Sanchez garante que não volta ao Corinthians e pede desculpa por erros, mas pontua: 'Acertei mais'

22 mil visualizações 373 comentários

Por Meu Timão

Sanchez vive seus últimos dias ligado oficialmente a diretoria do Corinthians

Sanchez vive seus últimos dias ligado oficialmente a diretoria do Corinthians

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Andrés Sanchez vive seus últimos dias nos bastidores do Corinthians. De licença desde o dia 11, o presidente tem mandato até o dia 31 de dezembro. Ao fazer o balanço do segundo triênio no cargo máximo do clube, pede desculpas, mas garante que acertou mais do que errou.

"De Corinthians, na parte futebol, acabou meu ciclo. Vou ser sócio, frequentar o clube, ser torcedor como muitos milhões de torcedores. É pedir desculpas para aquele que acha que eu errei e agradecer aquele que me apoiou. Eu tenho certeza de que errei, mas tenho certeza de que eu acertei muito mais", pontuou, em entrevista ao UOL Esporte, antes de exaltar seus feitos.

"Hoje, você está aqui no CT do profissional. Fui eu que fiz. Você foi no CT da base. Fui eu que fiz. Você vai na Arena. Fui eu que projetei. Sem falar que trouxe o Ronaldo, sem falar os títulos que nós ganhamos. E perdemos também. Então, tem acertos e os erros como em qualquer lugar da sociedade", pontuou.

Desta vez, Andrés Sanchez garante que o balanço é final. Cansado, o mandatário diz que não volta mais ao futebol do Corinthians - nas eleições, Duílio Monteiro Alves é o candidato da situação e já disse não contar com o atual presidente em um possível mandato.

"Não, não volto mais, não. Eu tenho consciência que eu não volto mais. Tem um limite na vida. Eu estou há 20 anos nisso. É muito mimimi, é muito disse-me-disse, é muito muita onda. Você vende jogador, tem esquema. Você compra jogador, tem esquema. Você não põe para jogar, tem esquema. Você contrata um treinador, tem esquema. Você manda embora, tem esquema. Tá insuportável, cara. E eu também não tenho mais paciência para isso", finalizou.

O candidato da chapa que comanda o Timão atualmente disputa com outros dois nomes a presidência no dia 28 de novembro: Mário Gobbi e Augusto Mello, ambos representantes da oposição. O novo mandatário assume o cargo no dia 1 de janeiro.

Veja mais em: Andrés Sanchez e Eleições no Corinthians.

Veja Mais:

  • Luan e Davó testaram positivo para Covid-19

    Corinthians informa testagem positiva de dez jogadores para Covid-19; todos já estão isolados

    ver detalhes
  • Guilherme Romão atuou em apenas dois jogos oficiais pelo Corinthians, no início de 2018

    Corinthians é acionado na Justiça por lateral, ex-base, que atuou em apenas dois jogos oficiais

    ver detalhes
  • Danilo foi apresentado aos jogadores sob contrato do sub-23 na semana passada

    Corinthians prepara novas dispensas no Sub-23; Danilo já tem suas primeiras impressões do elenco

    ver detalhes
  • Madson chegou a jogar pelo Corinthians em 2020, mas acabou caindo com o Oeste

    Seis jogadores emprestados pelo Corinthians são rebaixados para a Série C; um pode subir

    ver detalhes
  • Elenco se reapresentou após a derrota para o Red Bull Bragantino

    Corinthians se reapresenta e inicia preparação para o Bahia; volante faz transição

    ver detalhes
  • Dyego Coelho no empate com o Atlético-MG pelo Campeonato Brasileiro Sub-20

    Coelho deixa o Corinthians e não é mais técnico do Sub-20

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: