Paulinho relembra gol histórico pelo Corinthians e fala sobre possível retorno

24 mil visualizações 59 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Paulinho falou sobre o carinho da torcida do Corinthians e relembrou um gol histórico no clube

Paulinho falou sobre o carinho da torcida do Corinthians e relembrou um gol histórico no clube

Agência Corinthians

Paulinho defendeu a camisa do Corinthians entre 2010 e 2013, conquistando um título de Campeonato Brasileiro, em 2011, além da Libertadores e o Mundial, em 2012. Sempre querido pela torcida alvinegra, o jogador falou sobre o carinho que recebe mesmo há tanto tempo longe do Timão e lembrou de um momento especial na sua carreira.

Aos 31 anos, o volante atua na China e defende a camisa do Guangzhou Evergrande, clube onde conquistou mais um campeonato nacional, se destacando e se sagrando, inclusive, o melhor jogador da temporada. Mesmo assim, Paulinho não esquece o tempo em que atuou pelo Corinthians e não nega um possível retorno.

“Fico muito feliz pelo carinho que a torcida do Corinthians tem por mim. Acredito que é fruto do profissionalismo e comprometimento com os quais vesti a camisa do clube. Fui muito feliz em um período que demos muitas alegrias ao torcedor também. Claro que, se retornar ao Brasil como jogador, e o Corinthians tiver interesse, vamos conversar com a melhor das intenções”, disse o volante em entrevista para o Yahoo Esportes!.

Leia também: Jogadores do Corinthians relembram lances da temporada e escolhem suas jogadas favoritas

Paulinho ainda marcou um dos gols mais importantes da campanha da Libertadores de 2012, sagrando a classificação do Corinthians diante do Vasco nas quartas de final. Relembrando o momento, o volante não esconde a emoção do lance, mesmo depois de tanto tempo.

“Acho que é o gol que fica para a história, né? O torcedor não vai esquecer e eu também não. Foi um jogo muito difícil, mas tinha uma atmosfera de confiança. Aquela coisa do ‘vai dar’. Quando a bola entrou foi uma sensação que não dá para explicar. Foi um dos momentos mais especiais da minha carreira”, continuou Paulinho.

Com o prestígio conquistado no Corinthians e a boa sequência na carreira, Paulinho chegou a ser convocado para a Copa do Mundo de 2018 ao lado de outro companheiro de Timão, Renato Augusto. Mesmo com ambos atuando na China, o técnico Tite optou por levar os jogadores para a competição internacional e foi alvo de críticas dos torcedores.

“Nós (Paulinho e Renato Augusto) fomos a Copa do Mundo pelo que produzimos aqui na China e demos essa resposta lá, com desempenho. O Brasil fez uma boa Copa, perdemos um jogo, infelizmente. O Campeonato Chinês tem outros atletas que representam suas seleções. Acho que as pessoas acabam tendo certo preconceito”, finalizou.

Apesar da boa expectativa sobre um possível retorno de Paulinho, isso não deve se tornar realidade tão cedo, já que o jogador possui contrato com a equipe chinesa até o final de 2023.

Veja mais em: Paulinho.

Veja Mais:

  • Boselli marcou três gols na goleada do Corinthians em Itaquera

    Com três gols de Boselli, Corinthians estreia com goleada no Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Dirigente esclareceu a busca do Corinthians por um ponta esquerda

    Diretor do Corinthians nega 'briga' por Rony, evita citar outros nomes e exalta volta de Everaldo

    ver detalhes
  • O argentino marcou três gols na estreia do Campeonato Paulista

    Fiel escolhe Boselli e Tiago Nunes como destaques de goleada do Corinthians; reserva é o pior

    ver detalhes
  • Camacho foi um dos mais elogiados pela Fiel nas redes sociais

    Tiago Nunes em alta, alegria por Boselli e muitos destaques: Fiel repercute goleada do Corinthians

    ver detalhes
  • Comandante fez seu primeiro jogo na Casa do Povo

    Postura ofensiva, pontos positivos e ansiedade: Tiago Nunes comenta estreia oficial no Corinthians

    ver detalhes
  • Boselli marcou três dos quatro gols alvinegros na estreia

    Mauro Boselli é o terceiro jogador a marcar um hat-trick pelo Corinthians na Arena

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: