Corinthians volta a vencer o São Paulo e é campeão do Paulista Feminino

51 mil visualizações 261 comentários Comunicar erro

Vic Albuquerque marcou o primeiro gol da vitória corinthiana

Vic Albuquerque marcou o primeiro gol da vitória corinthiana

Danilo Fernandes/ Meu Timão

Corinthians 3 X 0 São Paulo

Paulista Feminino 2019
16 de novembro de 2019, 11:00
Corinthians 3 x 0 São Paulo
Arena Corinthians

A manhã deste sábado foi de alegria para todos os corinthianos. Jogando na Arena, o Corinthians recebeu o São Paulo pela final do Paulista Feminino e com ótima atuação das corinthianas venceu por 3 a 0 e conquistou o título do estadual.

Depois de bater o São Paulo por 1 a 0 no Morumbi, no primeiro jogo da final, o Corinthians voltou a vencer o rival tricolor, dessa vez na Arena Corinthians, com as arquibancadas lotadas, por 3 a 0. Assim, o clube do Parque São Jorge ficou com o título de campeão paulista pelo placar agregado de 4 a 0.

Escalação

O técnico Arhur Elias escalou o Timão para a grande final com Tainá, Katiuscia, Pardal, Erika, Juliete, Grazi, Gabi Zanotti, Victória Albuquerque, Tamires, Giovanna Crivelari e Millene.

escalação feminino final do Paulista

Meu Timão

E como foi o jogo?

Primeiro tempo

O Corinthians foi superior ao São Paulo durante todo o primeiro tempo, e atacou o adversário com muita pressão nos primeiros 20 minutos de jogo, sem dar trégua. Da metade do primeiro tempo para frente, as corinthianas diminuíram a pressão, mas não deixaram de atacar.

Com dois minutos de jogo, Cacau fez bela jogada pelo meio, deu chapéu e passou para Vic Albuquerque, que foi desarmada. Ela recuperou a bola e virou o jogo com Tamires, que foi para a linha de fundo na esquerda e conseguiu o cruzamento, mas a bola passou por todo mundo e saiu em lateral. Dois minutos mais tarde foi a vez do São Paulo chegar ao ataque, mas Erika afastou o perigo – e a bandeirinha marcou impedimento.

Aos cinco minutos o Timão abriu o placar com Vic Albuquerque. A camisa 17 recebeu belo passe, venceu a marcação, dominou a bola e bateu por cima da goleira para abrir o placar na Arena e levar a torcida à loucura.

Vic durante comemoração do gol

Bruno Teixeira/Ag. Corinthians

Dois minutos depois, aos sete, Tamires conseguiu lindo passe para Vic Albuquerque pelo meio, ela se livrou da goleira e bateu para o gol, mas a zagueira são-paulina tirou a bola em cima da linha, impedindo o segundo gol da corinthiana. Aos 11 minutos, o Timão voltou a balançar a rede com Vic Albuquerque, mas o gol foi anulado por impedimento da corinthiana.

Com 13 minutos, Juliete cobrou falta e levantou a bola na área. A zagueira Pardal conseguiu o desvio de cabeça, mas a bola passou raspando a trave e saiu pela linha de fundo. Dois minutos depois, Millene fez boa jogada pela direita, fintou duas marcadoras e cruzou para Crivelari, que cabeceou fraco para boa defesa de Carla.

Com 16 minutos o Timão chegou com perigo mais uma vez e Gabi Zanotti bateu da entrada da área, exigindo boa defesa de Carla, que colocou em escanteio. Na cobrança de Vic Albuquerque, a zaga tricolor se complicou e acabou mandando a bola em novo escanteio, que foi levantado na área e afastado pela defesa. No minuto seguinte a são-paulina Brenda recebeu bom lançamento no ataque, mas foi desarmada por Katiuscia.

Aos 23 minutos, após cobrança de escanteio, a goleira Carla afastou o cabeceio corinthiano e acabou fazendo um lançamento para Valéria, que foi ao ataque e tentou o cruzamento, mas mandou a bola direto para a linha de fundo. Três minutos depois, Tainá afastou de soco a cobrança de escanteio adversária e a bola sobrou com Jaqueline, mas ela se complicou e mandou a bola direto pela linha de fundo.

Aos 30 minutos, o jogo foi paralisado para hidratação das atletas. O treinador Arthur Elias aproveitou para conversar com as corinthianas, que erraram passes na saída de bola nos minutos anteriores, e só não foram comprometidas por erros adversários e algumas defesas de Tainá.

Com 33 minutos de jogo, Cristiane e Brenda trocaram passes pela direita e a camisa 11 tentou o cruzamento, mas mandou a bola por cima do gol. Três minutos depois, Brenda venceu a marcação de Juliete e conseguiu a finalização da entrada da área, obrigando Tainá a cair e fazer ótima defesa, colocando a bola em escanteio, que foi afastado de cabeça pela defesa corinthiana.

Aos 41 minutos, as corinthianas marcaram mais um gol, novamente anulado por impedimento. Vic Albuquerque recebeu na entrada da área e acionou Gabi Zanotti, que bateu fraco. No meio do caminho, Crivelari deu um toque na bola e empurrou para o fundo do gol, mas estava em posição irregular.

No último lance da primeira etapa, Gabi Zanotti acionou Vic Albuquerque, que passou para Millene dentro da área, mas a corinthiana foi desarmada. A bola voltou para Gabi Zanotti, que finalizou de primeira, mas mandou a bola pro cima do gol. Assim, o Timão levou a vantagem de 1 a 0 para o vestiário.

Segundo tempo

Com apenas três minutos de jogo o Timão ampliou o placar. Crivelari puxou o contra-ataque e abriu o jogo com Millene, que fintou a marcadora e fez, sem querer, um belo passe para Juliete bater de primeira e colocar a bola no fundo do gol.

Aos quatro minutos, Cristiane tentou a enfiada de bola na área, mas Tainá saiu para fazer a defesa e rapidamente ligou o Timão no ataque. Após belo chute de Crivelari e desvio da goleira Carla, a bola sobrou com Tamires, que dominou e foi derrubada quase dentro da área pelo lado esquerdo. Na cobrança de falta, a bola passa por todas as jogadoras e sai em linha de fundo.

Com nove minutos, Jaqueline cruzou a bola na área corinthiana, mas a goleira Tainá deixou a meta para fazer boa defesa e ficar com a bola. Três minutos depois, em nova tentativa de cruzamento da equipe adversária, a bola desviou na defesa corinthiana e quase sobrou com Cristiane, mas Tainá ficou com a bola antes do domínio da são-paulina.

Aos 15 minutos, Arthur Elias mudou o Timão pela primeira vez e colocou Paulinha no lugar de Giovanna Crivelari. Três minutos depois, o Timão teve duas jogadas de perigo com Tamires. Na primeira delas o chute da corinthiana saiu por cima do gol, mas a segunda foi certeira e exigiu boa defesa de Carla para evitar o terceiro do gol alvinegro.

Com 25 minutos o São Paulo chegou com perigo e quase diminuiu o placar. Breda recebeu belo cruzamento e dividiu com Tainá, que levou a melhor. A bola ainda ficou viva na área e Cristiane chutou de primeira, mas Katiuscia deu um carrinho na bola e impediu o gol. Na jogada seguinte, Brenda recebeu novo passe, agora pela esquerda, e finalizou, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora.

Com 30 minutos de jogo, Arthur Elias fez nova alteração, dessa vez por lesão. A goleira Tainá sentiu dores e deixou o campo de maca para a entrada de Lelê.

Aos 34 minutos, após cobrança de falta, Pardal subiu mais alto que toda a defesa e cabeceou com força, mas para fora. No minuto seguinte o Timão chegou ao seu terceiro gol e fez a torcida soltar o grito de campeão. Paulinha faz boa jogada individual e aciona Millene, que bate com força. A bola ainda desvia na zagueira Bruna e morre no fundo do gol.

Millene

Danilo Fernandes/ Meu Timão

Com 39 minutos, Brenda cruzou a bola na área corinthiana e Katiuscia afastou o perigo em escanteio. A cobrança foi muito forte, desviou na defesa e saiu do outro lado em novo escanteio, que acabou em falta de ataque do São Paulo. O treinador corinthiano aproveitou a pausa do jogo para mudar o Timão quatro vezes: Grazi, Vic Albuquerque, Tamires e Millene deixaram o jogo para as entradas de Cacau, Ingryd, Maiara e Suellen.

Ficha técnica de Corinthians 3 x 0 São Paulo

Competição: Campeonato Paulista Feminino
Local: Arena Corinthians, São Paulo, SP
Data: 16 de novembro de 2019 (sábado)
Horário: 11h00 (de Brasília)
Árbitro: Edina Alves Batista
Assistentes: Neuza Ines Back, Fabrini Bevilaqua Costa e Fernanda dos Santos Ignacio de Souza
Gols: Juliete, Victória Albuquerque, Millene (Corinthians)
Cartões amarelos: Victória Albuquerque e Millene (Corinthians); Antonia e Natane (São Paulo)
Público: 28.862 pagantes (público total: 28.862)

CORINTHIANS: Tainá (Lelê); Katiuscia, Pardal, Érika, Juliete, Grazi (Ingryd), Gabi Zanotti, Victória Albuquerque (Cacau), Tamires (Suellen), Millene (Maiara) e Giovanna Crivelari (Paulinha).
Técnico: Arthur Elias

SÃO PAULO: Carla; Antonia, Bruna (Roberta), Thaís, Natane, Yaya, Ary, Brenda (Andressa), Jaqueline (Giovana), Valéria e Cristiane.
Técnico: Lucas Piccinato

Veja mais em: Corinthians feminino.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia: