Cássio garante calma na espera por estreia oficial na Seleção e relembra início no Corinthians

9.9 mil visualizações 30 comentários

Por Meu Timão

Cássio ainda espera uma oportunidade oficial na Seleção

Cássio ainda espera uma oportunidade oficial na Seleção

Lucas Figueiredo/CBF

Parte do grupo de Tite na Copa do Mundo e, agora, na Copa América, o goleiro Cássio segue sem jogar oficialmente pela Seleção Brasileira. Maduro, o camisa 12 do Corinthians dá de ombros para a espera e trabalha diariamente no aguardo de uma oportunidade - atualmente, está na reserva de Alisson e Ederson.

"Quantos não estão na Seleção? Desde que eu fui convocado, eu não me coloco nessa situação (de reserva). Porque estar aqui é para poucos. Poder disputar uma Copa América, uma Copa do Mundo, é uma coisa rara. Fazer parte da Seleção mais vencedora do mundo é muito gratificante", pontuou, em entrevista ao site da CBF.

"Se tivesse quatro goleiros e eu fosse o quarto, não teria problema. Mas chega na hora do treino, tenho que treinar como se fosse o titular. Isso é fazer o meu melhor pela Seleção", completou.

Leia também:
Régis vê saldo positivo em amistosos e acredita em evolução do Corinthians no Campeonato Brasileiro
Entenda o que fez Romero não renovar com o Corinthians; contrato está próximo do fim

Treinar à espera de uma oportunidade lembra Cássio de seu início no CT Joaquim Grava. Contratado em 2012, vinha sendo reserva de Júlio César até as oitavas de final da Libertadores, quando assumiu a posição para não largar mais. A situação lhe serve de exemplo para a Seleção.

"A gente tem que estar sempre preparado. Aconteceu isso no Corinthians. Eu me preparei e quando apareceu a chance, eu estava pronto. Temos que estar preparados para todas as situações. O que faz isso é o treino. Por isso temos que treinar em alto nível, para quando a chance chegar fazer o melhor. É um ambiente muito legal. Estamos trabalhando com o cara que foi campeão da Champions (Alisson), o Taffarel é campeão mundial, o Ederson é bicampeão da Premier League. São dois grandes goleiros e é um privilégio muito grande estar com eles", concluiu.

Com Cássio no banco, a Seleção Brasileira faz a grande final da Copa América neste domingo, às 17h, contra o Peru. Até o momento, apenas Alisson atuou na meta da equipe durante a competição. Fagner é outro representante alvinegro entre os reservas.

Veja mais em: Cássio e Corinthianos na Seleção.

Veja Mais:

  • Cássio chegou ao Corinthians em janeiro de 2012; Fagner, que subiu para a equipe profissional em 2006, retornou ao clube em 2014

    Corinthians tem conversas adiantadas para renovações com Cássio e Fagner; veja detalhes

    ver detalhes
  • Corinthians passa por reformulação no time de futsal

    Corinthians passa por reformulação no futsal e dez jogadores devem deixar a equipe para 2022

    ver detalhes
  • Fagner durante exame cardiológico na pré-temporada de 2019; exames visando 2022 já foram feitos, mas o clube optou por não divulgar imagens

    Corinthians realiza exames nos jogadores já de olho em 2022; clube optou por não divulgar

    ver detalhes
  • Corinthians tinha a chance de garantir o rebaixamento do Grêmio no último domingo

    Corinthians agora pode 'ajudar' o Grêmio a se salvar do rebaixamento para a Série B

    ver detalhes
  • Jogadores do Corinthians aplaudiram torcida no final da última partida em casa na temporada 2021

    Euforia em gol de Renato Augusto e ida à Libertadores marcam bastidores do empate do Corinthians

    ver detalhes
  • É por isso que Willian já assusta os rivais do Corinthians para 2022

    VÍDEO: É por isso que Willian já assusta os rivais do Corinthians para 2022

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x