Ramiro fala sobre pressão no Corinthians e defende trabalho de Tiago Nunes

1.0 mil visualizações 15 comentários

Por Meu Timão

Volante defendeu o treinador alvinegro neste início de temporada

Volante defendeu o treinador alvinegro neste início de temporada

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Questionado pelo desempenho na temporada passada, o volante Ramiro vinha tendo oportunidades com Tiago Nunes dentro de campo. O jogador foi peça fundamental no bom início de 2020 do Corinthians, que terminou justamente após Ramiro sofrer uma lesão no joelho direito, no final de janeiro.

Em entrevista à GazetaEsportiva.com, o corinthiano defendeu o atual treinador da equipe do Parque São Jorge e ressaltou que a pressão é sempre maior em um clube do tamanho do Corinthians.

"Ele está sentindo na pele como é em um clube do tamanho do Corinthians, mas ele está preparado, ele sabia o tamanho dessa responsabilidade. No futebol, não se vive só de momentos positivos, cabe a nós termos força e aprender. Eu compactuo com a ideia de querer voltar o mais rápido possível para mudar essa ideia, essa imagem que se tem", afirmou Ramiro.

Leia também:
Gabriel rechaça lado positivo da parada e detalha contato frequente do elenco para manter o foco
Contrato de lateral-esquerdo com o Corinthians chega ao fim; jogador atuou apenas quatro vezes

Eu senti isso também (quando cheguei no clube). Já sentia antes, mas quando você vem, você sente na pele. Normal, né? Até por estar no centro do país, São Paulo é praticamente nossa capital, a dimensão das coisas aqui é muito maior”, completou.

O volante ainda analisou o momento da equipe na temporada. Antes da paralisação dos campeonatos por conta da pandemia do coronavírus, o Corinthians deu adeus à Libertadores e, no Estadual, somava duas vitórias, cinco empates e três derrotas. Com 36,7% de aproveitamento, a equipe está fora da zona de classificação, amargando o terceiro lugar do Grupo D.

Isso eu acho que se cria muito quando os resultados não aparecem. Com derrota, fase ruim, acaba se criando alguns monstros, alguns culpados, e o treinador, na maioria das vezes, é o primeiro a sofrer essas críticas”, completou Ramiro.

Vale lembrar que, a última vez que Ramiro entrou em campo pelo Corinthians foi no dia 30 de janeiro, na derrota da equipe para a Ponte Preta, por 2 a 1.

Ramiro pode não ser único 'reforço' para retorno do Corinthians

Veja mais em: Ramiro, Tiago Nunes e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Presidente do Corinthians ainda não procurou técnico para substituir Coelho

    [Marco Bello] Presidente do Corinthians ainda não procurou técnico para substituir Coelho

    ver detalhes
  • Corinthians Feminino joga duas vezes nesta semana

    Brasileirão, Feminino, Sub-20 e Futsal: Corinthians tem agenda cheia na semana; veja tudo

    ver detalhes
  • Emprestado ao Sport até o fim do ano, atacante Marquinhos tem contrato com o Corinthians até 31 de dezembro 2022

    Corinthians veta participação de atacante emprestado ao Sport no duelo desta quarta

    ver detalhes
  • Dyego Coelho já usou 22 dos 35 jogadores disponíveis no elenco principal do Corinthians

    Coelho já usou quase 65% do elenco do Corinthians em dois jogos no comando da equipe; veja um a um

    ver detalhes
  • Dyego Coelho comandou treino tático neste domingo no CT Joaquim Grava

    Corinthians faz treino tático e segue preparação para enfrentar o Sport; veja possível escalação

    ver detalhes
  • Corinthians somou três pontos na rodada, contra o Bahia

    Rodada chega ao fim e Corinthians perde posições na segunda parte da tabela; veja classificação

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: