Arthur Elias lamenta fim de invencibilidade, mas valoriza recordes e prega confiança no trabalho

1.4 mil visualizações 17 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Técnico lamentou o resultado, mas manteve discurso confiante para a sequência do ano

Técnico lamentou o resultado, mas manteve discurso confiante para a sequência do ano

Bruno Teixeira/ Ag. Corinthians

O sábado marcou o término de um período histórico para o time feminino do Corinthians. Com a derrota para o rival São Paulo por 2 a 0, a equipe alvinegra viu uma série incrível de 48 jogos de invencibilidade chegar ao fim. Após a partida, o técnico Arthur Elias admitiu desempenho abaixo da média.

"A conversa foi sentido de que confiamos muito no que fazemos e sabemos o potencial que a gente tem. Hoje realmente deixamos a desejar, sem o nível de concentração ideal. O São Paulo aproveitou as laterais e nós bobeamos. Tivemos oportunidades de buscar o placar, mas infelizmente fomos ineficientes. Mas faz parte, o futebol é assim", pontuou, em conversa com o portal Dibradoras.

Leia também:
Corinthians Feminino não perdia por dois gols de diferença há quase três anos; veja detalhes
Derrota no Brasileiro encerra invencibilidade histórica do Corinthians Feminino; veja os números

A tristeza pela derrota, porém, deu lugar ao discurso de cabeça erguida, valorizando os inúmeros recordes construídos durante a sequência sem derrotas - ao todo, foram 45 triunfos, três empates, dois títulos e o recorde de vitórias consecutivas, que entrou para o Guiness World Records.

"É olhar para trás, ter orgulho dos números que fizemos e saber que essa derrota não tem nada de absurdo. Não vai abalar nosso trabalho porque estamos muito convictos do que fazemos, da intensidade do time, resposta das jogadoras e o quanto elas se entregam. Bom para o futebol feminino um campeonato cada vez melhor. O São Paulo teve méritos hoje, muito aguerrida e eficiente quando chegou. Então é saber que as coisas são difíceis, mas trabalhar na direção que já está estabelecida e dá boas respostas", finalizou o comandante.

Na última temporada, vale lembrar, o Corinthians também perdeu um clássico logo nos primeiros jogos, contra o Santos. Foi justamente o último revés da equipe antes da sequência histórico. Agora, a equipe tem tempo para se recuperar e pensar em, quem sabe, repetir a dose, começando no próximo dia 14, contra a Ferroviária.

Veja mais em: Arthur Elias e Corinthians feminino.

Veja Mais:

  • Corinthians campeão de 2018 num filme de 2 minutos e 18 segundos

    VÍDEO: Corinthians campeão de 2018 num filme de 2 minutos e 18 segundos

    ver detalhes
  • Romero tirou a selfie do título paulista de 2018 no Allianz Parque

    Recordar é viver: há dois anos, Corinthians fazia história e ganhava 'Paulistinha' sobre Palmeiras

    ver detalhes
  • De Chicão a Felipe: como um elenko do Corinthians virou balcão de negócios

    [Lucas Faraldo] De Chicão a Felipe: como um elenko do Corinthians virou balcão de negócios

    ver detalhes
  • MP-SP triplica valor cobrado do Corinthians por acordo não cumprido após oito anos

    Em nota oficial, Corinthians cita excesso de burocracia e contesta valores cobrados por MP-SP

    ver detalhes
  • Proposta do Palmeiras e 'não' do Corinthians em 2015: Chicão abre o jogo ao Meu Timão

    VÍDEO: Proposta do Palmeiras e 'não' do Corinthians em 2015: Chicão abre o jogo ao Meu Timão

    ver detalhes
  • Boselli agradeceu importante apoio da torcida do Corinthians

    Boselli destaca adaptação da família ao Brasil e agradece torcida do Corinthians: 'Muito importante'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: