Fábio Carille admite ser 'imaturo', questiona imprensa e revela pedido de desculpas de Vital

35 mil visualizações 103 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Fábio Carille revelou pedido de desculpas de Vital por "mal entendido"

Fábio Carille revelou pedido de desculpas de Vital por "mal entendido"

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Nesta quarta-feira, Fábio Carille conversou com a imprensa pela primeira vez desde que deixou o Corinthians, no início de novembro. E, como não poderia ser diferente, o treinador falou sobre as polêmicas declarações que marcaram seus últimos dias no clube e voltou a se justificar por ter afirmado que sentia "vergonha" de ver a equipe alvinegra em campo.

"Sei muito bem tudo o que eu falei. Quando eu falei de vergonha, e peguei para ver outra vez, disse que 'parece um time que não treina'. E quem é que treina? Então, estava falando de vergonha do meu trabalho", disse em entrevista à ESPN.

Na ocasião, cabe destacar, muito se falou sobre uma possível irritação do grupo de jogadores com Carille após falar que o futebol apresentado pelo time era vergonhoso.

Carille também relembrou o caso envolvendo os garotos Mateus Vital e Pedrinho. Depois da derrota por 2 a 0 para o Independiente Del Valle na Copa Sul-Americana, o ex-treinador do Timão relacionou o resultado com a "falta de experiência" do elenco, alegando que tinha muitos "meninos" em campo.

Por conta da repercussão, ele mesmo se intitulou como "imaturo". O profissional, porém, negou atrito com o grupo, questionou a pergunta de um repórter e até revelou um pedido de desculpas do meia-atacante Vital na época.

"Teve o episódio do Vital... De imaturo, essas coisas. Eu também sou imaturo ainda, não tem problema nenhum ser imaturo. E algum repórter pega ele ali fora, faz uma pergunta de outra forma, ele meio que rebate. No outro dia, o Vital vai atrás de mim no CT: 'Pô, desculpa, dei uma resposta. Depois fui ver a entrevista e não tinha nada a ver do que tinham me passado'. São coisas que acontecem", explicou.

"Eu, como técnico, sou imaturo. Estou começando. Um aprendizado grande", completou.

Com 183 jogos, Carille deixou o Corinthians como o sétimo técnico com mais partidas disputadas na história do clube: 86 vitórias, 56 empates e 41 derrotas. Nesse período, conquistou um Brasileirão (2017) e três Paulistas (2017/18/19).

O Timão já anunciou a contratação do técnico Tiago Nunes, que só assumirá o comando da equipe em janeiro. Enquanto isso, o interino Dyego Coelho fica à frente do plantel até o fim do Brasileirão.

Veja mais em: Fábio Carille e Mateus Vital.

Veja Mais:

  • Manoel, Urso, Sornoza e Clayson deixaram o Corinthians em 2020

    Corinthians corta mais de R$ 5 milhões com saídas e enxuga folha salarial em 2020

    ver detalhes
  • Boselli gosta de sair e até fazer churrasco, mas não consome bebida alcoólica

    Carnaval? Só no refrigerante; Boselli explica por que não consome bebida alcoólica

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel convoca torcedores do Corinthians para protesto no CT Joaquim Grava nesta quarta-feira

    Gaviões da Fiel convoca protesto no CT por momento ruim do Corinthians na temporada; veja detalhes

    ver detalhes
  • Volante Éderson participou pela primeira vez da atividade no CT Joaquim Grava

    Com a presença de Éderson, Corinthians inicia preparação para duelo contra o Santo André

    ver detalhes
  • Corinthians volta a campo na quarta-feira, contra o Santo André

    Duelo contra o Santo André, clássico no feminino e rodada no NBB marcam a semana do Corinthians

    ver detalhes
  • Segunda Chance

    [Marco Bello] Segunda chance

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: