Negociando com rival, Michel diz que baqueou com proposta do Corinthians e brigou para assinar logo

28 mil visualizações 57 comentários

Por Meu Timão

Michel Macedo recusou propostas de rivais e brigou com empresa para assinar com o Corinthians

Michel Macedo recusou propostas de rivais e brigou com empresa para assinar com o Corinthians

Rodrigo Gazzanel / Agência Corinthians

Michel Macedo vem atuando na lateral direita do Corinthians enquanto Fagner fica fora da equipe para disputar a Copa América pela Seleção Brasileira. Em boa fase, o jogador chegou ao clube alvinegro no meio de 2018, mas só pôde atuar na atual temporada. Ressaltando a sua felicidade, ele comentou a respeito da negociação com o Corinthians.

De acordo com Michel, ele estava negociando com o São Paulo, mas balançou com uma proposta do Corinthians, querendo fechar negócio na hora com o clube alvinegro. No entanto, o grupo que o representava pediu para que o jogador esperasse, o que gerou um problema entre eles.

"O São Paulo havia entrado em contato com meu irmão. Resolvi esperar, a janela ainda iria abrir (em junho de 2018). A empresa falou para eu ter calma, que tudo viria no tempo certo. Duas ou três semanas depois, chegou o Corinthians. Fiquei baqueado, falei que queria jogar aqui. Falaram de novo para eu esperar. Foi quando eu tive meio que uma briga com eles. Queria assinar de qualquer maneira", disse o jogador em entrevista ao GloboEsporte.com.

Leia também:
'Vovô Love' segue sem folgar há 120 dias e já liga até sinal de alerta no Corinthians
De show com Jadson a par ou ímpar dolorido: os bastidores do treino do Corinthians nesta quinta

Com isso, o jogador rompeu com o grupo e passou a ser agenciado pelo irmão, tudo para assinar com o Corinthians. Ele já estava sem atuar por um tempo, após ter o seu vínculo com o Las Palmas encerrado em 2018, e não queria esperar.

"Falei que se mandassem mesmo eu esperar, eu não iria renovar o contrato (de representação) com eles e realizaria meu desejo de jogar no Corinthians. Insistiram para eu esperar, e tivemos outra briga. Rompi. Fiquei só com meu irmão, mas aquela proposta passou. Um pouco depois, o Corinthians voltou a entrar em contato e falei para meu irmão nem pensar. Só queria assinar. Foi um alívio", completou o lateral.

Livre para atuar pelo Corinthians em 2019, Michel já participou de 11 partidas, estando presente em cinco vitórias, quatro empates e duas derrotas. Concorrendo com Fagner na posição, a briga pela titularidade é difícil, mas ele vem correspondendo quando é solicitado.

O jogador ainda fará mais duas partidas como titular do Corinthians antes da parada para a Copa América. Com Fagner na seleção, a expectativa é de que ele seja o titular nas partidas contra o Cruzeiro, já neste sábado, além do jogo com o Santos, na próxima quarta-feira.

Veja mais em: Michel Macedo.

Veja Mais:

  • Duilio é eleito presidente do Corinthians presidente do Corinthians e dança das cadeiras é iniciada

    VÍDEO: Duilio é eleito presidente do Corinthians presidente do Corinthians e dança das cadeiras é iniciada

    ver detalhes
  • Corinthians decide Brasileirão Feminino nesta semana

    Agenda do Corinthians na semana tem duelo fora de casa, final no feminino e mais; veja

    ver detalhes
  • Lucas Sanchez e Andrés Sanchez; filho do presidente corinthiano fez um desabafo nas redes sociais após a vitória de Duílio nas redes sociais

    Filho de Andrés Sanchez faz forte desabafo nas redes sociais após mais um triunfo na eleição

    ver detalhes
  • Mancini pode ter dois centroavantes de origem para encarar o Fortaleza

    Corinthians pode voltar a ter Jô e Boselli entre os relacionados após 50 dias

    ver detalhes
  • Cássio voltou a treinar no CT Joaquim Grava; Corinthians encara Fortaleza na quarta-feira

    Com presenças de Cássio e Ramiro, Corinthians faz segundo treino para enfrentar o Fortaleza

    ver detalhes
  • [Vessoni] Quem sai por cima? Quem sai arranhado? Rescaldo da eleição do Corinthians em dez pontos

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: