Técnico do Sub-17 do Corinthians vê derrota na final como reversível e quer melhora mental do time

Técnico do Sub-17 do Corinthians vê derrota na final como reversível e quer melhora mental do time

Por Rafael Bianco e Rodrigo Vessoni

1.3 mil visualizações 18 comentários Comunicar erro

Gustavo Almeida acredita que vitória no jogo de volta da final ainda é reversível

Gustavo Almeida acredita que vitória no jogo de volta da final ainda é reversível

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O Corinthians entrou em campo na manhã deste sábado pela final do Campeonato Brasileiro Sub-17 e perdeu para o Flamengo pelo placar de 4 a 3. Depois de abrir uma vantagem de dois gols na primeira etapa, o Timão voltou desligado para o segundo tempo e acabou sofrendo a virada.

Para o técnico Gustavo Almeida, a equipe tem que ser exaltada pelo desempenho do primeiro tempo, mas precisa melhorar a parte mental, que acabou sendo fundamental para o resultado final da partida.

"Nós fizemos um primeiro tempo muito bom, acima da média. Criamos as chances e sofremos muito pouco. Mas no segundo tempo acho que teve uma questão mental que influenciou, o gol pesa bastante e nós não tivemos resposta. O Flamengo teve méritos, teve a capacidade de chegar também e nós demoramos para corrigir", disse o treinador após a partida.

Leia também: Corinthians goleia Ponte Preta e se torna time com mais vitórias consecutivas no Brasil

Caso os jogadores consigam buscar esse equilíbrio, Gustavo Almeida cita que o resultado do jogo de ida não é devastador e pode muito bem ser revertido na segunda partida.

"Os jogadores entendem que apesar da dificuldade de manter o equilíbrio, eles fizeram um grande jogo. Se eles repetirem, a chance de vencerem o confronto é muito grande, porque a diferença está em apenas um gol. Temos todas as condições de reverter esse placar e é nisso que a gente se apega", completou.

As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo sábado, a partir das 11h, no estádio Kleber Andrade em Cariacica, no Espírito Santo. Sem a regra dos gols fora de casa, uma vitória por um gol de diferença a favor do Corinthians leva a decisão para a disputa de pênaltis, enquanto um triunfo com diferença maior do que isso dá o título ao Timão.

Veja mais em: Corinthians Sub-17.

Veja Mais:

  • Júnior Urso treinou normalmente nessa segunda após o ocorrido na noite de domingo

    Júnior Urso conta detalhes de assalto sofrido em São Paulo na noite de domingo

    ver detalhes
  • Mauro Boselli comemorando seu gol contra o Botafogo, pelo Brasileirão, na Arena Corinthians

    Em alta, Boselli se torna terceiro artilheiro do Corinthians em 2019; centroavantes lideram a lista

    ver detalhes
  • Jogadores de defesa conversaram com Carille durante treino desta segunda-feira

    Pistas sobre escalação e 'show dos poupados' marcam reapresentação do Corinthians

    ver detalhes
  • Subsede do Japão reencontrou alvinegros que cruzaram o mundo em 2012

    Torcedores do Corinthians cruzam o mundo para primeiro encontro da Gaviões Japão no Brasil

    ver detalhes

Comente a notícia: