Tamires se diz à vontade para jogar no ataque e avalia evolução do futebol feminino no Brasil

1.2 mil visualizações 21 comentários

Tamires antes do duelo contra o Flamengo, pela semifinal do Brasileirão

Tamires antes do duelo contra o Flamengo, pela semifinal do Brasileirão

Bruno Teixeira/Ag. Corinthians

Ao fim do duelo diante do Flamengo, que sagrou a classificação do Corinthians para a final do Brasileiro Feminino, a corinthiana Tamires avaliou a evolução da modalidade no Brasil e contou sobre como é atuar em uma posição diferente da sua de origem.

O jogo decisivo diante do Flamengo fez história na Fazendinha. Como sempre, a torcida corinthiana marcou presença e beirou a lotação máxima. A jogadora Tamires também aproveitou para falar sobre a experiência de jogar com o estádio quase lotado, e relembrar o Mundial Feminino que aconteceu recentemente, onde os jogos também tiveram bom público.

"No Mundial a gente viveu estádios lotados, jogos muito cheios, e a gente viu o crescimento da modalidade, algo que não dá mais pra voltar atrás hoje. A gente fica muito feliz. Hoje, semifinal, duas horas da tarde, muito quente, ver a Fazendinha lotada como estava... a torcida do Corinthians é muito especial e muito diferente, ela incentiva do primeiro apito ao último apito, isso é algo que me deixa cada vez mais encantada e querendo dar o melhor com essa camisa, e isso são todas as jogadoras. As vezes a gente dá um pique e tá cansada, mas a torcida está lá, gritando, incentivando, acho que é algo que o Corinthians te dá, é inexplicável, é algo muito grande, uma emoção ver hoje a proporção que o futebol feminino está tomando. Jovens, crianças, idosos acompanhando, torcendo por nós e pelo crescimento da modalidade. Ficou muito feliz e espero que seja dai pra mais. Desde quando eu sai do Brasil pra agora, a diferença é surreal, eu acho que está evoluindo muito", analisou a corinthiana.

Tamires chegou ao clube do Parque São Jorge há pouco tempo. A atleta jogava no exterior e chamou a atenção da diretoria alvinegra com sua boa atuação na Copa do Mundo Feminina, que foi bastante assistida ao redor do mundo inteiro. A jogadora avaliou o crescimento da modalidade no Brasil, e admitiu ser esse um dos motivos que a fez pensar em voltar ao país.

"Primeiro que as pessoas começaram a olhar o futebol feminino com mais profissionalismo. Isso é essencial. Lá de fora eu via a evolução tática aqui do Brasil, o futebol brasileiro sempre foi muito técnico, mas deixava a desejar no tático e no físico, e hoje vemos clubes fazendo grandes trabalhos nesse sentido. Deixa o futebol mais gostoso para quem está assistindo, as vezes a gente mesmo não via um jogo inteiro, era difícil terminar os 90 minutos, era um jogo muito embolado, hoje vemos equipes trabalhando tecnicamente, taticamente, e isso é algo que se vê muito lá fora, vemos equipes táticas, brigonas fisicamente, e essa evolução aqui fez com que eu pensasse em voltar. Se a gente evoluir na questão tática e física, a técnica já é puramente nossa. Esses três quesitos podem nos dar muita força", contou a jogadora.

Na Seleção, Tamires atuou como lateral-esquerda, sua posição de origem, mas costuma atuar como atacante no time de Arthur Elias. Foi jogando exatamente nessa posição, após puxar contra-ataque, que ela abriu o placar na Fazendinha. Por mais que os dois setores (ataque e defesa) sejam completamente diferentes, a camisa 37 admitiu se sentir a vontade jogando na frente.

"Me sinto muito à vontade nessa posição, eu já tinha jogado com o Arthur quatro anos atrás, inclusive ele que me inventou nessa posição, que me ensinou a jogar de meia aberta. Desde o primeiro momento da minha volta ele já me passou o que queria de mim, confio nele, no trabalho, então sei tudo que ele falar é pro melhor da equipe, do atleta, então estou aqui pra cumprir o que ele tem pra passar", contou.

O treinador corinthiano aproveitou a oportunidade para elogiar a jogadora, que vem tendo boas atuações na frente.

"A jogadora, quando tem uma técnica igual a da Tamires, ela joga em qualquer lugar. Se eu colocar ela como volante, atacante, linha de baixo, em cima... ela tem boas decisões, uma boa leitura de jogo e uma técnica diferenciada. Isso é importante pra conseguir mexer com o grupo, tem outras jogadoras num perfil parecido, vejo que é uma questão do que você pretende. Na Seleção, pela lateral, fez um ótimo mundial, foi uma das melhores jogadoras do Brasil. A gente toma a decisão com um conjunto de fatores, não é só pensando nisso. Nosso grupo perdeu muitas jogadoras de frente, tivemos que reinventar algumas coisas. Hoje a Grazi jogou de frente, Zanotti também já jogou, Paulinha entrou no jogo e foi decisiva, ela é uma lateral que tem jogado de meia... o que eu fico mais feliz é a resposta que elas me dão pelo que a gente treina, orienta, mas principalmente pelo que elas me devolvem todos os dias, todos os jogos, pra mim, pro torcedor e pra quem gosta do futebol bem jogado", afirmou Arthur Elias.

Tamires deve voltar a campo ao lado de suas companheiras já na próxima quarta-feira, para outra decisão. Dessa vez, o Timão enfrenta a Ferroviária, pela semifinal do Paulista, às 19h, em Araraquara.

Veja mais em: Corinthians feminino.

Veja Mais:

  • Méndez e Xavier podem ganhar chance nesta quinta-feira

    Corinthians encerra preparação para duelo contra o Sport com treino tático; veja possível time

    ver detalhes
  • Você percebeu ao vivo? O erro crucial do Corinthians e uma grande lição para 2021

    VÍDEO: Você percebeu ao vivo? O erro crucial do Corinthians e uma grande lição para 2021

    ver detalhes
  • Jemerson falou com a imprensa nesta quarta-feira

    Jemerson ressalta foco no Corinthians, mas admite futuro em aberto: 'Se não ficar, vida que segue'

    ver detalhes
  • Corinthians já conhece ordem dos compromissos no segundo turno do  NBB

    Corinthians conhece tabela de jogos do segundo turno do Novo Basquete Brasil; veja datas dos jogos

    ver detalhes
  • Contradições e coincidências da chegada de Cafu ao Corinthians: quem mentiu?

    [Andrew Sousa] Contradições e coincidências da chegada de Cafu ao Corinthians: quem mentiu?

    ver detalhes
  • Corinthians é o favorito em casas de apostas para o duelo desta quinta-feira

    [Publi] Em busca de recuperação, Corinthians enfrenta o Sport como favorito

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: