Coelho explica 'corte' de estrangeiro e dá exemplo de Éderson; veja quem deve ficar fora

43 mil visualizações 100 comentários

Por Meu Timão

Coelho tem seis estrangeiros À disposição e só pode levar cinco para os jogos

Coelho tem seis estrangeiros À disposição e só pode levar cinco para os jogos

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O técnico Dyego Coelho falou com a imprensa na tarde desta terça-feira, no CT Joaquim Grava, e comentou situações do Corinthians antes da partida diante do Atlético-GO, válida pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Em conversa virtual com os jornalistas, o treinador assegurou que Cazares vai ser relacionado e abriu um debate sobre quem será o estrangeiro cortado do duelo.

Explica-se: com seis atletas de outras nacionalidades no elenco, o treinador não poderá levar todos para o embate. O limite é de cinco nomes entre os 23 disponíveis para a partida, fazendo com que provavelmente o chileno Ángelo Araos seja deixado de fora do embate contra os goianos.

"É outra situação difícil, são grandes jogadores. Temos que olhar para o jogo, para as trocas. Volto a dizer, infelizmente fica um de fora, mas estamos trabalhando para errar o menos possível e levar o melhor que temos para o jogo", comentou Coelho.

A provável opção por Araos leva em conta a escassez de atletas na zaga e no ataque, onde Bruno Méndez e Mauro Boselli são praticamente os únicos substitutos imediatos. Cantillo, Otero e Araos vêm sendo constantemente utilizados, até mais do que a dupla, mas atuam em um setor com mais possibilidades. Dessa vez, sobraria para o chileno.

Coelho ainda deixou claro que os jogos devem apontar quem fica fora nas outras partidas, a depender do desempenho nos treinamentos e do cenário montado. Um exemplo dado foi o do volante Éderson, que se destacou na fase final do Paulista e acabou não sendo relacionado para encarar o Sport, na semana passada.

"Opção, porque a situação dos médios e volantes está bem intensa na briga durante os treinamentos. Tudo que eu falar aqui eu já falei para o próprio jogador. Gosto de falar e ele também pode vir falar o que está sentido. A intensidade é muito grande, às vezes temos que escolher aquele que se sobressai. Nada mais justo do que quem realmente está ali, treinando à vera, na disputa intensa", concluiu.

Veja Mais:

  • Corinthians levou gol no fim e terá que reverter a desvantagem fora de casa para se classificar

    Corinthians sofre gol no fim, perde para o América e larga atrás nas oitavas da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Cazares foi quem mais agradou a torcida na derrota do Timão em casa

    Cazares 'se salva' em noite de avaliações ruins da Fiel; dois reservas são os piores

    ver detalhes
  • Mancini quer time diferente para virar o jogo em Belo Horizonte

    Mancini admite situação complicada após derrota e cobra mudanças na equipe por virada na volta

    ver detalhes
  • Everaldo foi um dos mais criticados pela torcida

    Fiel critica 'baciada' de jogadores e divide opiniões sobre Mancini após derrota; veja repercussão

    ver detalhes
  • Mateus Vital no jogo contra o América-MG pela Copa do Brasil 2020

    Corinthians perde mais uma na Neo Química Arena e tem pior aproveitamento disparado no estádio

    ver detalhes
  • Corinthians segue em estágio de formação no meio da temporada

    Análise: Corinthians vive dilema de escolher entre criar jogadas de perigo e controlar o jogo

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: