Pedro Henrique explica troca de posição com Gil e diz que equipe vem tomando 'gols bobos'

2.2 mil visualizações 40 comentários

Por Andrew Sousa, Rodrigo Vessoni e Vitor Chicarolli, na Arena Corinthians

Tiago Nunes inverteu o posicionamento de Pedro Henrique

Tiago Nunes inverteu o posicionamento de Pedro Henrique

Daniel Augusto Jr./ Ag. Corinthians

Além das três alterações que promoveu na equipe do Corinthians para o duelo desta quarta-feira, que acabou em empate por 1 a 1 diante do Santo André, Tiago Nunes também fez uma troca de posicionamento. Ao contrário do que vinha acontecendo, Gil atuou pela direita e Pedro Henrique pela esquerda. Segundo o jovem defensor, a mudança se deu por conta das características do adversário.

"Ele (Tiago) disse que seria por conta do adversário, para nosso lado esquerdo ganhar um pouco mais de mobilidade. Venho trabalhando bem nos passes, temos grandes jogadores, o professor pediu e eu acatei a ordem dele", explicou, na zona mista da Arena.

"Tiago falou que me colocaria do lado esquerdo nesse jogo, eu concordei. Já joguei com ele assim, vou trabalhar do lado direito, do esquerdo, onde ele optar por mim vou dar meu melhor", completou.

Leia também:
Tiago Nunes explica troca de Boselli por Vagner Love no comando de ataque do Corinthians
Recado a Tiago Nunes, escolhas questionadas e críticas a atacante: Fiel repercute empate do Timão

Apesar da troca de lado, o Timão não conseguiu sair de campo sem tomar um gol. Sólido nos combates por baixo, o sistema defensivo alvinegro voltou a sofrer com a bola aérea, que resultou em tento de cabeça de Ronaldo. Decepcionado com o novo erro do setor, Pedro Henrique projetou melhora nos próximos dias.

"A gente vem trabalhando, focando no modo defensivo, mas tomamos gols bobos. Sabíamos que eles viriam por uma bola e numa falta acabamos tomando um gol bobo. Temos dez dias para trabalhar, defesa e ataque, pra tudo correr bem no próximo jogo e reencontrarmos a vitória", pontuou.

"Precisamos trabalhar no dia a dia, estamos fortes, nos próximos dez dias vamos trabalhar fortes, concentrados, para no próximo jogo não acontecer esses gols que estamos tomando. É trabalhar quieto, com pé no chão, porque a fase não é das melhores, mas vai passar", concluiu.

O Corinthians, vale destacar, terá longo período para treinar até seu próximo compromisso, marcado para o dia 7 de março, contra o Novorizontino, fora de casa.

Defesa foi alvo de protestos... Mas você sabe o que está por trás desses protestos?

Veja mais em: Pedro Henrique, Gil, Tiago Nunes e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Corinthians deve ter estreia de reforços atuando juntos neste domingo

    Corinthians recebe América-MG pelo Brasileirão na expectativa por quarteto em campo; saiba tudo

    ver detalhes
  • Neo Química Arena não recebe público desde março de 2020; já são 45 jogos sem a Fiel nas arquibancadas

    Corinthians soma prejuízo milionário após 45 jogos sem público na Neo Química Arena; veja o valor

    ver detalhes
  • Paulinho rescindiu contrato com o clube árabe

    Paulinho rescinde contrato com clube árabe; entenda a situação do jogador

    ver detalhes
  • Corinthians terá quarteto de reforços disponíveis para uma partida pela primeira vez

    Com presença de quarteto, Corinthians divulga lista de relacionados para duelo contra o América-MG

    ver detalhes
  • Róger Guedes e Willian em último treino do Corinthians antes de enfrentar o América-MG

    Corinthians encerra preparação para enfrentar o América-MG; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Marcelo Robalinho, empresário e advogado de Jadson, ao lado do ex-camisa 10 do Corinthians

    Justiça bloqueia valor da dívida do Corinthians com empresário de Jadson; veja os detalhes

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x