Ex-goleiro do Timão relembra briga histórica em Dérbi e questiona: 'Meu time sumiu na hora do pau'

3.5 mil visualizações 22 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Renato, ex-goleiro do Corinthians e reserva de Maurício na ocasião, teve que se jogar no túnel que dá acesso ao vestiário do Morumbi em 1999

Renato, ex-goleiro do Corinthians e reserva de Maurício na ocasião, teve que se jogar no túnel que dá acesso ao vestiário do Morumbi em 1999

Reprodução

Uma confusão histórica marcou a rivalidade entre Corinthians e Palmeiras na década de 90. Isso porque antes da equipe corinthiana levantar sua 23ª taça estadual, alvinegros e alviverdes iniciaram uma briga generalizada no gramado do Morumbi, no dia 29 de junho de 1999, após embaixadinhas de Edílson Capetinha.

E tudo teve início com um chute de Paulo Nunes em Edílson logo depois da provocação. Em seguida, outra cena ficou marcada para diversos torcedores: Renato, ex-goleiro do Corinthians e reserva de Maurício na ocasião, entrou em atrito com o rival Roque Júnior e teve que se jogar no túnel que dá acesso ao vestiário do Morumbi.

"Então, ali eu fui para apartar, foi o seguinte: na hora que eu vi o Roque Junior correndo atrás do Edilson - e o Edilson é meu amigo até hoje, eu gostava muito dele, e na época que eu estava subindo ele era muito meu parceiro, o Vampeta também - eu não pensei duas vezes, entrei para dentro do campo, fui e derrubei o Roque, e nisso o Edilson fugiu, só que eu caí junto. Aí a hora que eu olhei para trás, veio o Oséas, o Marcão dando voadora, e eu pensei: 'misericórdia, o que eu fui fazer', aí eu correndo para o túnel e o PC Gusmão me abraçou e pediu 'calma, calma', e eu falei 'calma o quê, PC, olha pra trás aí', e o Marcão dando voadora, o Oséas mordendo a língua e dando soco", conta em entrevista ao Uol.

"Acho que o Roque estava com muito ódio na hora, ele ia acabar agredindo o Edilson e os dois eram da seleção brasileira na época, tanto é que o Edilson foi cortado na ocasião e poderia ter uma punição até maior, ter machucado ou acontecido uma tragédia.E daí eu só vi os meninos indo em direção ao vestiário e, no que eu corri, o PC Gusmão me abraçou, e o PC: 'Calma, calma', e eu: 'Calma o caralho, olha pra trás aí, o Marcão dando voadora e o pau comendo', e eu peguei e corri para o túnel", completou, antes

Leia também: Luan abre mão de salário milionário para realizar sonho de jogar no Corinthians; saiba números

O Corinthians conquistou o título após vencer o jogo de ida por 3 a 0 e empatar o confronto que terminou em briga por 2 a 2. Entre essas duas partidas, porém, o rival levantou a taça da Copa Libertadores. Assim, atletas palmeirenses entraram em campo com faixas do título continental e até mesmo de cabelo pinto, algo que irritou os corinthianos. Renato, então, comentou a provocação e disse que todo seu time "se escondeu na hora do pau".

"Pô, eles até entraram com o cabelo pintado de verde no jogo, então isso nos deixou mais putos ainda, e, na hora que estávamos ganhando o Paulista, o Edilson fez aquilo, as embaixadinhas, e com o Palmeiras já tinham aquelas trocas de farpas... E o Junior e o Paulo Nunes perderam a cabeça e aconteceu tudo o que aconteceu. Do meu time todo mundo se escondeu na hora do pau lá... Era tudo Marcelinho, Ricardinho, os caras com Oseas, Marcão, tudo ão, e no meu time tudo inho", concluiu.

Veja mais em: Dérbi.

Veja Mais:

  • O argentino marcou três gols na estreia do Campeonato Paulista

    Fiel escolhe Boselli e Tiago Nunes como destaques de goleada do Corinthians; reserva é o pior

    ver detalhes
  • Duílio explicou algumas questões sobre os bastidores do futebol do Corinthians

    Lateral, zaga, Cantillo, BMG e Luan: diretor esclarece situações no Corinthians

    ver detalhes
  • Boselli marcou três gols na goleada do Corinthians em Itaquera

    Com três gols de Boselli, Corinthians estreia com goleada no Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • O que Corinthians tem que Palmeiras não tem (mercado da bola mostrou)

    VÍDEO: O que Corinthians tem que Palmeiras não tem (mercado da bola mostrou)

    ver detalhes
  • Dirigente esclareceu a busca do Corinthians por um ponta esquerda

    Diretor do Corinthians nega 'briga' por Rony, evita citar outros nomes e exalta volta de Everaldo

    ver detalhes
  • Boselli marcou três dos quatro gols alvinegros na estreia

    Mauro Boselli é o terceiro jogador a marcar um hat-trick pelo Corinthians na Arena

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: