Coelho fecha quarta passagem pelo Corinthians com idas ao profissional e imagem desgastada

1.4 mil visualizações 36 comentários

Treinador Coelho deixou o Corinthians pela segunda vez, mas o jogador já havia se despedido em duas oportunidades

Treinador Coelho deixou o Corinthians pela segunda vez, mas o jogador já havia se despedido em duas oportunidades

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O hoje técnico e outrora lateral-direito Dyego Coelho fechou nesta terça-feira a sua quarta passagem pelo Corinthians somando a carreira como jogador e técnico de futebol. O anúncio foi feito pelo próprio clube após reunião da diretoria com o profissional, que retornava de férias e agora vai buscar novos caminhos para a profissão.

Talvez a mais bem sucedida das suas etapas no Corinthians, o período entre abril de 2019 e janeiro de 2021 viu Coelho subir duas vezes para o time profissional e ostentar bom histórico no Sub-20, ainda que não tenha levantado nenhum título na categoria em todo esse período.

Ao todo, Coelho comandou os juniores em 75 jogos desde que retornou ao clube, com aproveitamento na casa dos 70% dos pontos disputados. Ainda que não tenha sido campeão de nada, chegou longe em todas as competições que disputou, incluindo uma semifinal de Copinha e outra de Brasileiro sub-20.

Credenciado para ser o interino do time de cima em duas oportunidades, teve uma passagem razoável em 2019, assegurando vaga na pré-Libertadores, e péssima em 2020, deixando o time na zona de rebaixamento. Foram quatro vitórias, cinco empates e seis derrotas, com aproveitamento na casa dos 35%.

Essa foi a segunda passagem de Coelho pelo clube como treinador. A primeira se iniciou em 2017, também no Sub-20, durando até 2018, quando ascendeu para ser auxiliar de Osmar Loss na equipe profissional durante o curto período em que o treinador esteve à frente da equipe. Após um breve período com ele no Guarani, retornou para a atual passagem.

Antes, Coelho havia tido uma grande passagem como jogador, saindo desde a base até o profissional. Visto como joia, teve o ápice ao marcar dois gols decisivos na reta final do Brasileiro 2005, vencido pelo Timão, mas viveu um calvário ao marcar um gol contra frente ao River, pela Libertadores de 2006, em uma traumática eliminação corinthiana.

Cedido por empréstimo ao Galo por um ano, retornou em 2008 e teve algumas oportunidades com Mano Menezes. Depois de quatro duelos e ainda com o peso do trauma diante do River, porém, logo acabou saindo e nunca mais atuou pelo Timão.

Jogos do Sub-20 Dyego Coelho (2019-21)

Jogos disputados: 75
Pontos Conquistados: 161
Aproveitamento: 71,55%
Vitórias: 49
Empates: 14
Derrotas: 12

Jogos do Sub-20 Dyego Coelho (2017-18)

Jogos disputados: 49
Pontos Conquistados: 79
Aproveitamento: 50,3%
Vitórias: 21
Empates: 16
Derrotas: 12

Veja mais em: Dyego Coelho e Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Ao vivo: Jogadores do Corinthians começam a ser negociados pra 2021 (veja a lista de dispensa e novos clubes)

    VÍDEO: Ao vivo: Jogadores do Corinthians começam a ser negociados pra 2021 (veja a lista de dispensa e novos clubes)

    ver detalhes
  • Germán Cano, atacante argentino do Vasco, está com 33 anos; atacante teve seu nome especulado no Corinthians, mas a diretoria não tem interesse

    Germán Cano no Corinthians na temporada 2021? Checamos!

    ver detalhes
  • Na virada do ano, Emerson Sousa (à direita) renovou seu contrato até 31 de dezembro de 2021; volante da equipe sub-23 não está nos planos e deve ser emprestado

    Corinthians libera mais três jogadores do Sub-23; um deles renovou no início do ano

    ver detalhes
  • Fessin, de 22 anos, será reemprestado pelo Corinthians; meia atuou 26 vezes pelo Bahia na temporada 2020, sendo 19 na Série A do Brasileiro

    Corinthians define situação do meia Fessin, que atuou pelo Bahia na última temporada

    ver detalhes
  • Éderson não tem espaço com Mancini e deve deixar o Timão por empréstimo

    Clube do Nordeste atravessa negociação e volante do Corinthians deve mudar destino

    ver detalhes
  • Defensor se firmou ao lado de Gil na defesa de Vagner Mancini

    Seis jogos sem tomar gol e nenhum drible sofrido: Jemerson mantém excelentes números no Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x