Mancini vê pontos positivos, boa atitude e quer 'mudar vencendo' no Corinthians

3.4 mil visualizações 86 comentários

Por Meu Timão

Mancini no comando do Corinthians durante o duelo contra o Guarani, pelo Paulistão

Mancini no comando do Corinthians durante o duelo contra o Guarani, pelo Paulistão

Rodrigo Coca/Agência Corinthians

O técnico Vagner Mancini, bastante crítico das atuações que o Corinthians teve antes da parada recente por causa da pandemia da Covid-19, mudou um pouco o tom na noite deste domingo, após a vitória por 1 a 0 sobre o Guarani, no Brinco de Ouro da Princesa, pelo Campeonato Paulista.

"Não estou aqui para dar desculpa nem nada, sou um cara que é o mais sincero possível, estamos no início da temporada, entre aspas, e deu para ver algumas coisas interessantes no jogo de hoje", disse, analisando como positivas algumas construções ofensivas que partiram da defesa.

"O Corinthians finalizou a gol numa saída de tiro de meta, que não vinha fazendo. Teve uma marcação adiantada que também não vinha fazendo. Óbvio que sofreu um pouco porque do outro lado tem um outro time, que treina, trabalha, estava dentro de casa", continuou o comandante corinthiano.

Depois de se mostrar bastante incomodado com o domínio que teve o Retrô, no último embate antes da paralisação, o treinador celebrou a competição demonstrada pelos jogadores dentro de campo.

"A atitude existiu, mesmo a gente errando, eu não vi o time do Corinthians desistindo de alguma jogada, de tentar jogar um bom futebol. Algumas vezes você não consegue por inúmeros motivos, mas eu vi a equipe do Corinthians hoje em alguns momentos fazendo um bom futebol, mas também vi uma equipe que errou muito passe. No meio de campo, eu vi no primeiro tempo erros de passe que atrapalharam a sequência de jogadas, mas todas as vezes nós colocamos a bola no chão e tentamos jogar", apontou.

"Achei que a partida foi extremamente movimentada, um jogo disputadíssimo. Nós enfrentamos um adversário que valorizou muito o jogo no corpo a corpo. Em alguns momentos, a gente teve dificuldade com isso. Até porque nós entramos com uma equipe bem leve à frente. Isso fez com que a equipe do Corinthians tivesse algumas oscilações ao longo da partida. Mas, de uma maneira geral, por algumas mudanças na equipe, a vitória era fundamental. Até porque nós sabemos que este é um processo um pouquinho mais lento, onde a gente vai ter que ter um pouquinho de paciência, para que esses meninos amadureçam jogando", continuou, explicando as mudanças para a etapa final.

"Quando a bola passava do meio-campo a gente tinha um pouco de dificuldade. Por isso a opção do Cantillo na segunda etapa, que ao meu ver melhorou o aspecto técnico, o gesto técnico evoluiu e a equipe, nós também tivemos um pouquinho mais de posse de bola em alguns momentos. Até por isso eu estou falando tanto em oscilação. Nós vivemos bons momentos nas partidas e momentos ruins, falta a gente equilibrar e para isso precisamos achar as peças certas, que se encaixem. É achar as duplas certas, duplas de volantes, de atacantes, de lado de campo, lateral com extremo, para que a gente possa evoluir como equipe e melhorar nosso futebol", observou.

Por fim, Mancini foi taxativo ao dizer que a melhora tem que passar muito pela troca de passes na armação para conseguir levar mais perigo às defesas adversárias.

"Eu também achei que foram muitos erros de passe e isso é um gesto técnico. Não tem como você melhorar se você realmente não tiver concentrado na partida, não fizer uma boa leitura de jogo. O gesto técnico ele está muito mais aliado a parte técnica individual do atleta do que alguma questão tática. A partir do momento em que você se sente bem na partida, que você está convicto, confiante, você tem uma tendência a acertar mais. Acho que a oscilação do Corinthians ela se deu muito em cima disso. Na segunda etapa, nós tivemos um pouquinho mais de acerto de passes. Mas, ainda distante daquilo que todos nós julgamos essencial. Acho que o mais importante é você arrumar a tua equipe, já que a gente vem modificando vencendo as partidas, porque isso acaba gerando um ânimo", concluiu.

Veja mais em: Campeonato Paulista e Vagner Mancini.

Veja Mais:

  • Fagner correu ao redor do gramado nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava

    Fagner inicia transição e elenco do Corinthians faz treino em casa após empate no Majestoso

    ver detalhes
  • Cássio precisou deixar o jogo contra o São Paulo nos minutos finais

    Exames não apontam lesão grave em Cássio, mas goleiro segue como dúvida contra o Always Ready

    ver detalhes
  • Nos últimos 630 minutos de bola rolando do Corinthians, Vítor Pereira utilizou Róger Guedes em apenas 27% do período

    Róger Guedes perde espaço com Vítor Pereira e atua apenas 27% dos minutos do Corinthians em maio

    ver detalhes
  • O Corinthians entra em campo nesta quinta-feira, contra o Always Ready, atrás de uma classificação para as oitavas de final da Libertadores

    Corinthians tem semana com jogo decisivo na Libertadores, Brasileiro, feminino, base e futsal; veja

    ver detalhes
  • Neo Química Arena bateu o recorde de público de 2022 neste domingo; valores arrecadados já ultrapassam o dobro de 2021

    Corinthians dobra bilheteria de toda a temporada 2021 em apenas quatro meses de 2022; veja valores

    ver detalhes
  • Vítor Pereira concedeu entrevista coletiva e falou sobre Róger Guedes

    Vítor Pereira diz que Róger Guedes não está passando confiança nem nos treinos e pede mais empenho

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x