Corinthians tenta efeito suspensivo para evitar cobrança de R$ 2,1 milhões na Justiça, que é negado

27 mil visualizações 206 comentários

Em 2016, o Corinthians comprou 50% dos direitos econômicos de Marlone por R$ 4 milhões; pelo acordo, o Timão pagaria duas parcelas de R$ 500 mil e outras 20 parcelas mensais de R$ 150 mil

Em 2016, o Corinthians comprou 50% dos direitos econômicos de Marlone por R$ 4 milhões; pelo acordo, o Timão pagaria duas parcelas de R$ 500 mil e outras 20 parcelas mensais de R$ 150 mil

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Departamento Jurídico do Corinthians teve negado um pedido de suspensão da cobrança do valor de R$ 2,1 milhões relativo à compra do meia-atacante Marlone. O processo, aberto pela Penapolense, clube da cidade de Penápolis-SP, corre na 1ª Vara Cível de São Paulo desde 2017.

Apesar de reconhecer o débito, o Clube fez essa tentativa alegando que terceiros não deveriam ser credores, mesmo esses terceiros tendo dinheiro a receber por dívidas antigas da Penapolense - alguns deles ex-atletas do clube do interior paulista.

Na visão do Corinthians, o dinheiro deve ser repassado pelo Penapolense diretamente às pessoas/empresas que, na época, viabilizaram a contratação do jogador. No caso, Luis Fernando Assessoria Esportiva LTDA, Marcus Vinicius Sanchez Secundino e GT Sports Assessoria Esportiva LTDA -ME. O pedido suspensivo da cobrança, porém, não foi acatado pela Desembargadora Ana de Lourdes Coutinho Silva da Fonseca.

Sobre a dívida de R$ 2,1 milhões em si, a magistrada rechaçou a ponderação do Corinthians que a quitação do valor por penhora online atrapalharia as finanças do clube. "a dificuldade financeira do clube não justifica, por si só, a frustração do adimplemento do crédito, em execução desde 2017"... "é certo que tal penhora não excederá o valor executado, evidentemente muito inferior ao total desses créditos (cotas de TV e patrocinadores)", escreveu a desembargadora.

Como surgiu a dívida

O Corinthians comprou 50% dos direitos econômicos de Marlone por R$ 4 milhões. Pelo acordo, o Timão pagaria duas parcelas de R$ 500 mil e outras 20 parcelas mensais de R$ 150 mil. A Penapolense alega não ter recebido as últimas 11 prestações.

Em débito, o Corinthians resolveu fazer um novo acordo para quitação, que também não foi honrado. O único valor que a Penapolense recebeu durante esse imbróglio judicial foi por meio de penhora das contas (R$ 154 mil). O processo segue seu rito na Justiça e o valor atual (R$ 2,1 milhões) é decorrência de multas, correções e honorários advocatícios.

Pelo Corinthians, Marlone disputou 50 jogos e marcou nove gols, um deles candidato ao Prêmio Puskás da Fifa (2016). Durante o período que ficou sob contrato com o Timão, o meia-atacante foi emprestado a Atlético-MG, Sport e Goiás.

Neste momento, o jogador de 29 anos está sem clube.

Veja mais em: Processos do Corinthians, Diretoria do Corinthians e Parque São Jorge.

Veja Mais:

  • Torcedores do Corinthians na Austrália inauguraram bandeirão de 107 metros

    Na Austrália, torcida fez festa às 8 da manhã para acompanhar Corinthians no Dérbi; veja fotos

    ver detalhes
  • Gabriel marcou o gol de empate do Corinthians diante do Palmeiras

    Corinthians melhora no segundo tempo e empata com o Palmeiras pelo Brasileirão

    ver detalhes
  • Pedrinho foi anunciado pelo Shakhtar Donetsk neste domingo

    Ex-Corinthians, Pedrinho é anunciado pelo Shakhtar Donetsk; Timão tem direito a R$ 5,5 milhões

    ver detalhes
  • Sylvinho abraça Gabriel em vestiário após empate do Corinthians com o Palmeiras

    Elenco focado e estreia de Sylvinho em clássicos: veja os bastidores do Corinthians no Dérbi

    ver detalhes
  • Após empate no Dérbi, elenco do Corinthians tem folga neste domingo; equipe se reapresenta na segunda

    Elenco do Corinthians ganha folga neste domingo após empate contra o Palmeiras

    ver detalhes
  • Mosquito no Dérbi entre Corinthians e Palmeiras, no Allianz Parque, pelo Brasileirão

    Mosquito se destaca e é o melhor do Corinthians em empate no Dérbi; reserva é o pior

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x