Prima de Marta começa carreira no Corinthians Feminino Sub-17 e emociona a melhor do mundo

2.4 mil visualizações 18 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Prima de Marta começa sua carreira no Corinthians

Prima de Marta começa sua carreira no Corinthians

Reprodução/Instagram

Torcedora do Corinthians assumida, Marta é o grande sonho da Fiel para defender as cores do clube. Enquanto isso não acontece, os torcedores podem acompanhar uma história muito bacana relacionado à melhor do mundo no Sub-17. Com apenas 15 anos, Daíse, prima da estrela mundial, começa sua carreira no Parque São Jorge.

"Pô, aí você me pega, né? Então, é muito emocionante mesmo de longe poder estar acompanhando essa trajetória dela, esse sonho dela de viver do futebol, e torcendo mesmo de longe pra que dê certo, tanto pra ela quanto pra outras meninas do Brasil", disse Marta, chorando, ao Esporte Espetacular.

Daíse está no Corinthians desde o ano passado, quando passou na peneira do clube para o Sub-17 com apenas 14 anos. Lateral-esquerda, a garota enfrenta mais de quatro horas de viagem todos os dias para ir e voltar dos treinos do Timão.

"Antes eu ficava meio incomodada porque o trem é muito lotado, apertado... E sentia muita saudade de casa, da minha família, dos meus amigos. Mas com o tempo eu me acostumei. E eu chego no treino, com as meninas, são todas amigas, eu me sinto em casa aqui. O que a pessoa gosta de fazer, ela faz com vontade, né? Então todos os dias eu venho feliz e acordo feliz, porque é o que eu gosto de fazer", pontuou a jogadora.

Técnica da modalidade, a ex-atacante Daniela Alves lembrou do desempenho da jovem promessa nas peneiras organizadas pelo Timão. Depois de garantir para Marta que a garota só ficaria se realmente tivesse bom nível, a comandante alvinegra imediatamente lembrou da camisa 10 da Seleção Brasileira.

"E aí, quando ela (Daíse) bateu na bola, me lembrou diretamente a Marta no início quando ela veio para São Paulo. A forma de bater, de deitar o corpo, batida de esquerda. Quando a Marta chegou era igualzinho. Me lembrou muito a Marta", relembrou.

Com 15 anos, então, a jovem Daíse tem um longo caminho até o profissional. Enquanto sua hora não chega, a torcida continua sonhando com a vinda de Marta ao Parque São Jorge, quem sabe até para jogarem em família.

O Sub-17 alvinegro, vale destacar, não conseguiu grandes resultados em 2019, seu primeiro ano de funcionamento. Até aqui, porém, quatro jogadoras já foram convocadas e a tendência é crescer ainda mais nesse ano, na disputa pelo Paulistão e Brasileirão (Sub-16 e Sub-18).

Veja mais em: Corinthians feminino e Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians também pode parar uma guerra (impressionantes os números e as projeções)

    VÍDEO: Corinthians também pode parar uma guerra (impressionantes os números e as projeções)

    ver detalhes
  • Pedrinho corre para abraçar Jair Ventura após balançar as redes na semifinal da Copa do Brasil de 2018, contra o Flamengo

    Ex-técnico do Corinthians relembra gol anulado de Pedrinho e o exalta por transferência ao Benfica

    ver detalhes
  • Carlos Augusto foi titular do Corinthians nos últimos jogos

    Lateral do Corinthians comenta rotina em quarentena e possibilidade de ser titular

    ver detalhes
  • Mãe do goleiro Herrera morreu na última terça-feira

    Ex-goleiro do Corinthians perde a mãe por causa do coronavírus; país fica em comoção

    ver detalhes
  • Volante Éderson foi o último reforço anunciado pelo Corinthians nesta temporada

    Éderson detalha nova rotina durante quarentena e comenta concorrência no Corinthians: 'Problema bom'

    ver detalhes
  • [Julia Raya] Uma grata surpresa e uma grande decepção

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: