na mira do Cruzeiro; Timão possui preferência em caso de retorno ao Brasil

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Negociado pelo Corinthians em julho do ano passado, Rodriguinho pode voltar ao futebol brasileiro neste início de 2019. O Cruzeiro possui conversas avançadas com o estafe do meio-campista de 30 anos de idade, mas, para firmar a contratação, tem de obter anuência do Timão.

Ao vender Rodriguinho ao Pyramids, do Egito, a diretoria do Corinthians impôs cláusula que lhe dá a preferência de recontratar o atleta em caso de proposta do Brasil. Basta igualar a oferta do outro clube interessado em seu ex-camisa 26.

Em suma: para o Cruzeiro (ou qualquer outra equipe do país) acertar com o armador, necessita aguardar um posicionamento do Corinthians, que tem até 72 horas para decidir se cobre a proposta – e recompra Rodriguinho – ou libera a negociação. Tal cláusula tem validade até 2021.

O torcedor corinthiano ansioso pela possível volta do bicampeão brasileiro ao Parque São Jorge, porém, não deve ficar tão otimista. Segundo apurou o Meu Timão, a pedida do Pyramids para negociar o jogador com o Cruzeiro é considerada bastante cara pela alta cúpula alvinegra: 5 milhões de dólares (algo próximo de R$ 18 milhões), além de um atleta.

Neste cenário, para ter Rodriguinho novamente, o Corinthians teria de investir valor superior ao que ganhou quando vendeu o mesmo aos egípcios. A transação foi selada por 6 milhões de dólares (em torno de R$ 22 milhões), mas somente 4 milhões entraram nos cofres do time paulista, que detinha 50% dos direitos econômicos do meia. O restante pertencia a Capivariano-SP (40%) e América-MG (10%).

Leia também:
Flamengo tentou contratar Fagner e levou negativa do Corinthians, revela portal
Sete reforços do Corinthians custaram um terço de Arrascaeta e menos que Pablo; saiba valores
Love é isolado em time sub-21, aciona Besiktas e pode se transferir de graça ao Corinthians

O Cruzeiro vê o meio-campista brasileiro como nome ideal para substituir o uruguaio Arrascaeta, o qual acertou com o Flamengo na última terça-feira. A transferência do também meia movimentará mais de R$ 63,7 milhões – em valores absolutos, a maior contratação da história do futebol verde-amarelo.

De 2013 a 2018, Rodrigo Eduardo Costa Marinho, o Rodriguinho, disputou 174 jogos, marcou 35 gols e conquistou quatro títulos: dois Brasileiros (2015 e 2017) e dois Paulistas consecutivos (2017 e 2018), sendo o último deles contra o arquirrival Palmeiras, em pleno Allianz Parque, e com direito a gol na finalíssima.

Rodriguinho marcou gol que levou decisão do Paulistão 2018 às penalidades máximas

Rodriguinho marcou gol que levou decisão do Paulistão 2018 às penalidades máximas

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Veja mais em: Rodriguinho, Mercado da bola e Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians fez dois gols no final do jogo e garantiu a classificação

    Corinthians vira no fim, despacha o Avenida e avança na Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Quem para o homem?! - Gustagol comemora oitavo gol pelo Corinthians em 2019

    Atacantes do Corinthians empatam na eleição do craque da segunda fase da Copa BR; veja avaliações

    ver detalhes
  • Urso beija escudo do Corinthians ao comemorar primeiro gol pelo clube

    Carille se encanta com Sornoza e valoriza credenciais de Urso: 'Sei que o corinthiano gosta'

    ver detalhes
  • Avelar é dúvida para compromisso do fim de semana; Timão se reapresenta nesta quinta

    Avelar deixa Arena mancando e pode se tornar desfalque para Carille

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes