Há 90 anos, o Corinthians ficava conhecido como o 'Campeão dos Campeões'

1.6 mil visualizações 23 comentários

Por Meu Timão

Em 1930, o Timão conquistou o título que se tornou parte do hino do clube

Em 1930, o Timão conquistou o título que se tornou parte do hino do clube

Reprodução/Corinthians

A frase "Salve o Corinthians, o Campeão dos Campeões", um dos versos mais famosos do hino do Timão, nasceu de um título conquistado pelo clube do Parque São Jorge em 1930.

A Taça APEA foi um torneio promovido pela Associação Paulista de Esportes Atléticos (APEA) e reuniu os principais campeões estaduais da época: o Corinthians, campeão paulista de 1929, e o Vasco da Gama, campeão carioca no mesmo ano.

Leia também: Gaviões da Fiel faz desfile emocionante e ganha elogios durante transmissão da TV

O "Campeão dos Campeões" foi definido em uma série melhor de três. As partidas foram disputadas no Parque São Jorge e em São Januário. Não houve a necessidade de um terceiro jogo, que seria decidido em outro campo.

No primeiro confronto, disputado no Parque São Jorge no dia 16 de fevereiro de 1930, o Corinthians, comandado por Virgílio Montarini, entrou em campo com Tuffy, Grané, Del Debbio, Nerino, Guimarães, Munhoz, Filó, Apparício, Gambinha, Rato e De Maria. Na ocasião, o Timão venceu o Vasco da Gama por 4 a 2. Os dois primeiros gols da equipe do Parque São Jorge foram marcados por Filó, seguido por De Maria e Gambinha.

A primeira partida, inclusive, foi marcada por polêmicas. Enquanto os jogadores do clube carioca reclamaram que a torcida corinthiana teria atirado objetos no gramado, os atletas do alvinegro paulista protestaram contra a violência do time adversário, já que Grané e Apparício saíram da Fazendinha machucados e acabaram não disputando a segunda partida.

Uma semana mais tarde, no dia 23 de fevereiro de 1930, o Timão visitou o Vasco no Rio de Janeiro e viu os cariocas abrirem 2 a 0 no placar. No entanto, o time do Parque São Jorge virou o jogo e conquistou a Taça APEA com os gols de Gambinha, Peres e De Maria, excluindo a necessidade da terceira partida.

Por essa razão, o Corinthians passou a ser conhecido como o “Campeão dos Campeões" - expressão que foi eternizada no hino corinthiano composto por Lauro D’Avila, em 1952, 22 anos depois da conquista.

Jornal Folha da Manhã destacou o título do Corinthians no dia em 24 de fevereiro de 1930.

Jornal Folha da Manhã destacou o título do Corinthians no dia em 24 de fevereiro de 1930.

Reprodução/Corinthians

Veja mais em: Títulos do Corinthians, Jogos Históricos e História do Corinthians.

Veja Mais:

  • Giuliano marcou o gol de empate do Corinthians diante do América-MG

    Giuliano 'rouba' noite de Willian e Corinthians empata com o América-MG pelo Brasileirão

    ver detalhes
  • Giuliano foi eleito o melhor jogador da partida contra o América-MG neste domingo

    Giuliano é eleito o melhor do Corinthians contra o América-MG; Sylvinho beira o zero

    ver detalhes
  • Willian fez sua reesteia pelo Corinthians após 14 anos

    Gol de Giuliano, estreia de Willian e críticas a Sylvinho: torcida repercute empate do Corinthians

    ver detalhes
  • Sylvinho explicou não utilização de Róger Guedes, Giuliano, Renato Augusto e Willian juntos em campo

    Sylvinho explica motivos para não utilizar o quarteto do Corinthians ao mesmo tempo neste domingo

    ver detalhes
  • Gabriel não enfrenta Palmeiras e Red Bull Bragantino pelo Brasileiro

    Gabriel recebe terceiro amarelo, é expulso após o jogo e desfalca o Corinthians por duas rodadas

    ver detalhes
  • Corinthians venceu o clássico contra o Santos na Fazendinha

    Corinthians bate o Santos e volta a vencer no Campeonato Brasileiro Sub-20

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x