Marllon vê Corinthians em evolução, pede tempo e mira titularidade

Marllon vê Corinthians em evolução, pede tempo e mira titularidade

Por Vinícius Souza e Rodrigo Vessoni, no CT Joaquim Grava

8.8 mil visualizações 175 comentários Comunicar erro

Destaque em Novo Horizonte, Marllon quer agarrar chance com Carille; time estreia na Sul-Americana quinta

Destaque em Novo Horizonte, Marllon quer agarrar chance com Carille; time estreia na Sul-Americana quinta

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Eleito, pelos leitores do Meu Timão, o melhor homem em campo no revés para o Grêmio Novorizontino, Marllon foi escolhido para conceder a entrevista coletiva desta segunda-feira no Corinthians. Antes do treinamento da tarde, o defensor foi à sala de imprensa do CT Joaquim Grava e precisou responder a perguntas referentes ao momento do Timão, sobretudo à ineficácia defensiva apresentada pela equipe nos últimos jogos.

Na visão de Marllon, o Corinthians está em processo de evolução. Ele entende que o time do Parque São Jorge subirá de patamar em até três partidas, tempo suficiente para que se aprimore a parte defensiva – dos nove gols que o atual bicampeão paulista sofreu no Paulistão-2019, sete surgiram em cruzamentos na área.

“Estamos em crescente e logo menos nós vamos melhorar e evoluir. Estamos nos conhecendo ainda, em evolução, tenho certeza que daqui a dois, três jogos, no máximo, vamos estar 100%, os gols vão sair e a defesa melhorando”, discursou Marllon, que atuou os 90 minutos da derrota em Novo Horizonte.

Uma das principais características do time do Corinthians nas temporadas recentes foi a solidez defensiva, que anda em falta no Parque São Jorge desde o segundo semestre de 2018. Para Marllon, no entanto, o Timão não só pode como irá crescer defensivamente, passando a render mais também na frente.

“Tem que trabalhar, não tem o que explicar. Estamos procurando já melhorar, fazer o específico, no dia a dia fazer bola parada para evoluirmos e dar sequência no trabalho. É a escola do Corinthians, a gente vem mantendo essa base forte. Temos que trabalhar, não tem explicação, único jeito é trabalhar para chegar no jogo e resolver”, disse, antes de projetar sequência entre os titulares da equipe alvinegra:

“Venho trabalhando forte para quando tiver a oportunidade, tive ontem (domingo), espero dar o meu melhor sempre”, finalizou.

Com Marllon à disposição, o Corinthians estreia na Copa Sul-Americana nesta próxima quinta-feira, contra o Racing, da Argentina, às 21h30, na Arena Corinthians. Já no domingo, o Timão mede forças com o rival São Paulo, novamente em Itaquera, pelo Campeonato Paulista.

Confira os próximos jogos do Corinthians

14 Fev, Qui, 21h30 - Corinthians x Racing Club - Sul-Americana
17 Fev, Dom, 19h00 - Corinthians x São Paulo - Paulista
24 Fev, Dom, 19h00 - Botafogo-SP x Corinthians - Paulista
27 Fev, Qua, 21h30 - Racing Club x Corinthians - Sul-Americana

Veja mais em: Marllon, CT Joaquim Grava, Copa Sul-Americana, Campeonato Paulista e Fábio Carille.

Veja Mais:

  • Jogador fez duas temporadas pelo time baiano antes de ir para a Arábia

    Corinthians acerta contratação de meia que trabalhou com Carille na Arábia

    ver detalhes
  • Jogadores que não atuaram diante do Avenida-RS treinaram no CT Joaquim Grava

    Corinthians se reapresenta no CT; Carille esboça time reserva para encarar o Botafogo-SP

    ver detalhes
  • Cássio falou com a reportagem do Meu Timão na tarde desta quinta no CT

    Ao Meu Timão, Cássio analisa primeiro gol do Avenida-RS; goleiro enaltece reação da equipe

    ver detalhes
  • Rosenberg foi duramente questionado por conselheiros do clube

    Conselheiros do Corinthians enviam carta para Andrés com críticas a Rosenberg; leia na íntegra

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes