Corinthians confirma preço mais baixo de Pedrinho, cita pandemia como motivo e detalha pagamento

14 mil visualizações 183 comentários

Por Meu Timão

Pedrinho vai render 18 milhões de euros por ida ao Benfica

Pedrinho vai render 18 milhões de euros por ida ao Benfica

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Conforme antecipou o Meu Timão nesta quarta-feira, o meia Pedrinho vai custar 18 milhões de euros ao Benfica, dois milhões a menos do que havia sido acordado em março, quando a negociação foi selada. O Corinthians emitiu uma nota oficial para explicar os motivos de ter aceitado as mudanças.

De acordo com o clube do Parque São Jorge, apesar de o Timão nunca ter considerado os negócios de Pedrinho e Yony González como uma negociação "casada", o Benfica tratava as transferências dessa forma e exigia um desconto no valor pago pela joia corinthiana para assinar o TMS, sistema de transferências da Fifa.

Como só conseguirá antecipar o dinheiro via empréstimo bancário com a oficialização do TMS, o Corinthians disse que preferiu não acionar a Fifa pelo que acreditava ser um direito seu (receber 20 milhões de euros) e demorar ainda mais para receber a grana da venda.

Pouco tempo depois do comunicado oficial do clube, o presidente Andrés Sanchez também se manifestou nas redes sociais.

Veja o comunicado do Corinthians completo

O Sport Club Corinthians Paulista informa que, em nome de seus interesses financeiros e esportivos, firmou com o SL Benfica (POR) uma repactuação dos termos de valores e prazos envolvendo a transferência do atleta Pedrinho.

É do conhecimento público que o Corinthians trabalhava para receber a antecipação dos € 20 milhões referentes à transferência do jogador. O clube português, porém, esperava vincular o negócio de Pedrinho com outra transferência: a aquisição, por parte do Corinthians, de 50% dos direitos do atleta Yony González, recentemente dispensado, pelo valor de € 3 milhões – o que, na prática, resultaria num ganho de € 17 milhões para os cofres alvinegros.

O Corinthians entende que as duas negociações nunca estiveram vinculadas e que estaria plenamente seguro de seus direitos, caso questionasse junto à Fifa as atuais intenções do Benfica. No entanto, dadas as circunstâncias geradas pela pandemia e diante de um câmbio altamente favorável do euro, a diretoria alvinegra decidiu fixar a quantia em € 18 milhões. O valor atual se traduz no câmbio de hoje em R$ 12 milhões a mais do que os € 20 milhões significavam na data do primeiro contrato de venda.

No que diz respeito a prazos, o novo acordo selado estabelece que a primeira parcela será paga pelo Benfica em agosto de 2021. Com os novos termos já assinados e em mãos, o Corinthians procederá imediatamente à antecipação dos valores referentes a Pedrinho.

Veja mais em: Nota oficial, Pedrinho e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Empossado no dia 4 de janeiro, Duilio Monteiro Alves completa cem dias como presidente do Corinthians

    100 dias do novo presidente do Corinthians: foco nas finanças, zero contratações e marketing em alta

    ver detalhes
  • Ned Shepard, da dupla Sultan + Shepard, gravou com a camisa do Corinthians

    DJ canadense aparece com camisa do Corinthians em prévia de nova música; veja

    ver detalhes
  • Corinthians perdeu para a Ferroviária fora de casa

    Corinthians cai de produção no segundo tempo, sofre virada e perde a primeira na temporada

    ver detalhes
  • Luan dá bela assistência para gol de Camacho em derrota do Corinthians

    Luan se destaca e é eleito o melhor do Corinthians contra Ferroviária; Jô beira o zero e é o pior

    ver detalhes
  • Luan ganhou a posição no duelo da noite desta terça-feira

    Mancini aprova pedido por sequência de Luan no Corinthians, mas avisa: 'Já dei chance antes'

    ver detalhes
  • Corinthians teve nova partida pelo Paulista confirmada para domingo

    FPF confirma próxima rodada e Corinthians volta a campo no domingo; veja adversário e horário

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x