Walter fala sobre protesto no CT após derrota e admite: 'A gente pode fazer mais'

1.6 mil visualizações 26 comentários

Walter reconheceu que faltou bastante para o Corinthians diante do Água Santa

Walter reconheceu que faltou bastante para o Corinthians diante do Água Santa

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O goleiro Walter, que vai estrear oficialmente no ano nesta quarta-feira, contra o Santo André, a partir das 21h30 (de Brasília), na Arena, comentou sobre o protesto programado pela torcida horas antes, no CT Joaquim Grava. Em meio à sua entrevista, o arqueiro reconheceu que os ânimos mudaram após a derrota por 2 a 1 para o Água Santa, no sábado.

"Jogo contra o Guaraní que a gente saiu aplaudido, acho que em nenhum outro lugar do mundo você é aplaudido depois da derrota. Eles têm todo o direito de cobrar o resultado positivo", comentou o arqueiro, reconhecendo que a má atuação foi chave para a revolta da Fiel.

"A derrota, né. A gente correu para caramba contra o Guarani, fizemos um baita de um jogo mesmo com um a menos. Contra o São Paulo, mesmo com só dois dias de folga, a gente correu acima do previsto. E depois de uma semana de trabalho a gente teria que fazer tão melhor quanto e a gente não conseguiu exercer", reconheceu, cobrando uma melhora do time.

Leia também:
Walter pede que Corinthians seja mais efetivo: 'Finalização não importa'
Atração na Arena Corinthians inspirada em Cássio rende prêmios aos torcedores; veja como participar
Torcida do Corinthians cria campanha em apoio a Tiago Nunes; veja repercussão

"Isso foi um fator que pesou. Se a gente perde porque perdeu e não tinha jeito, que nem contra o Guaraní, acho que não teria isso. Acho que a gente pode dar mais", continuou Walter, de olho em uma resposta imediata para a manifestação.

"A gente acompanha, sim, até por Instagram, vocês da imprensa. Eles têm todo o direito de fazer o protesto, espero que seja para ajudar a gente, como eles sempre fizeram. Aqui no Corinthians não tem muito cedo muito tarde, tem que sempre buscar as vitórias", concluiu o goleiro corinthiano.

A torcida prometeu se reunir na porta do CT a partir das 17h (de Brasília) desta quarta, pedindo mais empenho aos atletas após o revés. A expectativa é que boa parte siga para o estádio após passar seu recado ao elenco.

Veja mais em: Walter e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Corinthians deve ter estreia de reforços atuando juntos neste domingo

    Corinthians recebe América-MG pelo Brasileirão na expectativa por quarteto em campo; saiba tudo

    ver detalhes
  • Neo Química Arena não recebe público desde março de 2020; já são 45 jogos sem a Fiel nas arquibancadas

    Corinthians soma prejuízo milionário após 45 jogos sem público na Neo Química Arena; veja o valor

    ver detalhes
  • Paulinho rescindiu contrato com o clube árabe

    Paulinho rescinde contrato com clube árabe; entenda a situação do jogador

    ver detalhes
  • Corinthians terá quarteto de reforços disponíveis para uma partida pela primeira vez

    Com presença de quarteto, Corinthians divulga lista de relacionados para duelo contra o América-MG

    ver detalhes
  • Róger Guedes e Willian em último treino do Corinthians antes de enfrentar o América-MG

    Corinthians encerra preparação para enfrentar o América-MG; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Marcelo Robalinho, empresário e advogado de Jadson, ao lado do ex-camisa 10 do Corinthians

    Justiça bloqueia valor da dívida do Corinthians com empresário de Jadson; veja os detalhes

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x