Tiago Nunes fala sobre desgaste, não descarta mudança no Corinthians e pede tempo por entrosamento

4.0 mil visualizações 44 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Tiago Nunes destacou a dura sequência do Corinthians nesse início de ano

Tiago Nunes destacou a dura sequência do Corinthians nesse início de ano

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Depois da excelente estreia contra o Botafogo-SP, no Paulistão, o Corinthians não repetiu o bom desempenho e empatou com o Mirassol por 1 a 1, neste domingo. Para boa parte dos torcedores que assistiu ao duelo, a equipe deu indícios de desgaste pelo início de temporada. Questionado sobre o tema, Tiago Nunes concordou, deixando até a possibilidade de mudança nos titulares para o próximo compromisso.

"É um preço que vai se pagar essa parte física, pela sequência dos jogos. Eu repeti o mesmo time que jogou contra o Botafogo-SP, pra tentar gerar um pouco de entrosamento e também condicionar através do jogo e, naturalmente, os jogadores acabam sentindo um pouco mais", pontuou em coletiva após a partida.

"Eu penso, sem querer afirmar com certeza, mas em torno de oito a dez jogos é uma média boa para você conseguir atingir um ritmo legal. E a gente vai avaliar pontualmente quem são os jogadores que vão sentir mais, que serão mais prejudicados nessa questão física, para mudar ou não a equipe no próximo jogo", completou.

Leia também:
Tiago Nunes vê Corinthians em 'processo natural de evolução' e diz que vai tirar lições de empate
Questões físicas, atuação de Cássio e resultado frustrante: Fiel repercute empate do Corinthians

Mais do que a parte física, porém, a equipe alvinegra também se viu pressionada pelos erros defensivos cometidos durante a partida. Para o comandante, seu time ainda precisa de tempo para afinar o entrosamento e melhorar, tanto na defesa quanto no ataque, pouco produtivo na segunda etapa.

"Na verdade, quando você muda as ideias que estão enraizadas por algum tempo, gera um período de adaptação necessário. Por exemplo, a gente enfrentou equipes na Florida Cup que não foram equipes que nos agrediram tanto, como a gente foi hoje provado contra a equipe do Mirassol. A própria estreia contra o Botafogo-SP foi um jogo em que a gente conseguiu superar bem eles. Então a gente não tinha sido testado, defensivamente, como fomos hoje. E aí tivemos algumas situações de posicionamento defensivo que não encaixaram e é natural isso, quando uma equipe está buscando uma identidade, no momento, no caos do jogo, da dificuldade, você acaba arremetendo o que dá mais confiança, o que você vinha fazendo durante mais tempo", ponderou.

"Então essa troca de filosofia, essa ideia de ter um time hoje, mais consistente defensivamente, protegendo mais o miolo da zaga, leva alguns jogos e tenho certeza que esse jogo serviu de aprendizado para isso. Ainda penso que, ofensivamente, leva um pouco mais de tempo pra você gerar naturalidade em fazer as ações ofensivas, ali, certas", concluiu.

Ofensivamente quem tá dando certo é Ramiro! Confira no vídeo abaixo

Até o momento, vale destacar, o Corinthians só trabalhou 20 dias sob o comando de Tiago Nunes. Nesse período, viajou aos Estados Unidos e fez dois jogos pela Florida Cup, além dos dois embates pelo Campeonato Paulista. Agora, a equipe tem três dias antes do próximo duelo, na quinta-feira, contra a Ponte Preta, em Campinas.

Veja mais em: Campeonato Paulista e Tiago Nunes.

Veja Mais:

  • Volante Éderson foi o último reforço anunciado pelo Corinthians nesta temporada

    Éderson detalha nova rotina durante quarentena e comenta concorrência no Corinthians: 'Problema bom'

    ver detalhes
  • Arena Corinthians já registrou 200 jogos do Timão em sua história

    Confira se você sabe tudo da história dos jogadores na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • A reviravolta na possível contratação de Felipe Prior pelo Corinthians

    VÍDEO: A reviravolta na possível contratação de Felipe Prior pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Casuals terminou o torneio na 19ª colocação, um ponto acima da zona de rebaixamento

    Corinthian-Casuals se 'salva' do rebaixamento na sétima divisão inglesa por causa do coronavírus

    ver detalhes
  • Multicampeão pelo Corinthians, Sheik se aposentou em 2018

    Sheik relembra final da Libertadores e admite erro em polêmica com Dudu: 'Passei do limite'

    ver detalhes
  • Emerson não se vê mais como dirigente de futebol

    Sheik relembra dificuldades financeiras do Corinthians e afasta chance de voltar a ser dirigente

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: