Ramiro projeta Corinthians mais ofensivo com o decorrer da temporada: 'É um processo'

1.6 mil visualizações 31 comentários Comunicar erro

Por Andrew Sousa e Lucas Faraldo, no CT Joaquim Grava

Ramiro reconhece que Timão precisa atacar mais os adversários

Ramiro reconhece que Timão precisa atacar mais os adversários

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Tricampeão brasileiro e vivo em todas as competições que disputa, o Corinthians não tem do que se queixar quanto aos resultados dentro de campo. Mesmo com os êxitos, porém, é notório que a equipe não está pronta e ainda tem margem de evolução. E um dos fatores que mais demandam melhora é o poderio ofensivo dos comandados de Carille.

Bastante criticado por jogar de forma muito reativa em algumas partidas, o Timão aos poucos tenta criar mais perigo para os adversários. Ramiro, titular nas últimas partidas, reconhece a necessidade de mudança de postura.

"O tamanho do Corinthians pede que o Corinthians proponha o jogo, seja protagonista. Esse é nosso principal objetivo: alimentar o pessoal do ataque para fazer gols enquanto mantemos nosso sistema defensivo sólido", pontuou, em entrevista concedida nesta terça-feira, no CT Joaquim Grava.

Leia também:
Imagens de suposto pênalti chegam ao elenco do Corinthians: 'Puxão e VAR? Não pode passar'
Gustavo Mosquito é liberado de treino no Corinthians para fazer exames em Goiânia
Relembre desempenho do Corinthians em jogos que marcaram estreia de uma nova camisa

Para ver um Corinthians mais ofensivo, porém, a Fiel precisará ter paciência. Atualmente, afinal, o técnico Fábio Carille sequer tem o 11 inicial completamente definido e ainda busca o melhor encaixe das peças. Para o volante, é questão de tempo para uma evolução notória da equipe com a bola no pé.

"A gente não pode e não vai mudar da água para o vinho, do dia para a noite. É um processo. Dentro desse processo a gente bate na tecla de gostar de ficar com a bola, em ter o prazer de agredir o adversário", ponderou.

"Defensivamente temos um plano tático bem definido para todos. É agora acertar isso de ter um jogo vertical, criar possibilidades de gol. Nesse jogo tivemos a posse de bola um tanto quanto mentirosa, não fomos eficazes, mas tivermos uma posse de bola importante e agora é converter isso em gols", concluiu.

A próxima oportunidade do Timão mostrar mais sede ofensiva já tem data marcada. Nesta quarta-feira, às 16h, a equipe alvinegra encara a Chapecoense, na Arena, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Com Urso ainda lesionado, Ramiro tende a ganhar nova chance entre os titulares.

Veja mais em: Ramiro.

Veja Mais:

  • Cássio, Manoel e Gil não ficam à disposição de Fábio Carille contra o Cruzeiro

    Com três desfalques, Corinthians divulga relacionados para duelo com Cruzeiro; veja provável time

    ver detalhes
  • Fábio Carille reclamou de dores no joelho esquerdo recentemente

    Carille vai passar por procedimento no joelho e vira 'desfalque' para o Corinthians

    ver detalhes
  • Escudo revelado nesta sexta-feira apareceu em livro de 2011 (canto inferior esquerdo)

    Escudo do Corinthians 'descoberto' nesta sexta-feira apareceu em livro de 2011; entenda

    ver detalhes
  • Urso apareceu em campo pela primeira vez desde que lesionou a coxa direita

    Júnior Urso volta a treinar em campo e se aproxima de retorno ao Corinthians

    ver detalhes
  • Fagner pode ganhar até quatro companheiros de posição no Corinthians em 2020

    Corinthians pode ter até cinco opções para lateral direita em 2020

    ver detalhes
  • Atacante agradou e fica para a Copinha

    Corinthians prorroga empréstimo de atacante paraguaio do time Sub-20

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: