Sidcley descarta problemas com a balança e coloca falta de ritmo como maior obstáculo no Corinthians

1.1 mil visualizações 36 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Sidcley não esconde ter sentido a falta de ritmo em decisão contra paraguaios

Sidcley não esconde ter sentido a falta de ritmo em decisão contra paraguaios

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Contratado para ser titular absoluto do Corinthians, Sidcley ainda não conseguiu confirmar tal status desde seu retorno ao clube. Acima do peso e sem ritmo de jogo pelos seis meses que ficou sem atuar na Ucrânia, o lateral teve algumas oportunidades, não agradou e foi para a pausa como terceira opção. Ao contrário do que muitos dizem, porém, ele não vê o peso como problema.

“Acima do peso entre aspas. Engordei dois quilos. Pelo que falam… Cheguei normal. Para mim, depois de seis meses parado, engordei dois quilos. Em uma semana eu já estava no peso de novo, treinando normal, mas o que eu senti foi preparo físico, ritmo de jogo. Leva um tempo. O que me atrapalhou foi isso, não foi nada de ‘engordou’. Isso não atrapalhou em nada", pontuou, em entrevista à Gazeta Esportiva.

O pessoal fala que você está gordo, que tem que se cuidar mais, mas não sabe o que eu passei na Ucrânia, sem família, longe da minha filha. O pessoal só vê o momento. Era uma vez por ano que eu via minha filha, seis meses parado…", completou.

Leia também:
Corinthians e Nike adiam lançamento dos dois primeiros uniformes da temporada por causa da pandemia
Após polêmica, Sidcley se defende e diz que não saiu de casa durante quarentena

Entre as inúmeras trocas com Lucas Piton e, por fim, Carlos Augusto, Sidcley acabou jogando os duelos mais importantes da temporada, contra o Guaraní, pela Pré-Libertadores. Depois de partida muito ruim na ida, o atleta teve boa atuação na Arena. Ainda assim, não conseguiu engatar uma sequência. E ele não esconde a dificuldade dos confrontos.

"Parecia que eu nunca tinha jogado bola. Mas contra o Guaraní, aqui na Arena, foi o melhor jogo meu. Conversei com ele (Tiago Nunes) certinho, ele falou que ia fazer revezando para dar ritmo a todos. Caiu nos jogos importantes, eu estava bem já, meu físico melhorando e tinha que ter sequência de jogos. Se não tiver sequência, não dá”, contou.

“Minha forma não estava ideal para jogar todos os jogos. Agora que eu estava bem, que ia começar, veio isso do coronavírus, mas, paciência. Deus sabe de todas as coisas”, concluiu.

Sidcley, vale destacar, foi pivô de polêmica nesta segunda-feira. Na internet, vários torcedores criticaram o jogador após um amigo publicar vídeos de uma confraternização em tempos de coronavírus. O atleta, porém, se posicionou e negou que tenha saído de casa, afirmando que a filmagem é antiga, ainda dos tempos de férias.

Veja mais em: Sidcley.

Veja Mais:

  • Malcom chegou ao Zenit, da Rússia, em agosto de 2019

    Ex-Corinthians, Malcom relembra 'momento delicado' em 2019 e detalha adaptação ao Zenit, da Rússia

    ver detalhes
  • Presidente Andrés Sanchez é quem baterá o martelo em relação ao que será feito com os salários durante a paralisação

    Corinthians estuda medidas em relação a salários de atletas e funcionários; saiba as possibilidades

    ver detalhes
  • Candidato na última eleição, Felipe Ezabella pode apoiar Mário Gobbi neste ano

    Conselheiro projeta dívida de R$ 1 bilhão e admite que Gobbi pode ser candidato único da oposição

    ver detalhes
  • Mauro Boselli é um dos destaques do Corinthians neste início de temporada

    Boselli comenta possível redução de salário em meio ao surto do coronavírus: 'O mais justo possível'

    ver detalhes
  • Os desafios de Tiago Nunes no Corinthians

    [Mayara Munhoz] Os desafios de Tiago Nunes no Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians escolheu gol de Fábio Santos contra o Emelec

    Corinthians aceita novo desafio e posta golaços de ex-jogadores que estão no Atlético Mineiro; veja

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: