Corinthians conquistava Libertadores inédita há exatos sete anos; relembre a campanha

14 mil visualizações 103 comentários

Corinthians ganhou a sonhada Libertadores em 4 de julho de 2012

Corinthians ganhou a sonhada Libertadores em 4 de julho de 2012

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Obsessão. Esse era o sentimento de todo torcedor do Corinthians em relação à Copa Libertadores da América. Foram anos de angústia até a epopeia, que completa exatos sete anos nesta quinta-feira. No dia 4 de julho de 2012, com dois gols de Emerson Sheik, o Timão erguia seu inédito título continental.

Os alvinegros que se arrepiaram com aquela conquista não precisam de ajuda para lembrar cada passo da campanha. Por outro lado, ninguém recusa se arrepiar novamente com os desafios superados por Tite e seus comandados até libertar a Fiel de forma invicta - oito vitórias e seis empates.

Fase de grupos

Deportivo Táchira 1 x 1 Corinthians - Ralf

Tudo começou de forma sofrida, com a cara do Corinthians. Fora de casa, o atual campeão brasileiro estreava com derrota para o Deportivo Táchira, até que Ralf, no último lance, subiu mais alto que a defesa para marcar o gol de empate.

Corinthians 2 x 0 Nacional - Danilo e Jorge Henrique

Todo o sofrimento da estreia ficou para trás no primeiro embate alvinegro frente à Fiel, no Pacaembu. Danilo e Jorge Henrique marcaram os gols da vitória do Timão, que jogou "para o gasto".

Cruz Azul 0 x 0 Corinthians

Tido como único time capaz de tirar a liderança do grupo do Corinthians, o Cruz Azul fez jogo duro contra os comandados de Tite no México, em duelo na altitude - 2600 metros acima do nível do mar.

Corinthians 1 x 0 Cruz Azul - Danilo

O Timão garantiu a primeira colocação no Pacaembu. Bem postado e com um a mais em parte da partida, a equipe alvinegra bateu os mexicanos por 1 a 0, com gol de Danilo, um dos mais decisivos do time na campanha campeã.

Nacional 1 x 3 Corinthians - Jorge Henrique, Emerson e Elton

O Corinthians assegurou a classificação às oitavas de final de forma antecipada, com triunfo sem grandes problemas contra o Nacional, no Paraguai. Chamou atenção o alto número de corinthianos no país vizinho.

Corinthians 6 x 0 Deportivo Táchira - Danilo, Paulinho, Jorge Henrique, Emerson, Liedson e Douglas

O sufoco da ida contra o Deportivo Táchira passou longe de se repetir no Pacaembu. Dominante, o Corinthians aplicou a maior goleada de sua campanha e avançou como líder do grupo à próxima fase.

Oitavas de final

Emelec 0 x 0 Corinthians

Bem superior ao adversário, o Corinthians sabia que um empate sem gols era bom para garantir a classificação em casa. O jogo chegou a se complicar no segundo tempo, com expulsão de Jorge Henrique, mas o 0 a 0 se manteve no placar.

Corinthians 3 x 0 Emelec - Fábio Santos, Paulinho e Alex

Em um Pacaembu novamente fervendo, o Corinthians voltou a fazer o dever de casa. Com gol logo no início de Fábio Santos, o Timão venceu tranquilo e garantiu mais uma classificação, agora para enfrentar um brasileiro.

Quartas de final

Vasco 0 x 0 Corinthians

O primeiro jogo entre paulistas e cariocas mostrou o que seria o duelo como um todo por uma vaga na semifinal. Em partida equilibrada do início ao fim, nem Vasco e nem Corinthians conseguiram modificar o marcador.

Corinthians 1 x 0 Vasco - Paulinho

Paulinho e um dos gols mais memoráveis da história do Corinthians

Paulinho e um dos gols mais memoráveis da história do Corinthians

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Talvez o jogo que a Fiel guarda com mais emoção da conquista da Libertadores. Primeiro, pelo milagre de Cássio, evitando gol de Diego Souza já no segundo tempo da partida. Depois, pelo gol histórico de Paulinho, subindo mais que todo mundo para cabecear.

Semifinal

Santos 0 x 1 Corinthians - Emerson

O embate entre o Corinthians de Tite e o Santos de Neymar estava cercado de expectativa. E mesmo na Vila Belmiro, foi o Timão que saiu na frente, com golaço de Emerson Sheik - o atacante ainda seria expulso no segundo tempo.

Corinthians 1 x 1 Santos - Danilo

Em jogo tenso, o Corinthians foi vazado pela primeira vez no Pacaembu, em gol marcado por Neymar. Na volta do intervalo, porém, Danilo mostrou toda sua calma para tirar do goleiro, empatar a partida e colocar o Timão em uma inédita final de Libertadores.

Final

Boca Juniors 1 x 1 Corinthians - Romarinho

Romarinho dá a cavadinha, encobre Orión e empata a primeira final na Bombonera

Romarinho dá a cavadinha, encobre Orión e empata a primeira final na Bombonera

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians perdia por 1 a 0 quando Tite resolveu lançar a campo o garoto Romarinho, que só tinha um jogo com a camisa alvinegra - e dois gols, contra o rival Palmeiras. Em seu primeiro toque, o atacante fez história, levando um bom empate para o jogo de volta.

Corinthians 2 x 0 Boca Juniors - Emerson duas vezes

A angústia acabou. Melhor que o adversário, o Corinthians ignorou camisa, tradição ou catimba e fez valer o mando de campo, como em toda campanha. Emerson marcou duas vezes para garantir o histórico título a Tite e seus comandados.

Veja mais em: Libertadores da América, Jogos Históricos e História do Corinthians.

Veja Mais:

  • Pedrinho chamou a atenção da torcida com grande atuação pelo Paulista sub-20

    Joia do Sub-20 do Corinthians ainda tem contrato de formação; clube fala em renovar na 'hora certa'

    ver detalhes
  • Jemerson fará sua estreia pelo Corinthians diante do São Paulo, dia 13, na Neo Química Arena

    Comissão técnica do Corinthians quer Jemerson contra o São Paulo; veja situação do zagueiro

    ver detalhes
  • Yan posou no lançamento da nova camisa de basquete do Corinthians

    Corinthians lança novo uniforme de basquete e faz homenagem a ídolos neste sábado; veja fotos

    ver detalhes
  • Sub-23 do Corinthians disputa a segunda fase do Brasileirão de Aspirantes

    Sub-23 do Corinthians encara Red Bull Bragantino pelo Brasileirão de Aspirantes; saiba tudo

    ver detalhes
  • É assim que o estágio com Pep Guardiola mexeu com o Corinthians de Mancini

    VÍDEO: É assim que o estágio com Pep Guardiola mexeu com o Corinthians de Mancini

    ver detalhes
  • Processo foi aberto contra o Corinthians e também contra Ronaldo Fenômeno, que recebia parte do valor que a multinacional pagava para expôr suas marcas na camisa alvinegra no final da última década.

    Corinthians e Ronaldo Fenômeno encerram processo após seis anos; clube via bloqueio, R9 com depósito

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: