Corinthians emite nota oficial em defesa de Jadson e desmente diretor de futebol do Coritiba

19 mil visualizações 80 comentários

Por Meu Timão

Jadson deixou o Corinthians no início desta temporada e segue sem clube

Jadson deixou o Corinthians no início desta temporada e segue sem clube

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Nesta sexta-feira, o ex-corinthiano Jadson (sem clube) voltou a ser assunto dentro do Timão. Isso porque o atleta e o clube alvinegro foram citados pelo diretor de futebol do Coritiba durante uma entrevista coletiva. Discordando das declarações do dirigente, a diretoria alvinegra emitiu uma nota oficial para explicar a situação abordada.

Rodrigo Pastana, diretor de futebol do Coritiba, foi questionado sobre a não contratação de Jadson pela equipe paranaense no início de 2020. De acordo com o dirigente, as partes não fecharam contrato por conta de supostas informações negativas do atleta obtidas via Corinthians.

"A gente avaliou bem a questão do Jadson e é bom explicar isso para o torcedor. O Jadson já não vinha 'performando' nos últimos dois anos. E não é que ele não vinha 'performando' por não estar jogando entre os 11. As informações que colhemos é que ele não vinha 'performando' em treinamentos, que ele vinha tendo lesões, que eram lesões puramente por performance, que ele já não tinha o mesmo interesse de antes. Da mesma forma como nós negativamos a contratação do Jadson, outras equipes negativaram, como Cruzeiro, como Vasco, como Goiás", explicou durante a entrevista coletiva.

Em desacordo com a informação divulgada, então, a diretoria corinthiana emitiu uma nota oficial admitindo o contato do clube paranaense e negando ter passado informações sobre o atleta a outros clubes. O comunicado garante, ainda, que a devolutiva para o contato feito pelo Coritiba foi positiva.

"A diretoria de futebol do Timão afirma que a única consulta feita ao clube foi realizada por Eduardo Barroca, técnico da equipe paranaense e ex-funcionário do Corinthians, diretamente ao presidente Andrés Sanchez, que respondeu que o ex-camisa 10 do Alvinegro ajudaria e muito a equipe de Curitiba", diz parte da nota publicada pelo clube - confira o comunicado completo abaixo.

Jadson foi dispensado pelo Corinthians no início deste ano por não fazer parte dos planos de Tiago Nunes para a temporada. Com 245 jogos pelo Timão, o meia marcou 50 gols e foi tricampeão paulista (2017, 2018 e 2019) e duas vezes campeão brasileiro (2015 e 2017). O atleta chegou a ser sondado por outros clubes no exterior, mas a negociação não caminhou.

Confira a nota oficial do Corinthians

O Sport Club Corinthians Paulista esclarece que não foi consultado por ninguém e não forneceu informações referentes ao atleta Jadson a nenhum outro clube, diferentemente do que foi dito de forma equivocada por Rodrigo Pastana, diretor de futebol do Coritiba Foot Ball Club, em entrevista veiculada nesta sexta-feira (14).

A diretoria de futebol do Timão afirma que a única consulta feita ao Clube foi realizada por Eduardo Barroca, técnico da equipe paranaense e ex-funcionário do Corinthians, diretamente ao presidente Andrés Sanchez, que respondeu que o ex-camisa 10 do Alvinegro ajudaria e muito a equipe de Curitiba.

O Clube ressalta toda gratidão ao meia Jadson, atleta de alto nível, tricampeão paulista e bicampeão brasileiro, e que sempre honrou todos os compromissos com a instituição, com muito empenho e dedicação.

Veja mais em: Ex-jogadores do Corinthians e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Caio Campos, superintendente de marketing do clube e gestor da Neo Química Arena, criticou volta do público nos estádios

    Responsável pela Neo Química Arena sobre público reduzido nos estádios: 'Prejuízo será maior'

    ver detalhes
  • Corinthians Feminino volta a entrar em campo no próximo sábado

    Corinthians assume liderança isolada do Brasileirão Feminino após derrota de rival

    ver detalhes
  • Corinthians começa sua trajetória na Copa do Brasil em outubro

    Corinthians conhece adversário das oitavas de final da Copa do Brasil na próxima quinta-feira

    ver detalhes
  • Daniel Portella foi fisiologista do elenco principal do Corinthians entre janeiro de 2008 e maio de 2010

    Corinthians é condenado na Justiça do Trabalho em ação movida por Daniel Portella, ex-fisiologista

    ver detalhes
  • Fagner, Avelar e Gil compõem a defesa do Corinthians, além de Lucas Piton

    Corinthians não sofria gols em nove jogos seguidos desde 2018; desempenho defensivo preocupa

    ver detalhes
  • Timão tem cometido muitos pênaltis no Brasileirão

    Mão na bola faz o Corinthians ter três pênaltis marcados contra si nos últimos quatro jogos

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: